Home / Animais / Tarântula Rosa Chilena É Venenosa? Características E Nome Cientifico

Tarântula Rosa Chilena É Venenosa? Características E Nome Cientifico

É muito fácil encontrar alguém que tenha medo (ou, pelo menos, certo receio) de aranhas, especialmente, as maiores e (aparentemente) mais assustadoras. Mas, será que todos esses bichos são perigosos?

Nesse sentido, vamos falar sobre a tarântula rosa chilena, mais precisamente, se ela é venenosa a ponto de colocar a vida de uma pessoa em risco.

Vamos à leitura.

Características Básicas E Nome Científico

A tarântula rosa chilena, apesar de sua aparência amedrontadora pra alguns, é uma das aranhas mais peculiares em termos de coloração, com pelos castanhos e cor-de-rosa em seu tórax. De nome científico Grammostola rósea, ela (além do Chile, claro) vive na Bolívia e na Argentina, em zonas áridas e semiáridas desses países.

Podendo medir cerca de 14 cm de comprimento, e aproximadamente 12 cm de amplitude das patas, essa tarântula vive em tocas rasteiras. Nesse caso, ou elas habitam tocas que se encontram abandonadas, ou escavam sua própria moradia, que revestem com uma fina camada de seda. Gostam especialmente de temperaturas em tono dos 22°C.

De hábitos noturnos, esse tipo de aranha caça por emboscada. Para paralisar e se alimentar de sua vítima, ela utiliza um veneno, que, por sinal, não é perigoso para o homem. Interessante que as tarântulas (e essa também está inclusa) não conseguem digerir o seu alimento por inteiro. O que fazem, então? Injetam um suco digestivo no interior da presa, e começam a sugar o interior do pobre animal. A alimentação delas, por sinal, é à base de invertebrados, especialmente, grilos.

Já em se tratando de hábitos reprodutivos, essa espécie de tarântula é ovípara. Nesse aspecto, é interessante notar o comportamento dos machos em relação às fêmeas. Isso porque, para evitarem de ser devorados por elas (assim como acontece com a espécie da viúva-negra), eles possuem uma espécie de esporão no primeiro par de patas. Qual o intuito? Manter as quelíceras das fêmeas afastadas deles.

Com o acasalamento transcorrendo bem, a fêmeas põe de 100 a 250 ovos, cujo período de incubação será de 3 a 4 meses, mais ou menos. Bom salientar que a expectativa de vida das fêmeas dessa tarântula é de 20 anos. Já os machos, por mais que se protejam na hora do acasalamento, eles morrem logo após a cópula, assim que atingem a maturidade sexual, que é por volta dos 4 anos de idade.

A Tarântula Rosa Chilena É Venenosa? É Verdade Que Ela Pode Ser Um “Animal De Estimação”?

Apesar da aparência dessa aranha causar certa repulsa em algumas pessoas, de uma coisa você pode ficar tranquilo: a tarântula rosa chilena tem, sim, veneno, mas, a não ser que você seja um grilo ou coisa assim, não tem do que se preocupar. A substância de sua peçonha só é letal para pequenos insetos, e, mesmo assim, o veneno não os mata, e sim, os paralisa.

Tarântula Rosa Chilena de Estimação
Tarântula Rosa Chilena de Estimação

Na verdade, entre as aranhas maiores, essa espécie de tarântula é até um pouco dócil. Tanto é que (acredite se quiser), ela é criada por aí como animal de estimação! E, ainda tem o fato dela ser resistente, podendo sobreviver tranquilamente pelo tempo que aguentar, mesmo que o seu dono seja, digamos, descuidado e relapso.

Para a sua criação, inclusive, não se necessitam muitos cuidados, apenas de espaço que seja adequado ao seu tamanho. Desde pequenos terrários de plástico, aos de vidro, essa tarântula se sai bem vivendo em qualquer um deles (contanto que eles não estejam em lugares que incidam diretamente a luz do sol).

Bom lembrar que, mesmo pequenos, esses terrários precisam ter um bom espaço para evitar que a aranha suba, cai e se machuque. Dica? O ideal é um terrário de vidro que seja entre 8 e 20 litros (a depender do tamanho da aranha, evidentemente).

Outra questão que precisa ser bem pensada é quanto ao solo que irá compor esse terrário, ou, como chamamos também, o substrato. Há, por sinal, muitos substratos ótimos à venda por aí, como turfa, fibra de coco, e por aí vai. Todos excelentes, pois retém a umidade que tanto essa aranha gosta.

Outros Cuidados Para Quiser Ter Uma “tarântula De Estimação”

Caso você realmente tenha se interessado em criar uma tarântula rosa chilena (e, acredite: pra quem gosta de animais exóticos, não vai se arrepender), tem outros aspectos dos quais precisa ficar atento. Tipo: essas aranhas são animais de sangue frio, o que significa que a temperatura de onde estejam tem que ser a mais adequada possível.

Pra essa espécie, que possui hábitos noturnos, o ideal é um lugar onde a temperatura oscile entre 18 e 24°C. Caso o ambiente ainda não seja o adequado, você pode proporcionar um aquecimento artificial, como fios, mantas e lâmpadas. Assim, o terrário ficará com uma temperatura equilibrada.

Tem também a questão da alimentação, que é muito importante. Nesse caso, por serem predadoras, as tarântulas só comem animais que estiverem vivos. Além de grilos, o cardápio dessa espécie inclui baratas, gafanhotos, e outros. Pra se ter uma ideia, elas comem de 4 a 5 grilos por semana.

Uma dica é alimentar os grilos com frutas e vegetais antes deles servirem de banquete. Inclusive, algumas tarântulas adultas bem grandes comem pequenos camundongos, o que as deixam satisfeitas por semanas e semanas a fio.

Importante salientar que elas aguentam um bom tempo sem comer, mas não sem beber. Portanto, dentro do terrário, cabe colocar água sempre limpa e fresca. Você pode usar pra isso um algodão molhado, não deixando que ele seque, e sempre substituindo por um que esteja limpo.

Manuseio De Uma Tarântula Rosa Chilena

Tarântula Rosa Chilena Andando no Chão
Tarântula Rosa Chilena Andando no Chão

Claro, é preciso sempre ter cuidado com o manuseio com o bicho. Isso porque, de fato, o seu veneno não causa a morte de um ser humano, mas ele pode ocasionar reações alérgicas um tanto incômodas. Recomenda-se procurar um especialista na área em centros ambientais da sua cidade para saber maiores detalhes de como manusear esse animal.

Mas, no geral, quando for pegar uma, apenas tome cuidado e seja delicado, pois o esqueleto dela é externo. Ou seja, caso ela caia, pode quebrar esse esqueleto e morrer. Até mesmo um ser tão simples e fácil de cuidar precisa da responsabilidade de seu criador.

Veja também

História do Guepardo e Origem do Animal

Um dos felinos mais conhecidos do mundo, conhecido especialmente por sua velocidade, é o guepardo. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *