Home / Natureza / Características Físicas e Químicas Do Solo

Características Físicas e Químicas Do Solo

Existe mais de 10 tipos de solos em nosso planeta, sendo cada um desses solos catalogados devido a variadas características, como a acidez, a granulometria, a quantidade de argila e outros fatores.

Quando se pensa em solo, não podemos nos abster somente a ideia de que ele é composto por areia e água, já que, entremeado a esses compostos, está vários sais minerais e matéria orgânica, e a quantidade de cada um desses fatores irá indicar o tipo de solo de determinado local.

Outrora se pensava que o solo não passava da última camada terrestre, sendo o resultado do contato entre a superfície da litosfera com a ação da gravidade, mas estudos comprovaram que o solo é o resultado de composições químicas e físicas de vários elementos.

Nesse momento, existe cálculos geológicos que irão determinar fatores que irão compor a quantidade de sais minerais e compostos orgânicos que darão origem a certo tipo de solo, que depende da erosão para absorção de água, por exemplo, caracterizando o tipo de solo através de um ciclo hidrológico que tem base no tipo de hidrogênio fornecido pela natureza, seja em forma de vapor ou chuva, ou qualquer outra forma de captação de água.

Os solos que compõe uma extensa camada da litosfera terrestre fora criado a partir da dissolução de grandes elementos através do intemperismo, onde as moléculas de água entrarem em contato com vários compostos químicos e os oxidaram a ponto de desfazê-los, onde outros processos físicos baseados em fatores abióticos como ventos e até mesmo ondas eletromagnéticas levam os resultados do intemperismo a outros lugares.

Por Que É Importante Entender As Características Físicas E Químicas Do Solo?

Quantos acidentes são mostrados na televisão devido a construções irregulares, principalmente em locais onde há menos condições monetárias para construções regulares, como em morros, assim como ocorre no Rio de Janeiro, por exemplo?

Estudar o solo é estudar o local onde nós vivemos, onde construções podem ser feitas, onde a tecnologia será um fator essencial para representar a capacidade humana em interpretar o próprio local ao seu redor, a ponto de ser possível compreender onde se deve e onde não se deve residir, perpetuando a existência da espécie humana através de seu desenvolvimento intelectual.

Os solos são compostos polifásicos, isto é, nunca irão ter apenas uma forma, podendo assumir aspectos diferentes na presença ou na fata de água, com o solo seco ou o saturado.

Características Físicas Do Solo

O solo é composto, basicamente por 45% de compostos minerais, 25% de ar, 25% de água e 5% de matéria orgânica.

As características do solo irão ser influenciadas pela presença de material orgânico, umidade, temperatura e outros fatores, que irão remodelar o solo, que virá a partir de uma rocha matriz, seja de uma montanha recente, seja de milhões de anos atrás.

Esse processo de transformação da rocha em solo se chama pedogênese, que é o termo oficial que define as características físicas e químicas de um solo, enquanto o intemperismo é o desgaste químico e físicos de um solo já pré-determinado.

Os estados físicos de um solo podem ser divididos em 3 formas, sendo chamada de composto trifásico, sendo elas a forma sólida, líquida e gasosa.

A composição física do solo pode ser definida por dois fatores, que será o tamanho das partículas que compõe o solo e o outro a forma com qual essas partículas se organizam, caracterizando, assim, a composição física rígida ou porosa de um solo.

Reconhecer e estudar as características que compõe um solo poroso ou rígido será o passo definitivo para assegurar a qualidade do solo.

Entender a física dos solos possibilita um desenvolvimento ímpar em relação a compreensão dos compostos presentes sob e sobre o mesmo, tendo uma forte relação com a agricultura e urbanismo terrestre, trabalhando de forma qualitativa.

Um solo, para ser considerado fisicamente ideal, precisa apresentar bons aspectos ao seu próprio desenvolvimento, com balanceamento ideal entre porosidade e retenção de água.

Características Químicas Do Solo

O solo é uma região que está em constante atividade química, assim como tudo que existe no mundo, pois o mundo pode ser traduzido na palavra química.

Toda a atividade química que acontece no solo, acontece na chamada zona coloidal, onde as menores partículas do solo se encontram, sendo formadas pelos minerais e compostos orgânicos, e essa atividade química está presente em qualquer uma das três fases do solo: sólido, líquido e gasoso.

Químicas Do Solo
Químicas Do Solo

Outro aspecto químico de muita relevância presente no solo, são as cargas elétricas, produzidas pelo desbalanceamento químico comum ocorrido na transmissão de nutrientes da terra para as plantas, que quando feitas de forma imperfeita, geram cargas elétricas produzidas pelas movimentações de íons positivos e negativos.

Outras razões para a produção de cargas elétricas do solo se dão através da substituição isomórfica, gerando a produção de carga negativa e a dissociação de radicais OH, gerando a produção de cargas positivas.

As propriedades químicas do solo são responsáveis por fatores como a adsorção, oxidação e neutralização do mesmo.

Pedologia e Edafologia: Propriedades Químicas e Físicas do Solo

Quando se fala sobre as características químicas e físicas do solo, é preciso discutir as ciências da pedologia e da edafologia.

A pedologia nasceu como a necessidade de reconhecer o solo como o fruto de anos de ações naturais através da interação e atrito de inúmeros fatores, que resultaram numa estrutura de extrema importância para o desenvolvimento dos ecossistemas, removendo o pensamento de que o solo nada mais é do que os restos da litosfera presentes na natureza como resultado da ação da gravidade sobre a mesma, como fora pensado por muito tempo.

Da mesma forma, a Edafologia vai aparecer para explicar muitos resultados importantes, principalmente a influência que o solo possui sobre os seres vivos que vivem em contato direto com o mesmo.

A edafologia é o estudo essencial que possibilita a compreensão da ligação entre o ser humano e a natureza através do solo, sendo possíveis criar parâmetros para cultivo e desenvolvimento de alimentos para sustentar a vida das espécies no planeta.

A edafologia é o estudo dos compostos químicos do solo, garantindo assim a propensão do solo para plantio, arado, monocultura e vários outros tipos de manejo.

Veja também

Qual é o Significado de Macaco? O que Eles Representam?

O macaco é um animal que possui muito simbolismo. São muitas a histórias que envolvem …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *