Home / Animais / Tipos de Baratas Gigantes, Fotos e Onde Encontrá-las

Tipos de Baratas Gigantes, Fotos e Onde Encontrá-las

Existem muitos indivíduos que acham as baratas os seres mais nojentos e aterrorizantes que povoam a terra. No entanto, também existem aqueles que pouco se importam com tal inseto pequeno e com anteninhas. Bom, a maioria delas é pequena, mas há os tipos de baratas gigantes, de aproximadamente 10 cm, que amedrontam qualquer um.

Coragem? Ela some diante dessas criaturas com aparência atípica e tamanho exagerado. Você conhece algum inseto do tipo? Quer conhecer um pouco mais sobre essas baratonas e onde é mais fácil encontrá-las? Pois continue a leitura e boa sorte!

Os 6 Tipos de Baratas Gigantes

1. Blaberus Giganteus

Ela é classificada como uma das maiores e mais “nojentas”  baratas de todo o mundo. Os machos chegam a atingir o comprimento de mais ou menos 7,5 cm. Já as fêmeas alcançam 10 cm.

Esta  barata enorme é membro da  família Blaberidae. Típico dessa espécie de inseto, ela sofre de metamorfose hemimetabólica. Isso significa que sua mudança da juventude para a fase adulta é feita de forma gradual.

É endêmica lá da América Central e do Sul, sendo mais comum encontrá-la naturalmente nas florestas tropicais. A preferência de habitat inclui áreas com alta umidade, mas pouca luz, tal como: cavidades das árvores, cavernas, rachadura de rocha, etc.

Blaberus Giganteus
Blaberus Giganteus

O ciclo de vida desses tipos de baratas gigantes levam quase o mesmo tempo: cerca de 20 meses. Mas isso vai depender do habitat, das condições e da dieta.

A grande parte da dieta da grande barata é material vegetal deteriorando. Entretanto, ela é uma “limpadora” onívora. Algumas opções de alimentos incluem:

  • Fruta;
  • Semente;
  • Inseto e outros bichos mortos.

2. Megaloblatta Longipennis

Esse é um dos tipos de baratas gigantes que podem ser muito vistas no Japão. Sua medida é de aproximadamente 97 mm x 45 mm (comprimento x largura). A M. Longipennis, por incrível que pareça, não é tida como a praga urbana, uma vez que não entra nas casas.

Na cidade, a maior barata que se pode ver dessa espécie é a barata americana. A barata alemã também é considerada uma praga urbana, mas essa mal chega até 2,5 cm.

Felizmente, a maior parte das espécies encontradas lá em Madagascar, bem como na selva, não é considerada praga urbana.

3. Barata Rinoceronte ou Gigante

Esses tipos de baratas gigantes vivem na Austrália, em Queensland. Possui o comprimento de cerca de 8 cm sem as asas. O peso pode chegar acima dos 30 gramas. Uma forma de se ter uma ideia do tamanho é a palma da mão.

Barata Rinoceronte
Barata Rinoceronte

Essa barata rinoceronte é perigosa, entretanto, come somente folha morta e casca de árvore. Algumas espécies desempenham funções ecológicas parecidas: elas ingerem matéria orgânica que está em decomposição e produz nutrientes especiais para diversos outros organismos.

4. Barata de Madagascar

A barata de Madagascar tem os movimentos desajeitados, bem como lentos. Isso ocorre por conta do seu tamanho grande. O nome não é à toa, já que ela habita Madagascar, no sudeste da África.

Esse inseto noturno prolifera no solo da floresta, junto com troncos que estão apodrecidos. Ele se alimenta da matéria orgânica que está em decomposição. A espécie pode chegar até 7 cm, crescendo em largura até aproximadamente 2,5 cm.

A barata parece que está apitando ou assoviando, por conta dos sons que emite. Esse som faz parte de um ritual para acasalamento, que também é utilizado como meio de alerta.

Esse assovio é emitido por conta da expiração do ar por meio de poros respiratórios. Isso é surpreendente, já que os sons das baratas, geralmente, são emitidos esfregando as partes de seu corpo.

5. Megaloblatta Longipennis

Esses tipos de barata pertencem à família dos Blatodeos. Não são encontradas com frequência na cidade, a não ser por criadouros específicos.

Megaloblatta Longipennis
Megaloblatta Longipennis

Elas são encontradas no habitat natural nos países do Panamá, Peru e Equador.

6. Barata D’água

A barata d’água não é tão conhecida pelos brasileiros, contudo, deveria ser. Sua picada é bastante dolorosa, bem como capacidade predatória se mostra simplesmente assustadora.

Essa barata é um inseto bem comum em terras nacionais. É possível se deparar com ela andando por terrenos secos, mesmo sendo um animal aquático típico. A espécie possui asas fortes e são poderosas voadoras. Á noite, ela costuma ser atraída pela luz. Isso faz com que ela se desoriente pelas ruas.

A barata d’água faz parte da família Belostomatidae, que possui aproximadamente 150 diferentes espécies, chegando até 15 cm de comprimento.

As baratas comuns já são insetos assustadores para alguns, mas essas são especialmente temidas. Seu habitat é bem variado, o que inclui:

  • Mangues;
  • Cachoeiras;
  • Beira de rio;
  • Áreas com águas sem correnteza.

O exemplar adulto pode ser visto voando para buscar seus parceiros ou companheiros de jornada. Suas atividades são, sobretudo, noturnas, usando as luzes como orientação para coordenar seus movimentos.

Antigamente, quando não havia tantas casas e atividade humana intensa, somente a luz da lua, bem como das estrelas, era o suficiente.

O tamanho chega 15 cm, tenho um par enorme de ferrões.

Motivos para a Barata Gigante Entrar em Casa

Normalmente os tipos de baratas gigantes vivem do lado de fora das casas, mas podem entrar nas casas humanas por diversos motivos, que incluem:

  • Chuva forte – Algumas espécies de barata vagam pelas residências após uma chuva forte. Isto é principalmente para evitar afogamentos. Muitos desses insetos vivem em esgotos, que podem ser inundados. Isso faz com que eles busquem abrigo em outros lugares;
  • Comida: As baratas comem praticamente qualquer coisa. Sua dieta típica inclui matéria orgânica em decomposição. Entretanto, também comem itens domésticos, como queijo, couro, produtos de panificação, entre outros.

Sinais de Baratas em Casa

As baratas são noturnas e se escondem em pequenos espaços. Isso significa que pode ser difícil encontrá-las. Infelizmente, você pode vê-las somente quando estão atravessando o chão ou o balcão da cozinha.

Outros sinais de baratas em casa incluem:

  • Excrementos – O tamanho, forma e quantidade de excrementos variam de acordo com a espécie e o número de baratas em casa. Os tipos de baratas gigantes deixam manchas em superfícies porosas, como madeira;
  • Ovos – Ovos de barata são oblongos e marrons. É possível encontra-los atrás de móveis, entre rachaduras nas paredes, em livros ou em outros espaços bem fechados;
  • Odor – As baratas produzem um odor de mofo que pode se tornar mais forte à medida que a infestação cresce.

Dicas para Controle

Ajude a impedir os tipos de baratas gigantes de invadir a casa. Para isso é basta seguir algumas dicas:

  • Manter a casa, especialmente a cozinha, limpa e prontamente descartando o lixo;
  • Eliminar pontos de entrada e detritos, incluindo estacas de madeira;
  • Selar alimentos e evitar deixar comida ou migalhas espalhadas pela casa;
  • Reparar rapidamente vazamentos dos encanamentos.

Obviamente, controlar totalmente os tipos de baratas gigantes geralmente requer ajuda profissional. Isso ocorre especialmente se a infestação estiver firmemente estabelecida. As baratas são pragas o ano todo, mas, ainda assim, pode ser eliminada.

Veja também

Quanto Tempo Após o Nascimento Pode Dar Banho no Cachorro?

Ter um filhote canino em casa é sinal de bagunça, brincadeira e correria. Por conta …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *