Home / Natureza / O que é uma Infecção Fúngica? Quais os Sintomas?

O que é uma Infecção Fúngica? Quais os Sintomas?

Infecções fúngicas são infecções causadas pela presença de fungos parasitas no ser humano. Os fungos são seres microscópicos eucarióticos, possuem apenas uma célula e são filamentosos, e na natureza exercitam diversas funções, inclusive a infecção de plantas e animais, incluindo os seres humanos.

Todo ser humano tem infecção fúngica ao menos uma vez na vida, sendo as infecções cutâneas, popularmente conhecidas como micoses, as mais comuns.

Quando essas infecções ocorrem na pele raramente causam danos graves. Geralmente os sintomas são coceira, vermelhidão e mudanças estéticas na região dependendo de qual fungo é o parasita ( existem mais de 100 espécies de fungos responsáveis por causar micoses em seres humanos ).

Porém, vale destacar que não é só a pele que é atacada pelos fungos e pessoas com imunidade baixa podem apresentar quadros de infecções fúngicas agressivas, que podem até levar o indivíduo a morte.

Infecções Fúngicas Cutâneas

Quando a infecção acontece na pele o mais comum é que os fungos se alojem no interior da pele e cresçam da parte interior para o exterior, o que faz a pele ficar descascada, irritada e avermelhada. Na maioria das vezes a infecção fúngica na pele tem formato de uma mancha redonda vermelha, conhecida como “tinta”. Essa é uma das maiores características de uma infecção fúngica cutânea.

Vale lembrar que nem todas as manchas vermelhas na pele são causadas por fungos, e para saber ao certo se está com uma infecção fúngica ou não um médico deve ser consultado.

Nesse tipo de infecção os fungos produzem esporos que são liberados quando a pele começa a descamar. Nas cascas da pele da pessoa infectada estarão os esporos dos fungos que ao entrarem em contato com outra pessoa passará a ela a infecção.

Infecções Fúngicas Cutâneas

Outro tipo de infecção fúngica cutânea muito comum é aquela que acontece nos pés, principalmente naqueles que caminham descalço em locais úmidos e que haja circulação de outras pessoas também descalças como em piscinas. Esse tipo de infecção é muito conhecido como “pé de atleta” ou “eczema do nadador”, pois acomete muitas pessoas praticantes desse esporte.

Outras causas menos comuns, mais existentes, de infecções fúngicas é através de fragmentos de pele de animais infectados por fungos. Infecções fúngicas no pescoço de crianças podem ser causadas pelo contato com animais infectados. Além disso, pessoas que convivem muito tempo com cavalos geralmente contraem infecções fúngicas no rosto devido à fricção.

Infecções Fúngicas da Mucosa Oral e do Esôfago

Algumas espécies de fungos são naturais do ser humano e pertencem, junto a leveduras e bactérias, a flora normal da mucosa oral e do esôfago. Ou seja, em condições normais convivem em harmonia com outros organismos em nosso corpo sem causar danos ou doenças.

Os problemas mais comuns causados por infecções fúngicas orais são devido à candidíase, ou como é conhecida popularmente, pelo “sapinho”.

A candidíase oral é responsável pela formação de aftas e pontos brancos doloridos na língua e no interior da mucosa oral. As lesões dessa infecção podem ter leve sangramento, principalmente ao escovar os dentes. Esse tipo de infecção também pode se espalhar atingindo o céu da boca, as gengivas, as amídalas e também a garganta.

Geralmente esse tipo de infecção fúngica é pouco agressiva, porém, em pessoas com a imunidade baixa ou que passaram por estresse imunológico como gripes, quimioterapia e tratamentos com imunossupressores podem ter um agravamento do quadro clinico dessas infecções. Esse tipo de infecção oral também é um dos primeiros sinais de que uma pessoa pode estar infectada pelo vírus HIV/AIDS.

Pessoas com próteses dentárias também são muito acometidas por infecções fúngicas na boca e são frequentemente afetadas por aftas causadas por fungos, muitas vezes, alojados nas próprias próteses.

Infecções Fúngicas Vaginais

Desequilíbrios na flora vaginal são as principais causas de infecções fúngicas vaginais. Por motivos de desordem interna do organismo, ou externa, as bactérias da flora vaginal começam a se desenvolver e dominar outros microrganismos presentes na flora provocando um fenômeno chamado de Cocci. A membrana da mucosa vaginal protege-se mantendo o pH da vagina ácido.

Existem vários fatores que podem provocar a mudança do pH vaginal e propiciar a infecção por fungos. Roupas muito apertadas e sintéticas, toalhas sintéticas de higiene íntima e até o DIU podem ajudar na ocorrência de uma infecção fúngica vaginal.

O tipo mais comum de infecção fúngica vaginal é causado por um fungo presente na própria flora vaginal, o Candida albicans.

Os sintomas da candidíase vaginal ocorrem geralmente quando a mulher está com o sistema imunológico debilitado. Esses sintomas são:

  •  Corrimento de cor branca, tipo leite coalhado;
  • Coceira intensa e sensação de ardência na região íntima;
  • Dor e ardência durante o contato íntimo;
  • Inchaço e vermelhidão da região íntima.

Toda a mulher que apresenta esses sintomas deve procurar rapidamente seu ginecologista para descobrir as causas da doença e iniciar o tratamento.

Infecções dos Órgãos Internos

As infecções que acometem os órgãos internos, em sua maioria, são provocadas pelo fungo Arpergillus. Os esporos desses fungos invasores estão presentes em todo o meio ambiente e podem ser contraídos para o interior do organismo através da respiração. Quando esses esporos entram pelos brônquios podem causar uma infecção sistêmica que pode ser fatal ao ser humano.

A maioria das infecções pulmonares e sistêmica são causadas pelos fungos invasores Aspergillus, e são a principal causa de morte de pessoas com o sistema imunológico debilitado.

Esses fungos habitam locais úmidos, estábulos, abrigos de aves, locais de armazenagem de cereais, papeis de parede, móveis de bambu, estrume, rede de ar condicionados, etc.

Os sintomas desse tipo de infecção são:

  • Febre acima de 38ºC;
  • Tosse com sangue ou catarro;
  • Sensação de falta de ar;
  • Coriza e dificuldade para sentir cheiros;
  •  Perda de peso;
  • Tosse persistente;
  • Cansaço excessivo;
  • Dor no peito;
  • Dor nas articulações;
  • Dor de cabeça;
  • Inchaço do rosto.

A infecção por Arpergillus, também conhecida como Aspergilose, é uma doença grave e potencialmente fatal, e nos primeiros sintomas um médico deve ser procurado.

Veja também

Reprodução do Macaco: Filhotes e Período de Gestação

Hoje vamos conhecer um pouco mais sobre a reprodução dos macacos, entender como funciona a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *