Home / Natureza / Caranguejo Aratu: Características E Fotos

Caranguejo Aratu: Características E Fotos

O caranguejo aratu, de nome científico Aratus pisonii, da família Grapsidae, da ordem Decapoda, é um tipo de caranguejo presente em várias partes do mundo, onde, no Brasil, fazem parte dos litorais do nordeste e do sul.

O caranguejo aratu está presente nos litorais pelo fato dos mesmos apresentarem os manguezais, que são áreas onde ocorre a filtragem de todo material orgânico presente nas marés, tornando-se um ambiente perfeito para o caranguejo aratu.

O filtro dos materiais orgânicos fornece a centenas de animais alimentos únicos, ao qual variados tipos de animais começam a viver exclusivamente no manguezal, onde os caranguejos, principalmente, passam a cavar buracos e a morar nos mesmos, presente na área onde conseguem alimento de forma fácil e onde os predadores não acessam.

O caranguejo aratu possui uma alimentação característica dos caranguejos em geral, baseando-se na alimentação omnívora, que é quando um animal não possui restrições alimentícias, podendo se alimentar de todo tipo de comida presente no ambiente.

É muito com ver o caranguejo aratu comendo folhas, principalmente das mais baixas das regiões dos manguezais, mas os mesmos também se alimentam da decomposição orgânica do mangue, além de serem carniceiros e se alimentarem de restos mortais de outros crustáceos e animais marinhos.

Principais Características Do Caranguejo Aratu

O caranguejo aratu, também conhecido como marinheiro, aratu, caranguejo vermelho e caranguejo do mangue, mede cerca de 6,3 centímetros em sua maturidade.

O caranguejo aratu possui a coloração avermelhada na carapaça, e o caso possui a cor marrom. Além disso, suas duas garras simétricas são de cores mais claras.

A fêmea do caranguejo aratu possui o mesmo tamanho do caranguejo aratu macho, porém, seus abdomens são maiores, em decorrência do fato de guardarem milhares de ovos quando grávidas.

O caranguejo aratu não está presente apenas dentro de buracos no mangue, mas nas raízes altas das árvores dos manguezais, assim como em regiões onde o solo é mais consistente. De qualquer forma, o caranguejo aratu não constrói tocas, apenas se afunda no lamaçal.

O caranguejo aratu é muito ágil e rápido, e evade depressa ao perceber algum tipo de ameaça.

Tanto durante o dia quanto durante a noite, o caranguejo aratu está sempre atento, acompanhando as altas e baixas das marés.

Quando a maré está baixa, os mesmos vagam pelo lamaçal atrás de alimento, e quando a maré está alta, o caranguejo aratu sobe para as partes mais altas das árvores, onde ficam se alimentando das folhas, e por isso muitas pessoas acham que os mesmos são herbívoros.

O caranguejo aratu é um crustáceo bastante solitário, vivendo em tocas com, no mínimo, 30 centímetros longe de outras tocas. Sempre há disputa por comida e por tocas, o que caracteriza o caranguejo aratu como sendo bastante inóspito.

Locais Com Maior Incidência do Caranguejo Aratu

Caranguejos Aratu Na Beira da Praia
Caranguejos Aratu Na Beira da Praia

Os caranguejos aratus não são uma espécie endêmica brasileira, pois os mesmos estão presentes em todas as Américas, principalmente na América Central e no norte da América do Sul.

No Brasil, é possível encontrar o caranguejo aratu nos litorais do sul e sudeste, principalmente nas regiões litorâneas do Espírito Santo e Rio de Janeiro, descendo para o Paraná e Santa Catarina.

O caranguejo aratu sempre está presente nos pratos típicos dessas regiões, especialmente em temporadas onde a caça é legalizada.

Ainda no Brasil, é possível encontrar o caranguejo aratu em regiões do Amazonas e Pantanal Matogrossense.

Fora do Brasil, fazendo divisa com nossas terras, o caranguejo aratu estará presente na Venezuela, Suriname e Colômbia.

Partindo para a América Central, o caranguejo aratu estará presente nas regiões do Panamá, Costa Rica, El Salvador e Guatemala, além de estar presente no largo Golfo do México.

Em todos os lugares em que o caranguejo aratu está presente, o consumo do animal como uma especiaria culinária é unânime, fazendo parte de cada cultura consumir o caranguejo nas épocas de reprodução dos mesmos.

Reprodução do Caranguejo Aratu

Filhote Caranguejo Aratu
Filhote Caranguejo Aratu

Como foi dito anteriormente, a fêmea do caranguejo aratu apresenta um abdômen mais largo, propriamente para carregar os ovos, que são milhares.

Ao decorrer da vida da fêmea do caranguejo aratu, ela terá três desovas por ano antes de morrer, e para que essa desova ocorra, ela e o macho precisam copular, ato essa que dura mais de um dia.

A fêmea carregará o esperma do caranguejo aratu numa parte inferior a seu abdômen, e quando seus ovos estiverem suficientemente produzidos, ela soltará os ovos em uma bolha de espuma e depositará o esperma armazenado para fecundar tais ovos.

Os caranguejos são incubados por algumas semanas, até as larvas serem levadas para a água, onde o processo de desenvolvimento completo do caranguejo irá ocorrer.

A fêmea do caranguejo aratu pode carregar de 100 milhões a 200 milhões de ovos em seu abdômen, porém, esse número nunca resulta em um resultado 100%, onde mais da metade morre durante o processo de incubação e servem como alimentos para milhares de espécies marinhas.

Curiosidades E Fotos Do Caranguejo Aratu

O caranguejo aratu é extremamente agressivo, pois sempre está brigando em uma disputa por comida, toca e fêmeas.

Apesar do caranguejo aratu viver dentro de tocas no mangue, eles formulam tais tocas em locais específicos, tornando fácil o acesso às árvores, pois precisam escalar as mesmas quando a maré sobe.

Os principais predadores do caranguejo aratu são os peixes, raias e tartarugas, por isso os mesmos possuem uma grande tendência a viver em regiões mais próximas do solo, pois assim conseguem evadir rapidamente e fugir de tais predadores.

Porém, em solo, é possível perceber que caranguejos maiores sempre comem os menores, além de águias adorarem devorar os mesmos.

As tocas se tornaram o melhor lugar para o caranguejo se esconder de predadores naturais, garantindo segurança e alimentação.

O caranguejo vive, basicamente, das folhas das árvores do mangue que caem na lama, porém, se houver uma oportunidade em comer restos de animais mortos, como peixes, outros caranguejos e mais, o caranguejo aratu não pensa duas vezes.

O caranguejo aratu, assim como outras espécies que vivem nos manguezais, são os principais distribuidores que perpetuam a existência da fauna, pois os mesmos vivem comendo e adubando as regiões com folhas, sementes e raízes.

Veja também

Por Que o Ciclo da Água é Importante na Natureza?

Obviamente que você deve saber que a água é de suma importância para a vida …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *