Home / Animais / Reprodução do Lobo-Marinho: Filhotes e Período de Gestação

Reprodução do Lobo-Marinho: Filhotes e Período de Gestação

O lobo-marinho é um mamífero presente somente em algumas partes do mundo, fazendo parte da família Otariidae e da subfamília Arctocephalinae, sendo classificadas em dois gêneros, os Arctocephalus e Callorhinus, onde apenas uma espécie compõe esse último gênero.

Comumente, vários mamíferos aquáticos são confundidos pelo fato de comporem uma superfamília de mamíferos, que é composta por animais como a foca, o leão-marinho, o lobo-marinho e as morsas, por exemplo. Essa superfamília é composta pelos mamíferos penípedes.

Através de estudos sobre os penípedes, foi constatado que o lobo-marinho é um animal que tem muito mais parentesco com o leão-marinho do que com as focas, com as quais se parecem mais. Esse fato ocorre principalmente por ambos os lobos e os leões-marinhos possuírem ouvidos externos (aurículas), além de ambos animais terem a habilidade de caminhar sob as quatro patas quando estão presentes no solo.

Atualmente, oito espécies de lobos-marinhos estão presentes no globo, enquanto uma única espécie de outro gênero, chamada de lobo-marinho-do-norte, vive no Pacífico Norte.

Atualmente, os lobos-marinhos estão distribuídos no globo habitando costas geladas de várias partes do mundo, onde é possível avistá-las facilmente, como na costa do Alaska, por exemplo, assim como na Rússia, ou seja, os lobos-marinhos dividem a linha que separa a Rússia dos Estados Unidos. A Nova Zelândia também é outro País que possui muitos lobos-marinhos, onde a cultura maori se referem as mesmas como kekeno. Próxima dali, a Austrália é outro local que possui a presença de lobos-marinhos em suas águas.

Além da Rússia, Alaska, Austrália e Nova Zelândia, o lobo-marinho ainda está presente nas costas europeias de Portugual, assim como na América do Sul, estando presente em águas da Argentina e Uruguai. Em épocas de reprodução, as mesmas podem navegar para águas mais distantes, mas não as habitam por um longo tempo.

Observe abaixo as espécies de lobos-marinhos existentes:

Família: Otarridae

Subfamília: Arctocephalinae

Gênero: Arctocephalus

  • A. gazella – Lobo-marinho-antártico
  • A. townsendiLobo-marinho-de-guadalupe
  • A. philippiiLobo-marinho-de-Juan-Fernandez
  • A. galapagoensisLobo-marinho-de-Galápagos
  • A. pusillusLobo-marinho-australiano
  • A. pusillus pusillusLobo-marinho-do-Cabo
  • A. pusillus doriferusLobo-marinho-australiano
  • A. forsteriLobo-marinho-da-Nova-Zelândia
  • A. tropicalisLobo-marinho-do-peito-branco
  • A. australisLobo-marinho-sul-americano

Gênero: Callorhinus

  • C. ursinusLobo-marinho-do-Norte

Reprodução do Lobo-Marinho: Conheça Como Ocorre

Na época da reprodução, o lobo-marinho vive em enormes grupos da espécie que selecionam um terreno onde irão começar o processo de escolha de seus parceiros.

A escolha desses locais é feita através de processos criteriosos, pois o mesmo precisa ser protegido das constantes ondas que assolam as pequenas ilhas, além de que precisa ser um local que seja de fácil acesso e de fácil evasão, caso algum tipo de predador apareça.

Como esses locais são preferíveis, muitas brigas acontecerão entre os lobos-marinhos machos, que demonstram ser animais extremamente agressivos nessa época.

Filhote de Lobo-Marinho
Filhote de Lobo-Marinho

Os machos preparam o território e cerca de algumas semanas depois as fêmeas começam a aparecer, e dependendo do tamanho do território do macho-alfa, ele pode ter várias parceiras que ficarão sob seu domínio.

A congregação dos casais ocorre anualmente, que é o período estimado de gestação das fêmeas, isto é, geralmente, quando a fêmea fica sob a supervisão do macho em seu território, elas irão ao local para então darem a luz aos filhotes, e alguns dias depois as mesmas estarão prontas para o ato de reprodução novamente.

Filhotes e Período de Gestação do Lobo-Marinho

Como pôde ser observado mais acima, o lobo-marinho é um animal que se reproduz anualmente, pois esse é o período de gestação da fêmea. Assim que a mesma engravida, ela volta a sua vida normal e então nos períodos de reprodução, ela procura um território seguro para darem a luz e assim se reproduzir novamente com o macho dominante da área, retornando ao processo de vida normal novamente, até então, cerca de um ano depois, dar a luz novamente.

O lobo-marinho se reproduz anualmente assim que atinge a maturidade, e sua reprodução é baixa, pois os mesmos geralmente dão luz à apenas um filhote por vez.

Esses filhotes nascerão muito pesados e com bastante gordura, pois é através dela que se protegerão do frio e se alimentarão enquanto a mãe não trás comida aos mesmos. A fêmea, após ter seu filhote, irá procurar por alimento e voltará cerca de duas vezes por semana para alimentar seus filhotes, que apenas aprenderão a nadar corretamente e procurar por alimento quando tiverem 5 ou 6 meses de idade.

Assim que os filhotes aprendem a nadar e caçar sua própria comida, eles deixarão seus ninhos e desbravarão o mar até atingirem a maturidade sexual, onde geralmente voltam para seus ninhos. Os machos voltam e escolhem a mesma área, já que a conhece, vezes essas onde já existe um macho e as lutas ocorrerão. Por outro lado, as fêmeas sempre passam a caçar e nadar em raios que tenham seu local de nascimento como ponto principal, para a mesma voltar lá após engravidar.

Comportamento e Vida do Lobo-Marinho Adulto

Casal de Lobo-Marinho
Casal de Lobo-Marinho

Para um filhote atingir sua maturidade sexual e se tornar um adulto reprodutor, leva cerca de 3 a 4 anos, período esse em que se iniciará todo o processo de reprodução descrito acima nesse post.

Durante o período pré-reprodutivo, o lobo-marinho viverá nadando e se alimentando principalmente de peixes, mas os mesmos também são fãs de crustáceos e, apesar de serem exímios caçadores, os lobos-marinhos dividem muitos parceiros de caça, principalmente as focas.

As fêmeas após terem seus filhotes, irão levar peixes para alimentarem seus filhotes nos seus próximos 4-5 meses de vida.

Predadores e Estimativa de Vida do Lobo-Marinho

O lobo-marinho é uma das principais presas de tubarões e orcas, compondo grande parte de seu cardápio, porém, a causa de algumas espécies de lobos-marinhos estarem em extinção se dá devido ao homem, que as predam por inúmeras razões.

Muitas focas e lobos-marinhos são caçados devido a sua pele, comercializada de várias formas, principalmente na confecção de roupas e acessórios, assim como as presas do lobo-marinho, tão estimadas como as presas de um elefante.

Pescadores caçam constantemente as focas e os lobos-marinhos pelo fato de que esses dois animais são os principais predadores de peixes nas regiões em que vivem, afastando e diminuindo os peixes de tais regiões, o que desagrada muitos pescadores, que fazem questão de eliminá-los para obterem mais sucesso em suas pescas.

Veja também

Marreco Pompom: Características, Hábitat e Nome Científico

O marreco pompom (crested duck) é uma ave ornamental considerada uma variação genética do marreco …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *