Home / Natureza / Características Do Animal Escorpião

Características Do Animal Escorpião

O escorpião é um animal peçonhento, que faz parte dos aracnídeos, possuindo um formato único na natureza, contendo 8 pernas e uma cauda em forma de garra, além de duas pinças que funcionam como suas garras, chamadas de pedipalpos.

O escorpião é um animal que pode ser encontrado ao redor do mundo inteiro, exceto pela Antártida, que é um continente que não apresenta uma diversidade de vida devido ao extremo frio.

O escorpião é uma criatura que se adapta a viver em vários climas e ambientes, seja frio ou quente, pois os mesmos podem ser encontrados em regiões gélidas como a Groenlândia e Norte do Canadá e regiões quentes como as savanas africanas e até mesmo o deserto do Saara.

As características de adaptação do escorpião é que mais faz sua reprodução subir cada vez mais, pois existem mais de 2.000 espécies do aracnídeo espalhadas pelo mundo.

Escorpião
Escorpião

Os escorpiões são animais que vivem entocados em buracos, esperando o momento correto para atacar suas presas.

O escorpião usa como sua principal arma de caça e defesa suas garras e sua glândula de veneno, chamada télson (apesar de haver uma discussão científica sobre esse termo para os escorpiões).

Suas formas de caça incluem hábitos noturnos e ataques surpresas.

Características Alimentares Do Escorpião

A alimentação do escorpião é carnívora, onde o animal pode comer insetos, répteis e roedores, além de outros aracnídeos.

Sua forma de comer é destroçando as vítimas com seus pedipalpos, organizando os mesmos para serem levados à sua boca.

O mais interessante da alimentação do escorpião, é o fato de algumas espécies, não “mastigarem” as presas, pois tudo o que esses escorpiões ingerem, é feito através da aplicação de enzimas digestivas que dissolvem o alimento, sendo, dessa forma, filtrado por sua boca.

A maioria dos escorpiões possuem uma longa cadeia de alimentação, mas em casos mais extremos, como falta de alimento, o canibalismo se torna muito comum.

O canibalismo se torna presente na escassez de comida, onde um escorpião come o outro, e também quando há copulação, onde a fêmea tende a devorar o macho, dando vida a cerca de 30 a 50 pequenos escorpiões, que também podem ser vítimas do canibalismo materno.

Após a alimentação do escorpião, o mesmo pode passar vários dias sem precisar se alimentar novamente, tendo a água como principal fonte de nutrientes.

O fato do escorpião conseguir ficar até meses sem comer, influencia completamente a superpopulação do mesmo, dessa forma, o canibalismo é a forma mais prática e natural de realizar o controle populacional dos mesmos.

Características Físicas Do Escorpião

Características Físicas Do Escorpião
Características Físicas Do Escorpião

Os escorpiões podem variar de até mesmo 2 centímetros até incríveis 90 centímetros de comprimento.

Todos os escorpiões possuem veneno, alguns em doses mais baixas e outros em doses altíssimas, podendo matar um ser humano dentro de pouco tempo.

O veneno é aplicado através do ferrão do escorpião, que atua em disfunções neurológicas no organismo. O ferrão do escorpião é conhecido pelo nome de télson ou glândula de veneno.

O manejo do alimento do escorpião não é feito exclusivamente por seus pedipalpos, que são enormes garras, que servem para defesa e também para a alimentação, porém, a seleção do que vai ser comido é feito por suas quelíceras, que são pequenas patas adaptadas ao lado da boca.

Pequenas ramificações distribuídas pelo corpo do escorpião em formato de pelo atuam como principal sistema de comando de direções, onde os mesmos captam sinais do ambiente externo e guiam com precisão o passo a passo do escorpião.

Os escorpiões são divididos anatomicamente em duas partes; uma parte é o pré-abdômen, que vai das costas até o início da cauda, e o pós-abdômen, que é a parte que fica curvada para cima o tempo todo.

Características Comportamentais Do Escorpião

Escorpião Capturado
Escorpião Capturado

Os escorpiões nascem e ficam presos às costas da mãe até o ponto em que conseguirem caçarem e se protegerem por conta própria, e isso ocorre logo após os mesmos fazerem a primeira troca de pele.

A cópula do escorpião acontece quando o macho deposita seu esperma no solo e a fêmea o suga com seu espermatóforo genital. O macho, após essa ação, fica imobilizado durante um determinado período, cujo pode ser fatal, pois grande parte das fêmeas aproveita para devorá-los.

Os escorpiões filhotes, para realizarem a troca de pele e começarem a ter independência, levam cerca de 15 dias.

Quando se trata de escorpião, uma grande variação ocorre em relação aos períodos, onde, por exemplo, a gestação pode variar de 3 meses até 9 meses, ou a independência dos filhotes, que pode ser de algumas semanas até a meses atrelados às costas da mãe.

O hábito mais comum do escorpião é viver de forma escondida, pois dessa forma conseguem esperar pelas presas e fugir dos predadores, que incluem gaviões, galinhas, corujas, lagartos, lacraias, macacos, cágados e cobras. É muito comum que vários animais comam os escorpiões, e esse é um dos principais motivos pelo qual eles sempre se encontram em locais escuros e ínfimos.

Características Dos Escorpiões Encontrados Em Solo Nacional

No Brasil, existe cerca de 200 espécies de escorpião, e os casos mais comuns de acidentes acontecem com o escorpião-amarelo (Tityus serrulatus) e o escorpião-preto (Tityus paraensis). Além desses dois escorpiões com veneno, no Brasil, há ainda o escorpião-marrom (Tityus bahiensis) e o escorpião-amarelo-do-Nordeste (Tityus stigmurus).

Essas espécies de escorpião são consideradas espécies venenosas, que levam a vítima a consultarem um médico e até mesmo tomar uma dose de antídoto contra a peçonha promovida pelos mesmos.

Tityus Bahiensis
Tityus Bahiensis

Além do veneno, a picada do escorpião causa intensas dores e podem até mesmo putrificar a região afetada.

Em casas, quintais, campos e outros lugares que apresentam escorpiões, é muito comum que pessoas, principalmente crianças, sejam picadas por escorpiões, no entanto, não são todos que possuem um grau urgente de peçonha.

Em vários casos, a mordida de escorpiões com teor baixo de veneno só induz à dor, alergia e mal-estar intermitente.

No Brasil, a área que mais possui escorpião é a Mata Atlântica, e consequentemente, o sudeste do Brasil apresenta o maior número de casos de picadas de escorpião, principalmente Minas Gerais.

Veja também

Quantas Gramas De Proteína Tem Um Ovo Cozido?

Ovos são o tipo de alimento, salvo algumas exceções, perfeito para pessoas de qualquer idade, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *