Home / Animais / Reprodução do Leão, Filhotes e Tempo de Gestação

Reprodução do Leão, Filhotes e Tempo de Gestação

Em termos de reprodução, alguns animais possuem características bem distintas. O leão, por exemplo, é um felino que se comporta de maneira bem peculiar nesse sentido, e que merece ser esmiuçado por aqui. E é justamente o que vamos abordar a seguir.

Como é o Acasalamento e a Gestação dos Leões?

Em primeiro lugar, as leoas estão sempre receptivas para com os machos. E, isso acontece várias vezes durante o ano, com exceção de dois períodos bem específicos: durante a gestação e durante o aleitamento. O cio das fêmeas, inclusive, acontece de 2 e 8 dias nessas várias ocasiões que acontecem no decorrer do ano.

Quando finalmente ocorre a “química” entre um casal, o acasalamento pode acontecer, pelo menos, umas 50 vezes durante um único dia, não importa se for de dia ou de noite. Pra se ter uma ideia, no zoo britânico Brian Bertram, já chegou a ser observada uma fêmea acasalando com o seu parceiro a cada 15 minutos.

Já, em se tratando da gestação, esta pode durar de 100 a 119 dias após o término do acasalamento. Quando a ninhada finalmente nasce, ela é composta de 2 a 4 filhotes, pelo menos. Inclusive, é interessante destacar aqui que, antes do parto acontecer, a fêmea escolhe, de maneira bem cuidadosa, um lugar adequado para ter os seus filhotes. Geralmente, ela se esconde em uma cavidade rochosa, ou mesmo em uma mata muito densa. A preferência é que seja num lugar próximo a um rio, ou algo do tipo, para que ela possa sair pra caçar e voltar rápido, sem deixar muito tempo a sua cria sozinha.

Como são os Filhotes de Leões em seus Primeiros Dias?

Quando nascem, os filhotes pesam em torno de 5 kg aproximadamente, e só abrem os olhos com cerca de 10 adias após o nascimento. Ainda nas primeiras semanas de vidas, os pequenos leões estão bastante vulneráveis, e, por isso, a leoa se mantém em estado de alerta total nesse período, conseguindo, com isso, defender muito bem a sua prole. Interessante notar que, por precaução, ela muda de residência com os seus filhotes a cada 3 ou 4 dias, transportando-os, um a um, entre os seus dentes. Já como as gatas domésticas carregam os seus filhotes? Pois é. Aqui é parecido.

Uma peculiaridade é que, em algumas ocasiões, a leoa pode amamentar um filhote que não seja seu, e essa característica é bem própria dessa espécie. Isso garante que crias órfãs possam ser adotadas por outras fêmeas do grupo, conseguindo sobreviver. Por sinal, os machos são mais tolerantes com as crias, com a leoa saindo pra caçar, enquanto que eles são quem ficam cuidando dos filhotes. Porém, sem se ocupar deles, particularmente.

Filhotes de Leão
Filhotes de Leão

Quando finalmente completam 3 meses e meio de vida, os pequenos leões acompanham as fêmeas durante as caçadas. Mesmo que estejam distantes, preferencialmente, junto dos machos ou de leoas velhas ou doentes, os filhotes acabam aprendendo valiosas técnicas de caça, apenas ao observarem as leoas em ação. Já com 1 ano de vida, estão completamente prontos matarem uma presa, e quando finalmente completam 2 anos, começam a fazer as suas caçadas sozinhos.

Modo de Vida dos Leões

Hoje em dia, a maior parte dos leões que vivem em estado selvagem podem ser encontrados nas savanas africanas, e em regiões que sejam semi-desérticas. Infelizmente, ele já foi extinto em muitas áreas de florestas localizadas na Ásia e Europa. Vivendo em grupos de até 40 indivíduos (a grande maioria, fêmeas), esses grupos são liderados pelo o que chamamos de macho alfa. Lembra-se da animação O Rei Leão, da Disney? É por aí.

Como já vimos anteriormente quando falamos nos papeis dos machos e das fêmeas nos cuidados com os filhotes, os grupos desses animais possuem tarefas muito bem divididas para cada individuo. Só recapitulando: as fêmeas são responsáveis pela caça e os cuidados básicos com os filhotes, e os machos ficam com a parte da proteção do grupo como um todo.

Na maior parte do tempo, no entanto, a vida dos leões é destinada ao descanso, puro e simples. Apenas umas 5 horas diárias é que esses animais direcionam a sua atenção à caça ou atividades em grupo. No restante desse tempo, eles apenas dormem, descansam e economizam energia. A maior parte de suas atividades, inclusive, acontece ao entardecer. É bom deixar claro que esse animal tem uma excelente visão noturna, o que faz com que a caça possa acontecer tranquilamente durante a noite.

Já a comunicação entre os leões se dá através de rugidos, o que serve, entre outras coisas, para alertar os demais membros do grupo de algum perigo que se aproxima, ou simplesmente para demarcar um território ocupado. E, esse rugido não é fraco, não. Geralmente, a vocalização de um leão adulto pode ser ouvida a 9 km de distância.

Curiosidades

Em algumas ocasiões bem raras pode haver o cruzamento entre um leão e uma tigresa, o que acaba gerando uma espécie híbrida, que recebe o nome de ligre. Acontece também de ocorrer o cruzamento de um tigre com uma leoa, o que gera mais um híbrido, agora, dessa vez, de nome tigreão. Os ligres, por sinal, são animais muito raros e que só nascem em cativeiros. Em um desses, vivia o Hércules, em 2013, que foi considerado o maior felino do mundo naquele momento, medindo cerca de 3,33 metros de comprimento, e pesando aproximadamente 418,2 kg. Inclusive, o leão é o segundo maior felino do mundo (o primeiro é o imponente tigre).

Outra curiosidade bem interessante a respeito dos leões é que eles podem comer um total de 30 kg de carne numa única refeição ao longo do dia. Bem, em se tratando do tamanho e do peso de muitas de suas presas, como os bisões, por exemplo, esses felinos realmente tinham que ter um apetite voraz para não “desperdiçarem“ nenhuma parte da sua presa.

E, já que falamos que as leoas são as caçadoras do grupo, é bom deixar claro que essa tarefa não é à toa. Em distâncias pequenas, elas podem correr um total de 80 km/h. Os machos, por sua vez, são bem mais lentos, podendo chegar a 58 km/h.

Veja também

História do Guepardo e Origem do Animal

Um dos felinos mais conhecidos do mundo, conhecido especialmente por sua velocidade, é o guepardo. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *