Home / Animais / Rottweiler Marrom: Caraterísticas, Comportamento e Fotos

Rottweiler Marrom: Caraterísticas, Comportamento e Fotos

A definição mais comum do Rottweiler – Um cachorrão com cara de mau. Seus criadores entretanto, o definem como – Um cão amoroso e companheiro. O fato é que o Rottweiler ostenta um porte intimidador, robusto, forte e imponente, que se soma a sua fama de mau e violento, provocando temor aos estranhos. Seu apurado instinto de proteção e lealdade ao seu tutor são heranças de suas origens e justificam sua aparente agressividade, defendem seus admiradores. Com muito treinamento e socialização desde a tenra idade o Rottweiler pode, de fato, se tornar um cão dócil, carinhoso e ótimo companheiro para a família.

Quando as legiões romanas precisaram de um cão grande e forte, capaz de pastorear e controlar os rebanhos, além de proteger os acampamentos, eles decidiram cruzar o Drover Dog com o Mastiff e o Pastor Alemão, destes cruzamentos surgiu o Rottweiler, segundo algumas teorias.

Rottweiler Marrom

De acordo com o American Kennel Club, que estabelece critérios para reconhecimento de uma dada característica, como pertencente a uma raça canina pura, um Rottweiler legítimo tem pelos curtos na cor preta como predominante em sua cobertura,  marcações que podem ser avermelhado, castanho ou bronze. Estas marcações não pretas, podem preencher no máximo dez por cento da estrutura corporal e só podem estar localizadas nas bochechas, no focinho, na garganta, no peito, nas pernas, sobre os olhos e sob a cauda.

Rottweiler de outras cores predominantes, diferentes do preto, como azul, bronzeado ou mahogany (marrom), não são considerados puros, ou considerados com menos standard, assim como Rottweiler sem as marcações amarronzadas distribuídas pelo corpo, conforme definidas pelo padrão da AKC, ou rottweiler com manchas brancas ou ainda rottweiler de olho azul.

Rottweiler Marrom: Características

Sua altura padrão de estabelece próximo aos 70 cm, com peso pouco acima dos 50 kg., medidas que o situam entre os cães de porte de médio p/ grande. Para os exemplares femininos se mantém em 10 % abaixo tais parâmetros. Sua expectativa de vida é de no máximo 10 anos. Possui u alto grau de inteligência, aceitando adestramento com facilidade, são esportistas, porém natação não é seu ponto forte.

Rottweiler Marrom Características

Sua cabeça é larga, testa arredondada, focinho proeminente, nariz, lábio e boca  preto e desenvolvido. Olhos amendoados, médios e escuros. Orelhas triangulares e rabo geralmente amputado (obs: a caudectomia é proibida no Brasil).

Rottweiler Marrom: Comportamento

Adoram brincadeiras e demonstram possuir bastante energia para gastar. Aceitam interação ativa com os donos, que precisam impor respeito com firmeza dosada com calma, proporcionando facilidade para aprender comandos de higiene e obediência, não é um cão recomendado para pessoas inseguras ou sem tempo para treiná-los e supervisioná-los. Demonstra comportamento protetor e territorial, então, não dividem com facilidade espaços com outros animais, o que demanda socialização desde filhote.

Aceita com reserva e desconfiança a presença de estranhos. Ficar sozinho em casa enquanto o dono trabalha, não é problema para o Rottweiler, desde que haja a devida compensação com exercícios físicos a noite. Recomenda-se que sua socialização inclua visitas a casa dos seus melhores amigos e vizinhos e passeios em locais públicos (na maioria das cidades o uso de enforcador, guia curta e focinheira é obrigatório).

Suas origens como pastor de ovelhas e protetor de propriedades desenvolveram um comportamento que o habilita para serviços policiais, terapias, cães de guarda e cães guia.

Rottweiler Marrom: Cuidados

Criar um rottweiler longe do círculo familiar pode fazer com que fique entediado, destrutivo e agressivo, vale lembrar que o comportamento de qualquer animal é o resultado de inúmeras variáveis como hereditariedade, treinamento e socialização. Níveis desagradáveis de latidos, escavar lugares impróprios, defecar e urinar fora dos locais estabelecidos, são comportamentos que identificam altos níveis de tédio, falta de treinamento ou péssimos hábitos de supervisão do tutor.

Ao adquirir seu animal, investigue a hereditariedade do animal quanto ao temperamento de suas matrizes, se desengonçados, afetuosos, bobos, divertidos e engraçados ou intimidadores, sérios, reservados, centrados  e agressivos.

Brincadeiras com crianças devem ser cuidadosamente supervisionadas, por um lado pelo seu porte avantajado, tudo o que ele faz acaba sendo exagerado podendo causar acidente em um simples esbarrão e, por outro lado, se a brincadeira envolver outras crianças, estranhas ao convívio familiar, e o animal interpretar qualquer ação, como agressiva ao seu pequeno dono, isto pode representar um perigo de acidente, até fatal.

Rottweiler Marrom: Doenças

O Rottweiler não pode ser alimentado com a ração mais barata que está na promoção da lojinha na esquina, antes, sua alimentação deve ser de boa qualidade e balanceada conforme seu estado de saúde e carga de trabalho, para que não fique nem obeso, nem subnutrido. Não administre suplementos vitamínicos e minerais ao animal sem a indicação de seu veterinário, este deverá ser consultado todo ano para reforço de vacinas e vermifugação.

Além disso seu sistema gastro intestinal é muito sensível e vulnerável, tornando sua resistência muito baixa a doenças que atacam estes órgãos do aparelho digestivo, como a Parvovirose. Por conta desta predisposição a doenças virais, filhotes de rottweiler devem tomar uma dose extra desta vacina (V8 ou V10) e ser alimentados com ração apropriada a cada fase do seu desenvolvimento, a partir de dois meses de idade.

Nos dias mais quentes do ano devem ser escovados diariamente, para controlar a queda de pelos, entretanto banhos podem ser administrados apenas uma vez por mês.

Comentamos que ao adquirir o animal sua hereditariedade deve ser investigada quanto a personalidade de seus padreadores, não menos importante nesta investigação é estabelecer o histórico de displasia coxo-femural entre seus ascendentes, uma doença que afeta 55 % dos rottweilers, adquirida em função de excessos físicos ou quedas em superfícies muito lisas, potencializadas pelo peso e robustez do animal. A displasia coxo/femural é uma anomalia na articulação que liga o fêmur à bacia prejudicando a movimentação do cão, causando desconforto e até incapacitando o animal.

Estas recomendações visam garantir que seu grandão tenha uma vida muito mais tranquila e saudável, afinal já se foi o tempo em que cães eram criados no fundo do quintal sem qualquer cuidado, portanto antes de adquirir seu animal avalie seu estilo de vida, o tempo e o espaço disponível para seu amigo, além dos gastos que se estendem até a velhice e morte do animal.

 

Veja também

Lindo Lírio Do Mar no Fundo da Água

Lírio Do Mar – Respiração: Como Funciona sua Respiração?

Quando você imagina um lírio do mar, flutuando lentamente pelo fundo do oceano, talvez não …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *