Home / Animais / Traça-Indiana-da-Farinha: Características, Nome Científico e Fotos

Traça-Indiana-da-Farinha: Características, Nome Científico e Fotos

A farinha é um dos ingredientes mais utilizados na culinária brasileira justamente por conta da sua versatilidade que faz com que ela seja necessária em grande parte das receitas, como bolos e muitas outras coisas.

Porém, quem é que nunca chegou na cozinha para abrir um saco de farinha e encontrou algumas tracinhas brancas bem pequenas andando dentro do saco de farinha?

É claro que essa não é uma situação nem um pouco agradável e não causa apenas medo e nojo, mas também diversas dúvidas na cabeça das pessoas. Isso porque quase ninguém sabe exatamente o que é essa traça na farinha e muito menos se ela faz mal ou não para nós seres humanos, já que ninguém consome a traça, mas ela andou por um ingrediente que será consumido.

A verdade é que esse bicho se chama traça indiana da farinha e ela é extremamente comum em nosso país e não apenas na farinha, mas em muitos outros ingredientes.

Portanto, neste artigo vamos te falar mais informações que você deveria saber sobre a traça indiana da farinha. Assim, continue lendo o texto até o fim para entender quais são as características dela, qual seu nome científico, se ela faz mal ou não e também quais alimentos são seu alvo.

Traça-Indiana-da-Farinha em Larva
Traça-Indiana-da-Farinha em Larva

Características da traça indiana da farinha

Saber mais sobre as características desse ser vivo é essencial para que no fim a gente consiga entender exatamente como ele é e como sua fisiologia funciona de uma maneira geral; por isso, vamos ler mais sobre o assunto.

Em primeiro lugar, essa traça é conhecida justamente por ser muito pequena, justamente porque ela está presente em locais muito estreitos, de forma que seria impossível ela ser maior do que é agora.

Em segundo lugar, a coloração dessa traça é muito interessante. Isso porque quando a encontramos na farinha temos a tendência a pensar que sua coloração é apenas branca, mas a verdade é que metade do seu corpo é marrom escuro e a outra metade é um marrom mais claro, o que faz com que ela seja reconhecida facilmente por isso.

Em terceiro lugar, essa traça em sua fase mais adulta tende a possuir 3 pares de patas e 1 par de antenas, mesmo que seja um pouco complicado conseguir enxergar isso a olho nu e sem uma espécie zoom.

Logo, essas são algumas características que você com certeza ainda não sabia de maneira tão detalhada sobre essa traça!

Nome científico da traça indiana da farinha

O nome científico pode parecer muito chato em um primeiro momento, mas a verdade é que ele é muito necessário para que a gente consiga entender mais sobre a espécie de uma maneira científica e, consequentemente, sobre a posição que a espécie ocupa na natureza.

No caso da traça indiana da farinha podemos dizer que o seu nome científico é Plodia interpunctellamas afinal, o que isso significa?

Muitas pessoas não sabem bem como o nome científico de um ser vivo é formado e, consequentemente, o que esse nome significa; mas a verdade é que tudo isso é bem simples de se entender: o nome científico foi criado para classificar os seres vivos de acordo com seus gêneros e espécies, e é por isso que ele é formado por dois termos.

Assim, o primeiro termo do nome científico é o gênero do ser vivo enquanto o segundo termo do nome científico é a espécie do ser vivo.

Com isso, o nome científico Plodia interpunctella basicamente quer dizer que o nome do gênero da traça indiana da farinha é Plodia e o nome da sua espécie é interpunctella, de forma que sempre será possível identificar esse inseto facilmente por meio de seu nome científico.

A traça indiana da farinha faz mal?

Como já dissemos anteriormente e você com certeza já sabe, encontrar uma larva ou uma traça em seus alimentos pode não ser a melhor experiência do mundo, principalmente porque isso tende a causar uma certa repulsa e até mesmo medo nas pessoas.

Porém, a dúvida que mais fica na cabeça de todo mundo sobre esse assunto é: afinal, a traça indiana da farinha faz mal ou não faz para os seres humanos?

Isso porque nós claramente não consumimos a larva, mas como já citamos, ela anda por nossos alimentos assim como a traça repousa na farinha, e dessa forma é muito importante saber se isso representa algum risco.

A verdade é que a traça da farinha realmente pode parecer bem inofensiva e realmente pode ser em alguns casos, mas a situação nem sempre é assim. Isso porque a traça tende a botar ovos no alimento, e se esses ovos ou se a traça estiver infectada, o alimento também ficará.

Dessa maneira, a melhor opção é nunca dar sorte para o azar e limpar os ambientes da sua casa frequentemente evitando o aparecimento desse tipo de inseto principalmente nos ambientes com alimentos.

Os alvos da traça indiana

Por fim, já dissemos que essa traça está muito presente em nossos alimentos, mas é interessante perceber que a farinha não é o único local onde a traça indiana pode ser encontrada, até mesmo porque ela é considerada uma praga urbana, e por isso está por toda parte.

A verdade é que essa espécie pode ser encontrada principalmente na farinha, mas também em muitos outros alimentos de origem vegetal, como por exemplo o arroz e diversos cereais.

Assim, na grande maioria das vezes ela não será encontrada em alimentos industrializados, mas sim em alimentos naturais que ficam armazenados em sacos plásticos desde sua abertura e não possuem fechamento hermético, o que facilita muito a ação das traças.

Traça-Indiana-da-Farinha com Asas
Traça-Indiana-da-Farinha com Asas

Portanto, é sempre importante ficar bem atento não apenas com a farinha, mas também com outros alimentos que você possui na sua cozinha e podem acabar ficando infectados com o inseto.

Viu como é importante obtermos mais informações sobre os insetos que dividem o planeta com a gente mesmo que eles pareçam pequenos e insignificantes?

Leia também no site: Quanto um Border Collie Come Por Dia? Quantas Vezes?

Veja também

Marreco Pompom: Características, Hábitat e Nome Científico

O marreco pompom (crested duck) é uma ave ornamental considerada uma variação genética do marreco …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *