Home / Animais / Raça de Cachorro Boxer: Características, Cuidados e Fotos

Raça de Cachorro Boxer: Características, Cuidados e Fotos

Os cães, em geral, são animais que já caíram há muito tempo no gosto médio das pessoas como bichinhos de estimação. E, muitas raças são especialmente ótimas para ter em casa, como é o caso do boxer.

E, é sobre ele que vamos falar a seguir.

História da Raça Boxer

Há indícios que apontam que o boxer seja uma raça originária de cães de guerra do antigo império Assírio (isso no século XXV a.C.!). Porém, de acordo com a versão oficial dos fatos, essa raça é ancestral da linhagem bullenbeisser. Esta, por sua vez, foi desenvolvida por criadores alemães entre os séculos XIX e XX.

Inclusive, a própria palavra bullenbeisser vem do alemão, sendo a junção de duas palavras (bullen -> touro e beisser -> mordedor). Só por isso, há a indicação de que essa raça era bastante usada para caçar animais de grande porte, tipo javalis e veados. E, essa habilidade não era à toa, já que suas mandíbulas eram fortes e largas o suficiente para segurar a presa por vários minutos.

Infelizmente, essa característica era bastante usada também para cães de rinha e em luta com touros, pois caçar animais de grande porte fazia parte de uma espécie de “treinamento”. O bullenbeisser era uma raça que figurava nesses tristes cenários.

Só que, com o passar dos anos, esses cães foram sendo cruzados com a raça mastiff inglês, é a partir daí que surge a tão famosa raça do boxer. Esse nome, provavelmente, vem do fato da postura do animal parecer com a de um boxeador, sendo um pouco mais magro e “elegante” do que os seus ancestrais.

Com o passar do tempo, o boxer começou a ser usado como atleta em competições caninas, como “cão de guerra” (estando presente nos duas grandes guerras do século XX), como cão de guarda, e, finalmente, como cão-guia. Registrado pela AKC em 1904, o boxer só veio a se tornou famoso nos EUA quando um cão dessa raça ganhou uma competição em Westminster, tornando-se uma estrela. Isso em 1950.

Principais Características do Boxer

A maioria dos animais dessa raça possui uma pelagem que chamamos de fulva, com uma coloração branca em suas patas, possuindo também o peito e o focinho pretos. Há boxers, no entanto, com pelagem mais tigrada, onde a predominância das cores é o caramelo e o preto. Tem até boxers albinos, totalmente brancos, mas, com manchas negras nos olhos e no nariz. Sua expectativa de vida, quando bem cuidados pode variar entre 8 e 10 anos de idade.

Já, em relação ao temperamento dele, podemos dizer que se trata de uma raça com bastante energia. Além disso, esse cão é bem corajoso e protetor, mas, ao mesmo tempo, é brincalhão e pode ser muito engraçado em algumas ocasiões. É bom ficar atento, pois o seu espíurito jovial o acompanha até a idade adulta.

Raça de Cachorro Boxer

Trata-se também de uma raça bastante inteligente, e que aprende as coisas com muita rapidez. Por querer agradar o dono o tempo todo, esse cão costuma ser bem manso, mesmo que, às vezes, pareça ser um pouco teimoso.

Apesar de inspirar certo medo devido ao seu tamanho avantajado, ele, na verdade, é um animal bem dócil. Só que enquanto ele é um excelente animal de estimação para a família que o acolhe, a coisa pode ficar um pouco mais complicada com a presença de estranhos. Por isso, é importante socializar o boxer desde muito cedo. Assim, ele também será amigável com amigos e visitas.

Por sinal, pra quem tem crianças em casa, é uma ótima opção para animal de estimação, pois eles são cuidadosos e carinhos, especialmente, as fêmeas. Frequentemente, estas adotam crianças humanas como se fossem seus filhotes.

Existem “Incômodos” ao Criar um Boxer?

As pessoas se preocupam bastante se, por exemplo, uma determinada raça de cão late muito ou não. No caso do boxer, é bom ficar atento, pois ele não costuma latir aleatoriamente. Para um cão dessa raça ficar latindo o tempo todo, quase sempre, o motivo é sério.

Outra questão quanto aos inconvenientes é que muitas raças são consideradas “destruidoras de coisas” dentro de casa. E, esta aqui, pelo menos enquanto jovem, não é muito diferente, especialmente naquela fase onde os dentes estão nascendo. Porém, essas pirraças duram bem pouco. Com o tempo, o cãozinho vai ficando mais sereno e quieto.

Cuidados Básicos com o Boxer

Como todo cão que se preze, o boxer precisa de cuidados específicos. Um bom exemplo é quanto à alimentação, que, basicamente, precisa ser saudável e balanceada. Essa dieta precisa ser adaptada à idade e ao peso do animal. É bom ficar de olho, pois alguns boxer têm propensão a ficarem obesos. Portanto, sem exageros na comida, ok?

Em se tratando de banhos e escovações, a coisa é bem tranquila, já que a pelagem do boxer é curta, não necessitando de uma escovação diária. De vez em quando, passe aquelas escovas de plástico redondas para retirar células mortas da pele. Essa raça costuma ser bastante limpa, por isso, banhos frequentes não são necessários. A depender da rotina do animal, um banho a cada 15 dias é mais do que suficiente.

Quanto às suas unhas, em caso dele não viver em um lugar onde elas sejam desgastadas, o ideal é apará-las uma vez por mês. Já com relação às orelhas, elas já são naturalmente caídas. Portanto, passe um algodão com loção especial, pelo menos, uma vez por semana.

É preciso também ter cuidado com apele, pois o boxer é conhecido por ser “verruguento”. Mesmo sendo uma característica própria dele, essas verrugas podem causar câncer de pele, futuramente. Nesse aspecto, é importante fazer o acompanhamento com o veterinário para ver se o tamanho dessas rugas está “adequado”.

Com o coração, existe uma doença que pode acometer esse animal, que é a miocardiopatia, uma doença de caráter hereditário, que pode causar arritmias constantes. Mais uma vez, é importante um acompanhamento do veterinário.

Por fim, temos a dentição, e o boxer tem muita tendência a desenvolver problemas na gengiva. O recomendável é escovar os seus dentes, pelo menos, uma vez por semana.

Veja também

História do Guepardo e Origem do Animal

Um dos felinos mais conhecidos do mundo, conhecido especialmente por sua velocidade, é o guepardo. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *