Home / Animais / Quanto Custa Uma Harpia? Como Ter Uma Legalizada?

Quanto Custa Uma Harpia? Como Ter Uma Legalizada?

Também conhecida como gavião-real, a harpia é uma das maiores aves do planeta e faz parte da fauna brasileira. Adepta das regiões florestais, essa ave de rapina pode ser vista na Amazônia e em algumas partes da Mata Atlântica. Além disso, ela também pode ser encontrada no sul da Bahia e ao norte do Espírito Santo.

Essa ave é uma grande predadora, pois pode atacar preguiças, macacos entre outras presas. Em alguns casos, a harpia consegue atacar animais que tem o mesmo tamanho e peso que ela. Além do nome “harpia”, ela também pode ser chamada de uiraçu, cutucurim e guiraçu.

Criação Legalizada

O único meio legal de ter um animal silvestre é conseguindo uma autorização do IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis). Contudo, no caso das aves de rapina, essa licença não é necessária. A única exigência é que a pessoa compre o animal em uma loja regularizada por esse instituto.

A licença para criadores de ave de rapina só será exigida se a pessoa quiser reproduzir essa ave para vender. Ademais, pessoas que fornecem aves de rapina para filmes, novelas e documentários também precisam desse documento.

Depois que a compra é confirmada, as lojas regularizadas emitem uma espécie de RG para qualquer tipo de animal. Esse documento possui um número próprio e garante a identificação daquela criatura. Com relação às aves, esse número de identificação fica preso em uma de suas pernas.

Se, por acaso, você encontrar algum animal silvestre, procure devolvê-lo o mais rápido o possível para o IBAMA. Assim, essa criatura será reabilitada e devolvida para a natureza. Para fazer a devolução, procure o Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS) ou o Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS) mais próximo de sua cidade.

Criar animais silvestres sem autorização do IBAMA é passível de multa. Em alguns casos, o criador ilegal pode ficar preso entre seis meses e um ano. Para conseguir uma autorização legal, é preciso seguir alguns passos que serão explicados nos próximos parágrafos.

Cadastro do IBAMA

O primeiro passo é se cadastrar no IBAMA como criador amadorista. Se a sua intenção é criar animais para venda, é necessário obedecer as regras da lei IN 169/2008. Para fazer esse cadastro, basta entrar no site do IBAMA e procurar o Sistema Nacional de Gestão da Fauna Silvestre (SisFauna).

Depois disso, você deve definir qual é a sua categoria. Por exemplo, se o objetivo é criar pássaros, escolha a categoria 20.13, que se refere ao criador de passeriformes silvestres nativos.

Depois de se cadastrar, procure uma agência do IBAMA e leve todos os documentos que foram solicitados no site do instituto. Aguarde a licença ser homologada e pague o boleto da sua licença.

Ibama
Ibama

A taxa de licença anual para criadores de aves é de R$ 144,22. Após o pagamento, o IBAMA te dará uma licença que está ligada ao animal silvestre que você pretende criar. Para criadores de pássaro, documento é o SISPASS.

Depois de se cadastrar no IBAMA e receber a licença, você está oficialmente autorizado a comprar uma harpia ou qualquer outro animal silvestre. No entanto, a pessoa deve procurar um criadouro legalizado pelo IBAMA. Além disso, um criador amadorista que tenha a licença do IBAMA também pode vender essa ave para outros criadores.

Descrição Física

O tamanho dessa ave varia entre 90 e 105 cm de comprimento, o que lhe torna a maior águia das Américas e uma das maiores do planeta. Os machos pesam entre 4 kg e 5 kg e as fêmeas pesam entre 7,5 kg e 9 kg. As asas desse animal são largas, têm formato arredondado e podem chegar até 2 m de envergadura.

Na fase adulta, o dorso da harpia se torna cinza-escuro e seu peito e abdômen adquirem uma cor branca. Em volta de seu pescoço, as penas dessa ave ficam pretas e formam uma espécie de colar. Por fim, essa ave tem a cabeça acinzentada e um penacho partido em dois.

A parte inferior das asas possui algumas listras negras e sua cauda é escura com três barras acinzentadas. Na fase adolescente, a harpia tem as penas mais claras, com uma coloração que fica entre a cinza e a branca. Para chegar à sua plumagem máxima, uma harpia precisa de 4 a 5 anos.

Local de Habitação

A harpia é uma criatura que vive em florestas cuja altitude chega aos 2000 m acima do nível do mar. Ela habita áreas muito extensas da floresta, mas também pode viver em pequenas partes isoladas, desde que tenha alimento suficiente para sobreviver.

O assobio dessa ave se assemelha a um canto forte e que pode ser ouvido à distância. Apesar de seu tamanho, a harpia é muito discreta e gosta de pousar entre a vegetação para não ser vista. É muito difícil ver um pouso dessa ave em cima da copa das árvores ou então algum “passeio” em locais abertos.

Como é uma ave de grande porte, ela se tornou um alvo para caçadores e para os povos indígenas. Nas aldeias Xingu, as harpias eram mantidas em cativeiro, pois suas penas eram retiradas para a montagem de ornamentos. Algumas tribos indígenas veem essa ave como uma representação da liberdade.

Por outro lado, existem tribos que mantêm a harpia em cativeiro por causa do cacique, que exige essa ave como propriedade pessoal. Quando o líder da tribo morre, essa ave também é morta e sepultada com seu dono. Existem casos em que a ave é enterrada viva junto com o cadáver do cacique.

Multiplicação da Espécie

A Harpia é uma ave monogâmica e, normalmente, monta o seu ninho nas partes mais altas das árvores, geralmente na primeira ramificação. Essa ave utiliza galhos e ramos secos para fazer o seu ninho. Ela põe dois ovos de casca branca, cujo peso é de 110 g e a incubação leva aproximadamente 56 dias.

Apesar dela por dois ovos, apenas uma cria consegue sair da casca. O filhote dessa ave começa a voar após quatro ou cinco meses de vida. Depois que sai do ninho, essa pequena harpia fica próxima aos seus pais e recebe comida uma vez a cada cinco dias.

O filhote de harpia fica dependente dos pais por aproximadamente um ano. Com isso, o casal é praticamente obrigado a se reproduzir a cada dois anos, pois precisa de tempo para cuidar de seus filhotes.

Veja também

Whippet

Tudo Sobre a Raça Whippet: Características e Fotos

Hoje trouxemos mais uma raça de cachorro incrível para conhecermos, vamos saber tudo sobre ele, …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.