Home / Animais / Tracajá Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre o Animal

Tracajá Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre o Animal

O continente americano é bastante variado e complexo quando se trata de diversidade animal, já que há uma série de seres muito interessantes. Entre eles, é possível citar os cágados, répteis com casco que se assemelham a tartarugas – a semelhança é apenas física, pois o modo de vida é bastante diferente. Existe alguns tipos de cágados, muitos deles na América do Sul, estando entre todas essas espécies o famoso tracajá, um ser cheio de questões únicas.

De tom escuro, mais para o azul e quase chegando ao preto, o tracajá apresenta manchas amarelas por todo o seu corpo. Na realidade, essa é a forma mais eficiente de diferenciar o tracajá de outros répteis parecidos, já que as manchas amarelas estão presentes em todos os exemplares da espécie. Venezuela, Brasil, Colômbia, Peru e Guiana Francesa são países que abrigam o animal na América, estando o tracajá quase sempre presente nas bacias hidrográficas desses países.

Em território brasileiro, é mais fácil encontrar o réptil na região Norte do país, onde há muitas populações de cágado – porém, o tracajá também pode ser visto próximo ao Pantanal. Se você possui interesse no tracajá e deseja conhecer mais sobre um animal cheio de características especiais e curiosidades únicas, veja todas as informações sobre ele logo abaixo.

Tracajá: Quanto Tempo Vive? É uma Tartaruga?

O tracajá possui muitos pontos curiosos em sua vida, como o fato de poder viver até os 90 anos. Assim, quando em condições favoráveis, esse cágado pode ter expectativa de vida muito longeva. Isso se deve a muitos fatores, entre eles a resistência que o animal possui por conta do seu casco grosso.

Ademais, pelo fato de ter um metabolismo mais lento, o tracajá acaba por demorar mais a sofrer com problemas relacionados ao desgaste das células. A alimentação do réptil é outro fator positivo para viver tanto, já que sementes, frutos e raízes compõem a rotina alimentar do tracajá. Outro fato interessante é que o tracajá pode ser bastante parecido com as tartarugas em um primeiro momento, mas essa semelhança não se mostra tão grande com o aprofundamento da análise.

As tartarugas, em geral, vivem na água e apenas saem para desovar. Já o tracajá vive entre o ambiente aquático e o terrestre, já que precisa regular a temperatura do seu corpo. Ademais, a comparação com o popular jabuti também é equivocada. Isso porque o jabuti é um ser apenas terrestre, enquanto os cágados, como o tracajá, vivem entre a terra e a água.

O Maior Tracajá que já Existiu

O tracajá é um animal de porte médio ou pequeno, que varia entre 30 e 45 centímetros de comprimento. Dessa maneira, é natural que o réptil seja visto em espaços reduzidos. Porém, imagine um tracajá realmente grande, com mais de 2 metros. Imaginou? Pois saiba que esse cágado realmente existiu há cerca de 8 milhões de anos, mais precisamente no território atualmente pertencente à Venezuela.

O tamanho exato do fóssil encontrado no local era de 2,18 metros de comprimento, representando o maior tracajá que o mundo já viu – ao menos, dentre os animais conhecidos pela humanidade. O cágado enorme, ao que parece, tinha um modo de vida bastante semelhante àquele do tracajá nos dias atuais, comendo apenas alimentos de origem vegetal.

Tracajá Gigante
Tracajá Gigante

Porém, seja por conta de alguma disfunção ou mesmo por questões desconhecidas, o certo é que esse tracajá ganhou tamanho e cresceu muito ao longo dos anos. Supõe-se que o animal chegou a viver no Brasil, mas não há provas concretas de que isso tenha acontecido. Em todo o caso, o tracajá gigante é mais uma das curiosidades que cercam o universo dos répteis.

Reprodução e Distribuição Geográfica do Tracajá

O tracajá vive, de forma predominante, na América do Sul. Por mais que seja possível encontrar exemplares desse animal em países da América Central, o comum mesmo é que Venezuela, Brasil e Colômbia tenham o maior número de animais desse tipo. Na verdade, os três países possuem não apenas muitos tracajás, mas também diversos cágados em geral.

Assim, o tracajá costuma viver em áreas de mata fechada, onde o animal consegue acesso ao alimento necessário para viver por muitos e muitos anos. Para quem deseja encontrar um tracajá, o mais aconselhável é buscar por rios ou grandes lagos nas regiões em que o réptil vive – como precisa regular sua temperatura, o animal precisa estar perto de fontes de água doce.

Reprodução do Tracajá
Reprodução do Tracajá

Quanto ao seu modo de reprodução, o tracajá possui relação sexual e a fêmea coloca de 15 a 20 ovos por ciclo. Para camuflar os ovos, em geral as fêmeas fazem ninhos perto das margens dos rios, colocando lama e folhas sobre esses ovos. O período de incubação pode ser bastante variável, entre 90 e 200 dias, já que depende bastante das condições climáticas locais. Os filhotes, uma vez gerados, já nascem com as manchas amarelas pelo corpo.

Características do Tracajá

O tracajá é um animal muito simples em funcionamento, que não executa grandes tarefas, mas, ao mesmo tempo, possui modo de vida interessante. Sempre perto de rios ou lagos, esse animal costuma viver bem com a grande maioria dos outros animais, com exceção de predadores maiores – os felinos, em geral, é que causam problemas para o cágado.

Quanto ao porte físico, o tracajá costuma pesar cerca de 8 quilos, até mesma pela carapaça forte e resistente. Como esse casco é feito para suportar a pressão e o impacto, ele tem de ser pesado. O animal varia entre os 30 e os 45 centímetros de comprimento em condições normais, podendo chegar a 60 centímetros quando um pouco acima da média.

Sua reprodução acontece uma vez por ano e é demorada para os padrões dos répteis – em alguns casos, o tracajá pode levar mais de 180 dias para chocar os ovos por completo. O animal gosta de temperaturas altas ou médias, mas sempre está perto de uma fonte de água. Portanto, caso queira ter um cágado desse tipo em sua casa, o local de descanso do animal deve ser quente, mas com a devida fonte de água. A água, por ser mais fria, ajuda no processo de regulação térmica do réptil e permite que seu organismo se mantenha estruturado.

Veja também

Marreco Pompom: Características, Hábitat e Nome Científico

O marreco pompom (crested duck) é uma ave ornamental considerada uma variação genética do marreco …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *