Home / Natureza / Caranguejo de Manguezal: Ecossistema e Fotos

Caranguejo de Manguezal: Ecossistema e Fotos

A alimentação do Nordeste do Brasil sempre foi baseada em o que a nossa terra e mar tem a nos oferecer. Por isso, frutos do mar e rio são comuns no prato de todos, e vem crescido cada vez mais sua apreciação em outras partes no continente. Um dos animais que são mais consumidos é o caranguejo.

Entretanto, existe os caranguejos de mar e os de manguezal. Ambos são bem diferentes, tanto em suas características físicas, quanto em seu sabor. Por isso, a preferência varia de pessoa para pessoa. No post de hoje iremos falar um pouco mais sobre o caranguejo do mangue, e também explicar mais sobre o ecossistema manguezal em que ele vive.

O Caranguejo de Manguezal

Caranguejo de manguezal ou como é chamado também de Uçá, é na realidade o mais conhecido dos caranguejos existentes. Principalmente por ser o maior entre o comércio desses animais. Sendo assim, em alguns lugares é comum você ouvir eles o chamando de caranguejo verdadeiro.

São nativos principalmente da região Norte e Nordeste, e estão com sua população sofrendo uma enorme redução, principalmente por ser uma fonte de subsistência de muitíssimas populações do litoral. Apesar de a coleta desses caranguejos serem supervisionadas pelo IBAMA, ou seja, tem época e dimensão mínima para coleta, essa espécie já está na lista de quase ameaçada.

Apesar de servir como nossa alimentação, os caranguejos possuem um hábito alimentar meio estranho. Eles comem qualquer dejeto orgânico no mangue, sendo caracterizados junto com os camarões como animais que comem restos. Seja de folhas, frutos ou sementes em decomposição ou até mesmo mexilhões e moluscos.

Sua carapaça é, assim como a maioria dos crustáceos, de quitina. No caso do uçá, a coloração varia entre azul e marrom escuro, mas patas ficam entre lilás e roxas, ou marrom escuro. São animais muito territorialistas, escavam e mantém suas tocas não permitindo qualquer outro animal de se apossar da mesma.

O trabalho de coleta do caranguejo do manguezal é complicado, por ser manualmente. As tocas desses animais podem chegar em até 1,80 metros de profundidade. E por serem animais que por qualquer coisa se assustam, vivem dentro dessas tocas. Somente as abandona durante o período de acasalamento. Esse fenômeno é chamado de andada ou até mesmo carnaval de caranguejo.

Nesse momento, os machos começam a competir entre si pelas fêmeas. Após fecundarem, a fêmea carrega ovos em seu abdome e depois libera larvas nas águas. O processo de fecundação varia de região para região, mas no Brasil ocorrem sempre entre os meses de dezembro até abril.

Ecossistema Manguezal

Antes de explicar mais sobre o manguezal, lar do caranguejo uçá, primeiro vamos dar uma revisa no que é o ecossistema. O termo ecossistema vem da ecologia, uma área da biologia. Esse termo define todo o conjunto de comunidades bióticas (com vida) e os fatores abióticos (sem vida) em determinada região que se interagem. Você pode ler e aprender mais sobre os principais ecossistemas brasileiros aqui: Tipos de Ecossistemas Brasileiros: Norte, Nordeste, Sudeste, Sul e Centro-Oeste.

Agora que entendemos o conceito de ecossistema, podemos falar mais sobre o manguezal. Ele é dividido em mangue branco, mangue vermelho e mangue siriúba. No mundo inteiro, equivale a 162 mil quilômetros quadrados, sendo que 12% desse valor está no Brasil. Eles são encontrados em margens de baías, rios, lagunas e outros semelhantes.

Por ter uma variedade muito grande de animais, principalmente peixes e crustáceos, é um dos ecossistemas mais produtivos do mundo. Chamado também de berçário, pois muitas espécies se desenvolvem em suas áreas mais alagadas. Seu solo é muito rico na questão de nutrientes, mas pouco em oxigênio. Por isso, é comum que as plantas desse ecossistema possuam raízes externas.

Por ser considerada o berçário de diversas espécies, a importância dele para o mundo é de extrema importância. Ele é um dos principais agentes de manutenção da vida, e pode ser vista como também fonte econômica e alimentícia de muitas famílias. Mas seu papel vai além disso. Sua vegetação é o que impede que hajam grandes erosões no solo.

O problema é que estamos tomando muito desse ecossistema. A pesca esportiva junto com o turismo local e a poluição vem fazendo com que os mangues sofram muito. Por ser um ecossistema de transição entre o ambiente marinho e o ambiente terrestre, é necessário que tenhamos um cuidado redobrado com esses locais.

Fotos do Ecossistema e do Caranguejo de Manguezal

Como deu para perceber, o caranguejo de manguezal tem seu habitat o manguezal. É o local ideal para eles morarem, principalmente porque são animais que precisam tanto do ambiente terrestre quanto do marinho para sobreviverem e perpetuarem sua espécie. Você vai encontrar de tudo: girino, peixe e vários crustáceos. De lá, eles seguem ou para a direção do mar ou para a terra.

Catador de Caranguejo no Mangue
Catador de Caranguejo no Mangue

Os manguezais garantem que as plantas sobrevivam, mesmo com a falta de oxigênio em seu solo. Essa adaptação deixa as plantas bem diferentes do que estamos acostumados. Você raramente irá encontrar árvores grandes, com caules grandes e cheios de folha. Isso é bem o oposto da vegetação do mangue, principalmente pelo motivo de as raízes ficarem para fora. Sendo assim, não dá para aguentar muito peso.

Esperamos que o post tenha te ensinado um pouco mais sobre o caranguejo e o ecossistema do manguezal. Não esqueça de deixar seu comentário nos contando o que achou e também deixar suas dúvidas. Ficaremos felizes em ajuda-los. Você pode ler mais sobre caranguejos, ecossistemas e outros assuntos de biologia aqui no site!

Veja também

Quanto Tempo Demora para Sair o Vírus da Cinomose?

Ter um cachorro em casa com certeza é algo que faz parte da rotina da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *