Home / Animais / Reprodução da Ariranha: Filhotes e Período de Gestação

Reprodução da Ariranha: Filhotes e Período de Gestação

A fauna brasileira é extremamente diversificada e possui espécies animais jamais vistas em outros lugares do mundo, e isso pode acabar sendo considerado muito bom, mas também pode ser considerado muito ruim dependendo do nosso ponto de vista.

Isso porque existem animais em nosso país e em todos os outros que acabam por passar toda a vida esquecidos em meio a tantos outros animais que fazem sucesso entre os seres humanos. E é exatamente por isso que devemos estudar a nossa fauna de maneira mais aprofundada.

A ariranha é um desses animais que não possuem muita visibilidade e acabam ficando esquecidos, mas que mesmo assim possuem características extremamente interessantes que com toda a certeza valem a pena serem estudadas.

Por isso, continue lendo o artigo para saber tudo o que há de importante sobre a ariranha. Como por exemplo como funciona o ciclo de vida desse animal, como é o período de gestação dela, como são os filhotes e até mesmo se elas atacam os seres humanos ou não.

Ciclo De Vida Da Ariranha

O ciclo de vida do animal é exatamente isso que o nome diz: o ciclo de vida que um ser vivo possui desde seu nascimento até a hora de sua morte; ou seja, como a sua vida está dividida como um ciclo. Logo, vamos ver um pouco mais sobre o ciclo de vida da ariranha.

A ariranha é um animal que atinge a maturidade sexual até que cedo, sendo que ela ocorre entre 2 e 3 anos depois da data de nascimento do animal; o normal é que as fêmeas cheguem à maturidade sexual antes que os machos.

Após atingir a maturidade sexual, as ariranhas costumam deixar o seu grupo e vão procurar um parceiro para o acasalamento, dessa forma elas poderão dar continuidade à espécie e esse é um instinto natural dos animais.

Atualmente, sabe-se que em cativeiro uma ariranha pode chegar a viver até mesmo 17 anos de idade, o que significa que ela pode se reproduzir longo de sua vida e que é um animal com grande expectativa de vida.

Portanto, agora você já sabe como funciona vida da ariranha e como as etapas pelas quais ela passa são divididas.

Logo, vamos ver um pouco mais de informações sobre a gestação da ariranha especificamente.

Gestação Da Ariranha

Gestação Da Ariranha
Gestação Da Ariranha

A fase da gestação ocorre após o acasalamento do casal de ariranhas, e ela é extremamente importante para que o filhote nasça com muita saúde e possa também continuar a espécie após atingir a maturidade sexual.

Como já dissemos, a ariranha já é capaz de passar por uma gestação apenas 2 ou 3 anos depois de nascer, o que é considerado cedo para muitas espécies animais. Assim, o seu período de gestação dura pouco, cerca de 72 dias no máximo, ou seja, pouco mais de um mês.

Geralmente a fêmea da ariranha dá à luz no início de um período bem seco, e nascem entre 1 a 5 filhotes na ninhada, dependendo das condições físicas do animal e também das condições de seu habitat, por exemplo.

Logo, a ninhada da ariranha é grande e sua gestação é curta, e por isso já podemos perceber que ela é um animal que eixiste em grande quantidade em nosso planeta. Porém, é importante lembrar que isso de forma alguma deixa a ariranha imune a uma possível extinção, e por isso é tão importante combatermos a caça a esse animal.

Filhotes de Ariranha

Filhotes de Ariranha
Filhotes de Ariranha

Geralmente, em uma única ninhada nascem até mesmo 5 filhotes de ariranha e isso pode dar a impressão de que eles acabam ficando soltos na natureza porque não é possível cuidar de tantos, mas isso não é verdade.

Os filhotes de ariranha costumam ficar em seu grupo formado pela mãe e também por outros filhotes (ou seja, seus irmaõs) até atingirem a maturidade sexual, ou seja, até os 2 ou 3 anos de vida como já dissemos.

Logo, essa é uma espécie animal que possui hábitos familiares bem fortes, sendo que até mesmo o macho pode acabar ficando com a família até os filhotes irem embora. O que é muito incomum para o reino animal, já que geralmente o macho foge após a fêmea dar à luz ou até mesmo após ela engravidar.

As Ariranhas Atacam Humanos?

É extremamente comum termos medo de ataques animais, principalmente quando esses animais são desconhecidos ou nós não temos muita informação sobre eles, o que acaba gerando bastante medo.

No caso das ariranhas, muito se fala sobre atauqes desse animal a seres humanos, mas a verdade é que casos como esses são muito raros e existe apenas um de destaque no Brasil.

Isso porque apesar dos ataques serem raros, no ano de 1977 um sargento foi atacado por ariranhas e acabou morrendo. O caso ocorreu porque o sargento entrou no local das ariranhas para retirar um menino que estava lá, porém acabou recebendo diversas mordidas e morreu poucos dias depois com uma infecção que tomou todo seu corpo.

Porém, devemos lembrar que ele entrou no recinto das ariranhas e elas acabaram se sentindo ameaçadas, pois isso com certeza não teria acontecido se elas estivessem separadas dele. Nesse caso, elas não tinham para onde fugir e pensaram que a única alternativa era atacar.

Ariranha Olhando Fixamente Para a Câmera
Ariranha Olhando Fixamente Para a Câmera

Portanto, podemos concluir que as ariranhas não são animais que representam uma ameaça para o ser humano de forma alguma, já que elas até mesmo são vistas perto de embarcações como animais muito curiosos; a verdade é que o ser humano é ameaçador para a ariranha, e não o contrário.

Você já conhecia a ariranha? Sabia como esse animal era interessante e também sabia que ela é encontrada aqui mesmo no Brasil? Quem diria que um animal tão interessante estaria tão perto de nós! Por isso que dissemos ser tão comum não conhecer os animais que habitam nosso país!

Quer saber ainda mais informações de qualidade sobre a ariranha e não sabe muito bem onde encontrar textos? Sem problemas! Pois você pode ler também aqui em nosso site outros textos como: Ariranha Rio Grande do Sul, Amazonas e no Mato Grosso do Sul

Veja também

Crocodilo da Nova Guiné: Características, Nome Científico e Fotos

O crocodilo da Nova Guiné é um réptil nativo da própria ilha Nova Guiné e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *