Home / Animais / Rottweiler Puro: Como Saber se é?

Rottweiler Puro: Como Saber se é?

Os alemães rottweilers, os famosos “rottie” (breve), são cães destemidos e protetores. A raça é comum na América, e aprender a identificar um cruzamento de Rottweiler pode revelar-se uma experiência gratificante. Para uma pessoa inexperiente, será fácil confundir suas raças sem perceber as diferenças. Mas um olhar bem treinado, porém, só precisa de algumas observações simples para distingui-los.

Rottweiler Puro: Como Saber se é?

Preste muita atenção na constituição física do cão. Rottweilers são de aparência imponente, peitoral largo, costas longas e pernas grossas. Normalmente, eles variam de 60 a 80 cm de altura no ombro, mas alguns podem ser mais altos. Rottweilers são cães de musculatura poderosa, apresentado-se com um vigor e poder de aparência que impressiona.

Tem patas firmes e alinhadas em pernas eretas e bem equilibradas, nunca curvadas. Esse posicionamento lhes conferem ombros também alinhados e uma postura que os deixa parecendo mais altos na frente que nos posteriores. Um cão de cabeça e pescoço largo, quase do mesmo diâmetro. Uma cauda curta ou comprida não distingue o cão, mas nunca é encaracolada.

O crânio tem um formato quadrado, quase apresentando a mesma altura e largura, apenas se alongando um pouco mais do nariz até o posterior da cabeça. Suas orelhas são retas e triangulares e possuem um olhar forte, ás vezes com alguns apresentando leves rugas ao redor, nada muito saliente. Rottweilers possuem uma postura ereta quase tão firme  quanto a de um cão pastor alemão.

A pressão da mordida de um rottweilers é considerada a segunda maior do mundo dos cães registrados, segundo órgãos reguladores e patrocinadores de competições de raças, perdendo apenas para a pressão de mordida de um pit bull. A morfologia de sua mandíbula atesta isso, com uma constituição rígida e potente, preenchida por uma musculatura densa em uma cabeça quadrada que, certamente, contribui para essa capacidade.

Nem todo rottweiler é um espécime perfeito. Mesmo entre raças puras de cães, não existe um molde em que todos saiam exatamente iguais. Portanto, é óbvio que alguns sejam robustos, outros mais compridos ou maiores, espécies mais longilíneos, etc. Variações na natureza é uma coisa muito normal especialmente levando em consideração aspectos ambientais, ou também hábitos de criação pois alguns cães sofrerão com excesso de peso se alimentados de modo irregular por seus donos, por exemplo.

Rottweiler Puro Robusto

Emboras seja cães desenvolvidos para funções de guarda e proteção e por isso seu instinto é violento e dominador, isso não significa que sejam cães perigosos, muito menos temíveis. Rottweilers são cães inteligentes, enérgicos e até mesmo brincalhões. Podem ser muito carinhosos, gentis e cuidadosos mesmo com crianças se forem treinados assim desde filhotinhos. Devido sua natureza dinâmica e arisca, um rottweiler destreinado pode se tornar destruidor de móveis e quintais, muito barulhentos e  indisciplinados.

A Coloração Correta de um Rottweiler

A pelagem de todos os rottweilers será sempre preto predominante com manchas diferentes ás vezes no rosto, pernas ou peito. Essa coloração distinta pode variar entre um marrom escurecido a um púrpura acastanhado ou bronzeado, mas o predominante será sempre de um preto intenso, nunca acinzentado ou misturado.

Mesmo as marcas invariavelmente permanecem isoladas em pequenas partes do cão e nunca alastradas, mas em geral no mesmo posicionamento (variando na intensidade e nas formas entre patas, posterior das pernas, peito, garganta, focinho ou pigmentos na região dos olhos). Padrão semelhante só é possível encontrar de forma natural na raça também alemã doberman pinscher, cão de características físicas bem diferentes do rottweiler.

O branco pode acontecer em alguns rottweilers de raça pura,  talvez no peito, entre os ombros, no rosto ou nas patas. Um fato a considerar é que velhice também ocorre em rottweilers . Sendo assim, essa situação de branco não é uma falha, mas um efeito natural do envelhecimento. O pêlo em rottweilers envelhecidos normalmente parecerá mais grisalho do que branco puro. Albinismo em rottweilers  é extremamente raro, mas não impossível.

Fora o já mencionado, qualquer outra coloração diferente em rottweilers  serão certamente resultado de alguma mistura. Um rottweiler vermelho está em conformidade com todos os padrões físicos da raça, mas é todo marrom ou vermelho em vez de ter a coloração preta e vermelha típica. Diz-se que um rottweiler é “azul” quando os pelos da pelagem são mais claros do que o subpêlo, resultando em um efeito geral de branqueamento que lava toda a cor.

Conhecendo os Mestiços

Raças misturadas com rottweiler quase sempre apresentarão características discerníveis. Por exemplo, a pelagem (casaco) muitas vezes será mais longo ou mais felpudo, diferente do padrão curto de um rottweiler de raça pura. É muito comum em diversos países misturar o rottweiler ou com o pastor alemão ou com o pit bull, mas outras misturas de raça também são feita como por exemplo com mastiff de diversas espécies ou com labrador retriever.  Nem sempre essas misturas seguem algum padrão ou possuem um objetivo específico.

Apenas no caso da mistura entre rottweiler e pit bull se sabe que objetiva competição. Por conta do potencial  atlético e da pressão superior de mordida da raça, rottweilers são muito usados no cruzamento com pit bulls para potencializar seu valor competitivo em rinhas de cães. Tais cruzamentos criam cães de dimensão menor que o padrão de um raça pura, mas resultam num cão de aparência mais forte, proeminente na postura, com alguma semelhança ao buldogue porém mais ameaçadores aos olhos.

Atestados Legais

Uma forma de reconhecer a pureza da raça, caso tenha adquirido um cão e deseje se certificar disso, é através da documentação legal do mesmo. Tanto no caso de rottweiler de raça pura  como no caso de outros cães de raça pura, é de praxe que seja despachado uma documentação que atesta a linhagem do filhote, constando informações de seus pais talvez ou dados de seu criador. A papelada provavelmente virá do órgão regulador de raças de seu país (no Brasil, deduzimos tratar-se do Brasil Kernell Club – BKC).

Outra sugestão é um teste de DNA. Existem diversas empresas especializadas em realizar esses testes nos animais ou na venda de kits domésticos para a realização do teste em cães. Ou você adquire um desses kits e segue suas instruções instruções de uso para coletar uma amostra do DNA do seu cão, ou vá diretamente ao um desses centro especializados. Em todos os casos conseguirá determinar, adquirindo os resultados de laboratórios, qual exatamente é a raça ou misturada que identificará seu cão.

Veja também

Canguru-Arborícola: Características, Extinto, Habitos e Fotos

O Canguru-Arborícola Olá, como vai você? No artigo de hoje você conhecerá o Canguru-arborícola, um …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *