Home / Natureza / Árvore: Sombra e Pouca Raiz

Árvore: Sombra e Pouca Raiz

Com certeza você já deve ter ouvido falar de um assunto chamado aquecimento global, não é mesmo? Pois bem, de fato, trata-se de um tema extremamente urgente, e que vem colocando em alerta o mundo todo. Recentemente, você também deve ter ouvido noticiários dando conta de que este foi um dos anos mais quentes de nossa história, e que 2019 promete ser bem pior nesse sentido.

Mas, o que isso tem a ver com árvores, em especial, as de grande porte? Basicamente tudo. Manter o equilíbrio natural significa termos mais áreas verdes em nossas cidades, e isso significa mais árvores plantadas nelas, pois diminui consideravelmente o calor em uma determinada região.

Uma das melhores maneiras de ajudar o planeta e ainda ter uma bonita árvore, que dê sombra, é escolher plantar aquelas que tenham pouca raiz. A seguir, explicaremos o motivo.

Destruição Pela Raiz

Nem sempre, por exemplo, uma árvore que tenha uma ótima aparência deve ser plantada em calçadas e muros. Um dos aspectos verificados precisa ser se ela desenvolve muita ou pouca raiz. Por que? A depender da espécie, as suas raízes podem crescer consideravelmente, destruindo calçadas e muros por aí, o que causa um evidente transtorno, principalmente para quem precisa se locomover a pé por esses locais.

Um dos pontos principais é escolher a árvore ideal para o nosso clima. Espécies acostumadas a um clima bem mais frio do que o nosso, por exemplo, não se dará bem se cultivada nos trópicos, Cada planta tem uma necessidade específica que tem a ver com suas características básicas.

Raiz de Árvore
Raiz de Árvore

Sem contar que uma árvore pode crescer de maneira demasiada, ocupando um espaço bem maior do que o previsto. Árvores com raízes muito profundas, além de fazerem estragos em calçadas e muros, geralmente, possuem uma copa muito alta e densa, o que também pode prejudicar a fiação elétrica do lugar.

Ou seja, o único fato a ser levado em consideração não pode ser apenas se a árvore faz uma grande sombra ou não, mas também qual o desenvolvimento de suas raízes, pois assim aquele determinado local ficará arborizado da maneira correta, sem prejuízos a terceiros.

Fatores Para a Escolha das Árvores

Sombra de Árvore
Sombra de Árvore

O primeiro fator a ser observado para o plantio de uma árvore, em especial, no meio urbano é a sombra. Mas, não somente a sombra como uma questão de acomodação, e sim, se a cobertura do copa da árvore impedirá outras plantas de crescerem ao redor. Já, se a planta fizer parte da fachada de uma casa, essa preocupação não precisa ser levada em consideração. Boas árvores que dão sombra? Ipê-Roxo e Grumixama são algumas delas, e que ainda possuem aromas e cores que se destacam.

O segundo fator que precisamos levar em consideração é referente às raízes da árvore. Calçadas quebradas devido ao crescimento desordenado das raízes de uma árvore significa uma coisa: mau planejamento. Portanto, é necessário que as raízes cresçam pouco, apenas o suficiente para a sustentação da planta. Exemplos? Manacá-Anão, Flamboiaiãzinho e Pitangueira.

Existem ainda outros fatores a serem considerados, como o ciclo de vida das folhas e flores (pois, eventualmente, irão sujar o local), frutos que atraem aves e insetos (afinal, alguns insetos podem acabar se tornando uma verdadeira praga no lugar) e o tipo de solo (sabendo, de antemão, se a árvore em questão gosta de solos mais arenosos, ou mais úmidos, e por aí vai).

Uma Manutenção Correta

Árvores com poucas raízes e que possam oferecer uma agradável e reconforte sombra (principalmente, em dias muito quentes) é algo excelente, mas, que não se resume apenas ao ato de plantar. Isso significa que se faz necessária uma manutenção constante na planta para que ela continue bonita e viva.

Estratégicas podas feitas mensalmente, por exemplo, evitam um crescimento acelerado da planta como um todo. Além disso, é sempre bom verificar se a árvore está com a “saúde” em dia, pois se ela tiver alguma praga (como cupins), isso pode comprometer a planta, e as pessoas que ficam ao redor, já que isso pode provocar algum acidente.

Ter os devidos cuidados com uma árvore não garante somente um ambiente mais bonito e com sombra, mas, também um clima mais ameno e saudável para a região.

Espécies Nativas Para Arborização

  • Pau-ferro (nome científico: Caesalpinia leiostachya) – Essa daqui é nativa diretamente da Mata Atlântica, podendo chegar a 30 metros de altura e uma copa que geralmente consegue chegar a 12 metros de diâmetro. Ou seja, dá uma bela sombra nos dias de sol mais forte. Também não possui raízes agressivas, o que torna ela umas das árvores ideais para arborização urbana.
    Pau-Ferro
    Pau-Ferro
  • Sibipiruna (nome científico: Caesalpinia peltophoroides) – Também nativa da Mata Atlântica, essa árvore pode chegar a 20 metros de altura, sendo uma planta das mais longevas (se bem cuidada, chega facilmente aos 100 anos de idade). As suas raízes são poucas, mas se deve tomar cuidado para não plantá-la em áreas de muita fiação elétrica, devido à sua copa espaçosa.
    Sibipiruna
    Sibipiruna
  • Aroeira (nome científico: Schinus terebinthifolius) – Essa árvore aqui pode até ser de pequeno porte (chega, no máximo, a 10 metros de altura), mas, produz uma copa considerável, o que também dá uma sombra igualmente considerável.
    Aroeira
    Aroeira
  • Oiti (nome científico: Licania tomentosa) – Podendo atingir uma altura de até 15 metros, o Oiti possui uma copa bem fechada, ótima para “pegar” uma sombra, e raízes pouco profundas. O seu fruto ainda é característica por emitir um cheiro bem forte.
    Oiti 
    Oiti
  • Pau-fava (nome científico: Senna macranthera) – Com uma altura de aproximadamente 8 metros, a Pau-fava possui uma excelente para ser usada como descanso, e ainda tem o bônus de possuir uma floração ornamental de aspecto muito bonito.
    Pau-Fava
    Pau-Fava
  • Canafístula-de-besouro (nome científico: Senna spectabilis) – Alcançando cerca de 9 metros de altura, essa árvore possui também um florescimento ornamental que salta às vistas, compondo bem a paisagem do local.
    Canafístula-de-Besouro
    Canafístula-de-Besouro

E, claro, outros aspectos precisam ser levados em consideração em relação à arborização de uma região, como, por exemplo, se a árvore em questão dá frutos ou flores muito grandes, se possui espinhos, se é tóxica e se tem uma madeira muito frágil. Com os cuidados necessários, basta aproveitar a sombra de uma bela árvore.

Veja também

Intoxicação por Inalação

Quais os Sintomas de Intoxicação por Inalação?

Envenenamento ou intoxicação é o nome dado a lesão ou morte devido à deglutição, inalação, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *