Home / Animais / Raça De Cavalo (Pônei) Asturcón: Características, História E Fotos

Raça De Cavalo (Pônei) Asturcón: Características, História E Fotos

Durante nossa infância, costumávamos almejar coisas impossíveis, como pó de pirlimpimpim, superpoderes e saber voar. A condição que nos bastava era a de querer com muita força (ou implorar para que nossos pais nos presenteassem). Uma dessas coisas, era a possibilidade de ter um Pônei. Diferente das primeiras opções, ter um Pônei é totalmente possível, porém caro. 

Esse amigável animal equestre encanta não só crianças, mas pessoas de todas as idades. E para nossa alegria, existem diferentes raças de pôneis espalhadas pelo mundo, como os Asturcóns da Espanha. Mas qual é a história e as características deste belo espécime?

Raças de Pônei e seus Habitats

Como os cavalos, existem variadas raças de pôneis espalhadas pelo mundo. E cada uma delas com características e comportamentos diferentes, que as fazem únicas. Dentre as inúmeras raças estão:

Fjord (Noruega)

Fjord
Fjord

Welsh Pony (Escócia)

Welsh Pony
Welsh Pony

Cavalo de Dülmen (Alemanha)

Cavalo de Dülmen
Cavalo de Dülmen

Monterufolino (Itália)

Monterufolino
Monterufolino

Haflinger (Áustria)

Haflinger
Haflinger

Shetland (Escócia)

Shetland
Shetland

Cavalo de Konik (Polônia)

Cavalo de Konik
Cavalo de Konik

Bardigiano (Itália)

Bardigiano
Bardigiano

Garrano (Portugal)

Garrano
Garrano

Exmoor Poney (Inglaterra)

Exmoor Poney
Exmoor Poney

Cavalo Lavradeiro (Brasil)

Cavalo Lavradeiro
Cavalo Lavradeiro

Galês (Inglaterra)

Galês
Galês

Baixadeiro (Itália)

Baixadeiro
Baixadeiro

Falabella (Argentina)

Falabella
Falabella

Piquira (Brasil)

Piquira
Piquira

Pônei Brasileiro

Pônei Brasileiro
Pônei Brasileiro

Raça Asturcón

Dentre as raças espanholas de pôneis, podem ser mencionadas o pônei Pura Raça Galego, que ocorre na região da Galiza; o Losino, que ocorre em Castela, região histórica do país; e por fim o Asturcón.

O Pônei Asturcón (Equus caballus) ou Asturiano, é uma das raças mais antigas deste espécime equestre. É originário da região das Astúrias, localizada no norte da Espanha. Devido a isso, tem o costume de viver em nas montanhas da região de forma livre.

Antigamente, o Asturcón era um animal selvagem, sem utilidades para o ser humano. Mas com o passar do tempo, foi domesticado e passou a ser usado para transporte de pessoas e objetos. Os cidadão asturianos usavam o pônei para caça, mais adiante passaram a usá-lo para o auxílio nas escavações arqueológicas de Noega.

Tem aproximadamente de 1,20 a 1,40 m de altura. Seu corpo tem uma estrutura corporal forte, com pernas pequenas e cabeça grande. Seu temperamento é dócil, o que permite que crianças e idosos o manejem para passeios. Sua coloração é totalmente preta, porém, há registros de Asturcóns de cor castanho-escuro.

Hoje em dia essa raça está protegida pela Associação de Criadores de Pôneis da Raça Asturcón (ACPRA), pois existem somente oitocentos animais desta espécie. São utilizados para competições e exibição.

Características Gerais do Pônei

Os Pôneis, fazem parte da família de Equinos (Equidae), do gênero dos Equídeos (Equus). São parentes diretos dos cavalos, das zebras e dos burros (também chamados de asnos).

Acredita-se que esta espécie de equino seja um ancestral dos cavalos, que viviam em zonas de temperatura baixa, com escassez de comida. Com a seleção natural, cruzamentos genéticos fizeram com que surgissem os cavalos do tamanho atual. Apesar de biologicamente ser uma espécie diferente do cavalo, de acordo com a Federação Equestre Internacional, o pônei é considerado um cavalo de estatura menor. 

Morfologia

Diferente dos cavalos normais, este pequeno equino apresenta uma abundante crina (tanto na cabeça, quanto no rabo). E como sua pelagem, têm uma textura mais grossa. Por isso, são mais resistentes ao frio (como mencionado anteriormente, são originados de locais com a temperatura negativa). 

Enquanto algumas raças mantêm o tamanho proporcional, outras raças de pôneis têm características similares a síndrome do nanismo: têm as quatro pernas mais curtas e grossas, ossos pesados, dorso muito comprido e a cabeça grande (com a testa proeminente). 

Todas estas características fazem do pônei, um equino bastante resistente apesar de sua estatura: normalmente atingem no entorno de 1 a 1,5 m de altura, e quando adultos, podem chegar aos 100 kg. Como um cavalo, este animal consegue carregar objetos que chegam ao dobro do seu peso, servindo também como um animal de cargas.

Alimentação dos Pôneis

Alimentação dos Pôneis
Alimentação dos Pôneis

Pôneis se alimentam de vegetais com base em fibras, tal qual os demais equinos. Normalmente, caso sejam animais selvagens, no próprio habitat, encontram alimento em locais com bastante pastagem que contém os nutrientes necessários para sobreviverem.

Caso sejam animais de criadouro, é necessário que o responsável por sua alimentação tenha ciência da dieta adequada para que o animal tenha uma nutrição adequada. Deve-se oferecer alimentos com uma alta taxa de fibra e demais vitaminas, que lhes dão energia e desenvolvimento muscular.

Geralmente, são oferecidos a esses animais cereais, frutas, verduras e algumas ervas. Dentre elas estão:

  • Pasto ou Gramíneas específicas para equinos
  • Feno
  • Rações misturadas ao feno
  • Aveia
  • Vegetais (como cenoura e beterraba)
  • Plantas como folhas de frutos (devem ser imersas na água durante um dia antes de oferecê-las ao animal)

Caso queira criar um pônei, o custo para alimentá-los não é tão caro. Geralmente, gasta-se entre 100 a 150 reais para o cultivo do pasto e a compra de rações específicas para o pequeno equino.

Reprodução dos Pôneis

Reprodução dos Pôneis
Reprodução dos Pôneis

Pôneis chegam a maturidade sexual a partir dos  três anos de idade. No caso dos machos, deve-se atentar para a situação dos testículos: devem estar próximos ao escroto.

O processo de acasalamento e gestação é idêntico aos cavalos. A fêmea, quando no cio (que dura aproximadamente 11 dias), levanta o rabo, urina e deixa a vulva exposta para atrair o macho. Após isso, o macho a monta e ocorre a cópula.

A gestação do animal dura 11 meses. O parto de um pequeno pônei é rápido (no entorno de uma a duas horas de parto, sendo que o processo já se inicia após as primeiras contrações da fêmea). Após uma hora de seu nascimento, o animalzinho já está pronto para ficar em pé e andar, e assim, ter sua primeira mamada.

Como nascem sem arcada dentária, somente mamam na mãe. Eles desmamam após um ano, quando já estão com todos os dentes de leite podendo se alimentar de demais alimentos.

Curiosidades do Pônei

  • Como todo animal à venda, o preço dessa espécie de equíno varia em relação à raça, à cor, à idade e ao pelo. Normalmente seu preço varia entre R$ 1500 a R$7000.
  • A venda destes animais tem sido bastante lucrativa para criadores, pois os pôneis são utilizados não só para se tornarem animais de carga e reprodução, mas como o meio de ensino em escolas de equitação para crianças; uma forma de recreação para fazendas e hotéis; animais para eventos de rodeios (com provas de baliza e tambor); e um meio para atividades terapêuticas, como a equoterapia.
  • Pôneis são animais extremamente gentis.
  • Além dos humanos e como todo equino, o pônei é capaz de transpirar para regular a sua temperatura. Esta capacidade, faz com que sejam capazes de correr longas distâncias sem se cansar rapidamente.

Veja também

Camaleão Rhampholeon

Camaleão Rhampholeon: Características, Nome Científico e Fotos

Entender mais sobre os animais que habitam o nosso planeta é entender mais sobre nós …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *