Home / Natureza / Como Se Originou a Hidrosfera E a Atmosfera?

Como Se Originou a Hidrosfera E a Atmosfera?

Teorias são o que não faltam. Mas a teoria do Big Bang é sabidamente a mais notável!

E o que temos a dizer sobre o surgimento da Hidrosfera e da Atmosfera?

O ponto inicial é que esses dois acontecimentos estão intimamente conectados…FOGO – TERRA – AR

A longa história da evolução da Hidrosfera e Atmosfera da Terra é, além de longa, muito curiosa e interessante…

O Planeta Azul

Planeta Azul
Planeta Azul
  • Quanto a isso, as mais recentes teorias explicam o surgimento dessas camadas – Hidrosfera e Atmosfera – como resultado de eventos sucessivos ao longo da formação do planeta.
  • Avistado a milhões de quilômetros de distância, o que prevalece no planeta é o azul, é a água.
  • A Terra é descrita como o Planeta Azul, porque está coberta de água em cerca de ¾ de sua superfície.

Você deve concordar que no dia a dia, a relevância desse elemento passa despercebido. Aliás o Homo sapiens, na sua condição de mamífero terrestre, não parece dar a devida importância para isso.

A Hidrosfera

A hidrosfera é composta da água da superfície da Terra.  Inclui desde pequenos riachos, rios, lagos, mares e oceanos, sendo esse último o mais representativo. A hidrosfera surgiu a partir de gases oriundos do interior do planeta por vulcões e gêiseirs.

Ela está, portanto, ligada à formação do sistema solar. Assim, temos a evolução do sistema solar a partir de uma “nebulosa protoplanetária”.

A hidrosfera é composta de toda a água na superfície da Terra, dos oceanos e mares, aos lagos e rios.  Mas não se engane, não me refiro somente a água líquida, fluída… aqui entra também a água nos estados sólidos, a exemplo das geleiras; e gasoso, como as nuvens; e ainda toda a dinâmica entre esses estados físicos, em virtude do vital ciclo da água.

Falando da formação da Terra, seu desenvolvimento remete a um aglomerado de poeira, rocha e partículas ionizadas que se condensaram e uniram-se.

A Terra passou por períodos alternados de resfriamento e aquecimento. Em determinado período de resfriamento, ocorreu a condensação do vapor, levando à formação de constantes episódios de chuva.

Com a ocorrência de precipitação, a água foi sendo depositada nas cotas mais baixas do terreno, que constituem os nossos oceanos. Toda a água existente na Terra integra a hidrosfera. O conhecido ciclo hidrológico permite a renovação constante desse recurso.

Então, não é bobeira pensar que a água presente no ar, que outrora respiramos, em algum momento será a mesma que ingerimos em um dia de calor.

Na comunidade científica, sabe-se que a Terra tinha uma quantidade semelhante de água em comparação com hoje. Isso porque o ciclo da água encarrega-se de renovar toda a água sob a superfície.

A mistura química encontrada no oceano mudou gradualmente ao longo do tempo, e continua sendo inevitável que as ações antrópicas estejam influenciando na composição desse fluído.

De forma resumida, podemos dizer que, desde os primórdios, do que se entende como sendo a origem do planeta, a água líquida esteve dissolvendo os minerais constituintes das rochas.

Nesse sentido, elementos como sódio, magnésio, ferro e cálcio foram sendo incorporados à água para formar os nossos oceanos puramente salgados.

A Atmosfera

Recebe a denominação de atmosfera o conjunto de gases que circunda o planeta. Atualmente, aceita-se a teoria de que a atmosfera tenha sido formada a cerca de 4 bilhões de anos.

Uma explicação básica é de que, como consequência dos processos térmicos na formação da crosta terrestre, houve o escape de volumes significativos de água em forma de vapor – processo de desgaseificação.

Nesse fenômeno, gases como o hidrogênio e vapor de água foram expelidos por vulcões, dando origem ao que conhecemos como atmosfera.

Mas, e qual a importância da atmosfera? Vamos deixar claro que é justamente esse conjunto de gases que torna possível a vida na Terra.

Teorias diversas admitem que, sem essa camada, a vida seria impossível por conta da drástica redução na temperatura do planeta.

Atmosfera
Atmosfera

Além disso, o desencadeamento dos eventos climáticos e demais fatores a ele relacionados, dependem, fundamentalmente, da atmosfera.

Desde a chuva, ou a própria umidade, a pressão atmosférica, são fatores determinados pela configuração da atmosfera. O equilíbrio na temperatura da Terra, a propagação do som e difusão da luz, só são possíveis por conta dessa camada de ar que envolve o planeta.

Por fim, não basta compreender os sistemas Hidrosfera e Atmosfera isoladamente, pondo-os em caixinhas imaginárias do conhecimento.

Mais que isso, é necessário estarmos dispostos a pensar de forma holística, indo além do popular “arroz com feijão”, e sim explorar os detalhes dessa beleza da vida.

Assim, temos que, unindo as três esferas Hidrosfera, Atmosfera e Litosfera (crosta terrestre), forma-se a Biosfera.

Essa indispensável inter-relação é o que define a nossa capacidade de sobrevivência junto das mais diversas formas de vida habitantes no planeta.

Então, lembre-se, falar de biosfera é falar do animal e vegetal. E o ser humano está incluso aqui.

Dotado de sua racionalidade e senso crítico, dispõe do discernimento necessário para saber a consequência de suas ações.

Com isso, espera-se que tenha plena consciência de que o grandioso Planeta Terra não se encontra dividido por essas macro esferas, mas sim unido, e altamente dependente mutuamente, pela interação e sinergia entre elas.

Indo mais a fundo, compreendemos que diferentes formas de relevo interferem no clima (Atmosfera), que trazem consequências para nossos cursos d’águas (Hidrosfera), que tem seus efeitos na Biosfera, e assim por diante, num ciclo interminável.

Desse modo, todas as esferas são passíveis de influenciar umas às outras, podendo ser o sucesso ou fracasso do sistema como um todo. Os ambientes e a vida na Terra tem sido sujeitas à modificações ao longo do tempo geológico.

Mas a lógica desse conhecimento todo, qual é, afinal?

Bom, a partir de toda teoria, surgem apontamentos do que é mais correto e o que não é.

Logo, o ser humano deve olhar com empatia para poder agir com mudança de comportamento.

Isso pode ser promovido através de formas de consumo mais conscientes (só um exemplo). Todos nós precisamos pensar em como estamos nos comportando, e se estamos contribuindo para o manutenção do nosso planeta como um todo.

Veja também

Ácido Linoleico

Quais os Benefícios do Ácido Linoleico Para a Saúde?

Quando se fala em ácido linoleico, se fala em ômega-6, e provavelmente você já ouviu …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *