Home / Animais / Tubarões Raros E Bizarros Com Nomes, Habitat E Fotos

Tubarões Raros E Bizarros Com Nomes, Habitat E Fotos

Quando falamos em criaturas dos oceanos, já é de se imaginar que a variedade e grande, e que muitas delas sequer são conhecidas pela maioria das pessoas. É a fauna mais vasta – e menos explorada – pelo ser humano!

E os tubarões figuram entre as espécies mais diversas e mais variadas que podemos imaginar! Existem alguns que são verdadeiramente raros – e muito bizarros!

Embora alguns deles sejam velhos conhecidos, como é o caso do Tubarão Branco e o Tubarão Martelo, existem outros que foram pouquíssimas vezes avistados, pouco estudados e que possuem hábitos muito peculiares!

São os tubarões mais raros e mais bizarros que se conhece, e que agora você verá numa lista de tirar o fôlego. Seja pare estudos ou simplesmente por curiosidade, conhecer essas espécies apenas nos dá um pouco mais de noção a respeito da grandiosidade e da potência que o mundo marinho tem!

Veja a Lista de Tubarões mais Bizarros e Raros que Existem!

Que o tubarão branco é uma fera assustadora, já sabemos. Ele foi amplamente retratado, inclusive no cinema, e ficou mundialmente conhecido. Mas, você ficará espantado ao descobrir que existem outros tubarões bem raros e muito esquisitos!

• Tubarão Fantasma (Hydrolagus trolli):

Tubarão Fantasma
Tubarão Fantasma

O Tubarão Fantasma é uma das descobertas mais recentes da humanidade. Suas primeiras captações de imagens aconteceram em 2016, quando ele deixou de ser uma lenda e passou a figurar a lista de animais raros. Pode alcançar cerca de 1,2 metros de comprimento.

Esse animal vive em locais muito profundos do oceano, onde é praticamente impossível a visitação do homem. Ele é completamente cego, e tem todos os outros sentidos muito aguçados! Ele habita os mares de países como Nova Caledónia, Nova Zelândia e África do Sul.

• Tubarão Zebra (Stegostoma fasciatum):

Tubarão Zebra
Tubarão Zebra

Um tubarão de cor clara que possui pintas pretas por todo o seu corpo. Está presente nos oceanos Pacífico, Índico e também no Mar Vermelho. Existem um exemplar em exposição no oceanário de Lisboa, em Portugal. É um animal pacífico, e que nada lentamente.

• Tubarão Boca Grande (Megachasma pelagios):

Tubarão Boca Grande
Tubarão Boca Grande

Apesar de ter sido descoberto na década de 70, esse tubarão foi visto pouquíssimas vezes por seres humanos. Ele se alimenta de plâncton, e é considerado um dos mais bizarros! Sua descoberta aconteceu no mar do Havaí.

Ele habita águas muito profunda, onde não há incidência de luz solar. Por isso o seu avistamento também é muito difícil, e ainda mais obter qualquer informação a respeito de seus hábitos.

Um exemplar foi capturado já morto por pescadores na Filipinas. Esse tubarão media cerca de 5 metros de comprimento e pesava mais de 1 tonelada!

Conheça Mais Alguns Tubarões Surpreendentes!

A lista de tubarões raros e bizarros não chegou nem na metade! São diversos os animais que surpreendem os cientistas e pesquisadores, principalmente por possuírem formas realmente monstruosas, e alguns que ainda nem possuem classificação cientifica na qual se encaixam!

• Tubarão Charuto (Isistius brasiliensis):

Tubarão Charuto
Tubarão Charuto

Talvez um dos mais esquisitos de que se tem notícias. Ele é uma espécie pequena, que atinge cerca de 50 centímetros. Mas a sua periculosidade é extrema! Estamos falando de um animal muito agressivo, capaz de abater presas muito maiores do que ele, como baleias, focas e golfinhos.

• Tubarão Frade (Cetorhinus maximus):

Tubarão Frade
Tubarão Frade

Imagine você se deparar com um animal com mais de 10 metros de comprimento, e que pesa, mais ou menos, 5 toneladas! É justamente isso que o tubarão frade é: um gigante dos oceanos.

Eles só não são maiores do que o tubarão baleia. Eles estão presentes em locais como Costa do Golfo dos EUA, Malta e Reino Unido, e existem projetos governamentais nesses locais para a preservação da espécie, que está em extinção.

• Tubarão Duende:

Tubarão Duende
Tubarão Duende

Quando falamos em profundezas não podemos deixar de citar esse tubarão. Ele gosta de se manter no escuro, precisamente a 250 metros de profundidade, mais ou menos.

Pelo que se sabe, ele pode ser encontrado em todo o mundo. Seu focinho comprido é estranho, mas não tanto quanto sua mandíbula projetada para a frente e repleta de dentes afiados e finos. estima-se que esse animal tenha mais de 125 milhões de anos de existência, sendo uma das criaturas pré-históricas.

Qual foi o Maior Tubarão que já Existiu – ou Será que Ainda Existe?

Todas essas espécies são raríssimas e podem parecer muito esquisitas para os seres humanos. Mas, nada se compara ao chamado Carcharocles megalodon. O Megalodonte, como é conhecido, parece ser o maior tubarão de que se tem conhecimento. Maior ainda que o tubarão baleia!

Megalodonte
Megalodonte

Estima-se que esse animal viveu entre 20 e 1,6 milhões de anos atrás, no período Mioceno no Oceano Pacífico. Ele era três vezes maior do que o tubarão branco, medindo cerca de 25 metros de comprimento e 50 toneladas de peso.

Eles eram tão potentes que seus “petiscos” preferidos eram nada mais nada menos do que as baleias. Embora não existam registros de imagens ou filmagens desse animal, uma arcada dentária foi reconstruída a partir de alguns fósseis, na Califórnia, e está exposta até hoje no Museu Calvert Marine nos EUA! A sua boca poderia ter cerca de 3 metros de diâmetro!

Não existem evidências e sequer sugestões de que esse animal ainda habite as profundezas marinhas. Eles acabaram extintos porque as águas polares se tornaram muito geladas para eles, o que prejudicou a caça de baleias.

O que Podemos Aprender com os Tubarões Bizarros e Raros?

O que nos resta de lição a respeito desses animais é que temos um planeta vasto e diversificado. A fauna marinha é uma das mais ricas do planeta, e até hoje não foi completamente explorada – e provavelmente nunca o será!

Essas criaturas fazem parte de um ecossistema complexo e rico, que precisa ser preservado, mas que tem sofrido com as atitudes de seus maiores predadores: o homem!

Mesmo animais que habitam as mais priofundas águas sofrem as consequências em decorrência da poluição e pesca indiscriminada, afinal, os impactos são em escala, e prejudicam a sobrevivência de todas as espécies. É preciso estarmos atentos para que eles não desapareçam.

Veja também

Lagarto Chicote- de- Garganta- Alaranjada: Características e Fotos

O lagarto chicote de garganta alaranjada (nome científico Aspidoscelis hyperythrus) é uma espécie nativa do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *