Home / Animais / Quantas Vezes Um Filhote de Cachorro Defeca Por Dia?

Quantas Vezes Um Filhote de Cachorro Defeca Por Dia?

Assim que o filhote aprende a fazer suas necessidades fisiológicas, ele ficará mais esperto em relação a sua fisiologia olfativa, ou seja, sentirá melhor o cheiro de urina e cocô anteriores.

A grande regra é que filhotes geralmente fazem suas necessidades em algum lugar longe de onde está a comida. Não quer dizer do outro lado da casa, até porque o filhote não costuma lembrar, a princípio, se o loca escolhido para fazer suas necessidades é longe.

Mas de preferência, deixar comida e lazer em um ponto e em um ponto mais distante, o local apropriado para que ele faça xixi e cocô.

Fisiologia

O processo de digestão termina voluntariamente com o relaxamento do último esfíncter e as contrações abdominais relacionadas. No momento em que a informação chega ao cérebro, o animal, estando em condições fisiológicas normais, procurará o seu “banheiro”. O resultado final desse processo é a eliminação das fezes.

Ao procurar o banheiro, o filhote demonstrará um comportamento característico e passará a farejar para encontrar referências de um lugar que retém o cheiro, por onde ele defecou das últimas vezes. Ao encontrar uma área correspondente, ele flexionará os membros posteriores, para aumentar a contração abdominal e finalmente, relaxando o esfíncter anal, defecar.

A urina, por sua vez, resulta da filtração do sangue nos rins e permite a eliminação de vários elementos tóxicos ao organismo. A água sendo o elemento usado para a dissolução desses elementos, urinar serve também para evitar excessos de água no organismo.

Como o metabolismo corporal é continuo a produção de agentes em excesso e de elementos tóxicos ao organismo é constante. Com isso, é necessário que o animal elimine certo volume diário de urina, mesmo não ingerindo grandes quantidades de água.

Portanto, o filhote certamente irá urinar mais vezes do que irá defecar.

A necessidade de urinar é decorrente do “sinal” que o cérebro recebe avisando que a bexiga tem ficado cheia, o que leva o cão ao comportamento característico de procurar o “banheiro”.

Como para as suas fezes, o cão procurará o seu banheiro farejando com os mesmos critérios, ou seja, procura por um local limpo, absorvente, com referência olfativa, respectiva, de micções ou fezes anteriores, afastado do local onde se alimenta ou dorme.

Porém, o cão muitas vezes adota banheiros diferentes para urinar e defecar.

Evolução no Crescimento dos Filhotes

Nos quinze primeiros dias de vida, o filhote evacua ou elimina somente quando estimulado pela mãe, que lambe a sua região anogenital provocando nele os reflexos de urinar e defecar e ingerindo sistematicamente tudo.

Isso parece nojento, mas é um comportamento típico de preservação, para conservar o ninho limpo, mascarando a presença de filhotes, altamente vulneráveis, aos eventuais predadores, evitando também o acúmulo de insetos possivelmente nocivos à prole.

É a evolução de milhares de anos agindo no comportamento animal.

Cachorro Filhotes

Perto dos dezesseis dias de vida, o reflexo anogenital deixe de existir e o filhote já urina e defeca por conta própria, não sendo mais necessária a ajuda da mãe, embora ela continue a ingerir os dejetos até umas cinco semanas para a urina, e umas nove semanas para as fezes.

A partir da terceira semana de nascimento, o filhotinho passa a procurar um local afastado do seu ninho, ou seja, o local onde dorme e mama para urinar e defecar.

A partir de nove semanas, o filhote adotará uma área específica para suas eliminações, de preferência a mesma área usada pela mãe. Enfim, no período entre cinco e nove semanas, já é aconselhado iniciar o processo de educação sanitária do cãozinho, sendo menos exigente com o filhote e os seus progressos nas primeiras semanas.

Ensinar a um filhote as suas necessidades fisiológicas torna-se menos complicado quando iniciado cedinho, baseado na propriedade instintiva dos cãozinhos procurarem o banheiro. Embora evidentemente cada filhote tenha o seu ritmo próprio e exige disciplina, coerência, disponibilidade, paciência e persistência por parte dos proprietários.

Um filhote com um condicionamento adequado desde cedo aprende a fazer as suas necessidades fisiológicas no local certo entre uma semana e dez dias.

Certamente “acidentes” acontecerão ainda, mas numa frequência aceitável e com tendência a ficarem sempre mais raros.

Como Ensinar o Filhote a Fazer as Necessidades no Local Adequado

Todo animal, até adulto, é capaz de aprender a fazer suas necessidades no local adequado, mas para isso é necessário treino e muita paciência de seus donos.

Algumas regras podem ajudar:

1 – Limite o local e forre com jornal ou tapete higiênico

No caso de um filhote ou animal novo, limite o local pelo qual ele irá andar. Isso não deve ser tão difícil.

Forre todo o local com jornal ou tapete higiênico.

2 – Vá aos poucos reduzindo a quantidade de jornal ou tapete higiênico

Com o passar dos dias, a quantidade de jornal ou tapete higiênico pode ser reduzida.

3 – Não dê bronca nem esfregue o nariz do filhote no xixi ou cocô, se ele fizer errado

Tenha paciência. Esse comportamento só vai piorar se atitudes agressivas de sua parte surgirem.

Atitudes agressivas podem incentivar o filhote a fazer as necessidades escondido, achando que ‘não deve’ fazer. Aí piora a situação.

4 – Recompense sempre o bom comportamento

Sempre dê petiscos ou afago e carinho quando seu filhote acertar.

5 – Escolha um local arejado e longe da comida

Sempre opte por um local de fácil acesso, mas que também não fique tão perto assim da comida.

Algumas espécies demoram mais. Outras menos. Mas tendo paciência todas acertam.

Fonte: https://www.portaldodog.com.br/cachorros/adultos-cachorros/comportamento-canino/necessidades-fisiologicas-cachorro-o-guia-definitivo/

Veja também

Quais as Plantas que São Tóxicas aos Gatos?

Cuidados com os Animais Domésticos Quem tem pet em casa sabe que muitos cuidados e …

Um comentário

  1. Mas quantas vezes ao dia é considerado normal um filhote de 50 dias defecar? Quanto de ração ele come por refeição?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *