Home / Animais / Rã Pimenta: Nome Científico, Características e Fotos

Rã Pimenta: Nome Científico, Características e Fotos

Facilmente confundidas com sapos e pererecas, as rãs produzem um efeito similar aos seus familiares. Quando são vistas, a primeira reação é de susto, seguida de afastamento e nojo. Sua aparência é o primeiro motivo de todos, e também por conseguirem pular tão alto, logo pensamos que elas irão nos atacar.

Entretanto, se deixadas quietas, as rãs não apresentam muitos problemas para os seres humanos. Só temos que ter cuidado com o veneno de algumas que pode ser bem perigoso, especialmente para gatos e cachorros, ou outros animais domesticados que podem acabar atacando e mordendo esse animal.

São diversas as espécies de rãs existentes pelo mundo. O Brasil abriga muitíssimas delas devido ao seu clima e vegetação propício. Cada espécie tem características que as fazem únicas. Mas você já imaginou ver uma espécie em que seu nome refere-se a um tempero? Esse é o caso da rã pimenta. É sobre ela que iremos falar hoje, contando mais sobre seu nome científico, características e tudo isso com fotos.

As Rãs

Da família dos sapos e pererecas, as rãs estão espalhadas por todo o mundo, devido a sua facilidade de adaptação. O Brasil é um dos países em que há mais espécies espalhadas. Por nosso país ser um país bem úmido em sua maior extensão, se torna o lugar ideal para essas rãs se estabelecerem.

A estrutura da rã é quase sempre a mesma: são pequenas, menores que sapos, e possuem nas patas da frente quatro dedos, enquanto que as patas traseiras possuem cinco dedos. Em suas patas traseiras e na pélvis elas possuem certas artimanhas que os ajudam a pular e nadar de forma mais eficiente e rápida.

Sua pele, diferente da maioria dos sapos, é lisa e bem fina, e não é muito flexível. Precisam viver perto de algum lugar com água doce, como lagos, brejos e outros. Se alimentam de animais pequenos, do seu tamanho ou menores, como artrópodes e insetos. Sua língua é similar as dos sapos, bem pegajosa e flexível, que ajuda na captura do alimento.

Apesar das lendas criadas, a grande maioria das rãs não possuem produção de veneno. Apenas algumas tem essa capacidade, as outras, para se defender, utilizam de seus saltos altos e rápidos para fugir, ou às vezes fingem-se de mortas. Após a reprodução, algumas espécies passam pela fase de girino, já outras não passam por ela, estando em ovos. Esses que nascem de ovos já nascem com características da rã adulta, mas tendem a não crescer muito.

Características Físicas da Rã Pimenta

A primeira pergunta que você deve ter é afinal das contas, por que elas possuem esse nome? Esse nome foi dado porque sua pele consegue produzir substâncias para evitar predadores. Essa substância quando entra em contato com a boca, olho ou nariz causa um ardor muito forte, semelhante ao da pimenta.

Seu nome científico Leptodactylus labyrinthicus, faz referência em grego à uma característica física desse animal: seus dedos finos. Também faz referência em latim à sua coloração de seu ventre. Seu corpo é em estrutura parecido com as outras rãs, suas pernas possuem uma cor avermelhada, e são nelas os lugares mais cheios da substância que causa o ardor.

Seu ventre é branco, cheio de manchas escuras que vão formando como se fosse um labirinto desenhado. A rã pimenta possui uma enorme quantidade de espécies espalhadas e que possuem características diferentes, muitas inclusive encontradas aqui no Brasil. E é por isso que são consideradas as espécies de rãs mais criadas aqui.

São consideradas de porte grande, e os machos possuem os braços maiores que os da fêmea, mas no resto de corpo são praticamente iguais. As fêmeas possuem espinhos sexuais na região toraxica.

Habitat e Nicho Ecológico

O habitat de um animal ou planta é basicamente onde ele se encontra, seu endereço. Ele vai desde o continente, até em que floresta e tipo de esconderijo o abriga. No caso da rã pimenta, ela é encontrada em países da América Central e da América do Sul. No Brasil também estão bastante presentes no Sudeste, Sul e Centro-Oeste.

O nicho ecológico de um ser vivo é seus hobbies, tudo que ele faz durante o dia, seus hábitos e tudo mais. As pimentas são animais noturnos, ou seja, passam o dia todo escondidos e saem para se alimentar e fazer tudo mais somente quando escurece. Isso é uma forma de evitar predadores.

Cada vez mais essas rãs estão sendo criadas longe de seus habitat, pois a demanda para sua carne vem crescendo. As pessoas estão apreciando muito a carne de rã, por diversos motivos. Ela é de alto valor comercial, por isso se tornou uma das principais. O Brasil, atualmente, é o segundo país que mais cria rã no mundo, perdendo apenas para Taiwan.

Rãs Pimenta Dentro da Lagoa
Rãs Pimenta Dentro da Lagoa

A preferência pela rã pimenta é que ela é muito saudável, sendo rica em proteínas e pobre em carboidratos. Aqui as duas espécies mais criadas são a pimenta e a rã touro. A pimenta é mais rica em proteínas comparada à touro, mas essa acaba sendo mais procurada por ter um tamanho maior.

Enquanto que em países como a França, a rã pimenta é um alimento muito refinado e servido em restaurantes cinco estrelas, aqui no Brasil a situação normalmente é diferente. Pessoas com baixa renda muitas vezes não tem condições de comprar carnes de vaca, porco ou frango. Por isso, elas improvisam, e a rã pimenta é uma das melhores formas.

Esperamos que o post tenha te ajudado a entender melhor sobre essa espécie. Não esqueça de deixar seu comentário nos contando o que achou e deixar suas dúvidas também, ficaremos felizes em responde-las. Leia mais sobre rãs e outros assuntos de biologia aqui no site!

Veja também

Top 10 Raças de Cachorros Mais Cheirosos Que Existem?

Há ocasiões em que os cães amados emitem odores desagradáveis, e isso é especialmente verdadeiro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *