Home / Animais / Qual pH Ideal Para o Peixe Acará Bandeira? E a Temperatura?

Qual pH Ideal Para o Peixe Acará Bandeira? E a Temperatura?

Muitos criadores de peixes ornamentais têm no acará bandeira um dos exemplares mais bonitos para se ter em aquários. No entanto, assim como acontecem com todos os seres aquáticos, essa espécie de peixe aqui precisa estar em condições adequadas no ambiente para poder se desenvolver de maneira adequada. Vamos saber como fazer isso?

Ambiente ideal para a criação do acará bandeira (pH, temperatura, etc)

Para entendermos que tipo de ambiente essa espécie de peixe se dá melhor, precisamos, primeiro, entender em que condições ele vive em seu habitat natural. O ecossistema onde o acará bandeira pode ser encontrado é na Bacia Amazônica como um tudo, onde o pH dos rios dessa região é mais ácido.

Importante destacar, nesse caso, que se trata de um peixe que vive em climas de temperatura mais quente, porém, pode tolerar também temperaturas um pouco mais amenas, de uns 20° C mais ou menos. Ou seja, graças a isso, é um espécime que pode se adaptar facilmente à diversas regiões do país, contanto que a água de onde ele irá ficar tenha um pH mais puxado para o ácido.

Acará Bandeira em seu ambiente ideal no aquário
Acará Bandeira em seu ambiente ideal no aquário

O importante também é que a temperatura, de um modo geral, não fique abaixo dos 19° C. Nos períodos de reprodução, você pode estimular os acarás machos e fêmeas com o uso de uma estufa para deixar a temperatura média em torno de 27° C.

E, falando em reprodução, caso queira ter vários casais dessa espécie num aquário bem maior ou até mesmo num criadouro para fins comerciais, é preciso certos cuidados, pois não é fácil identificar machos e fêmeas. O mais recomendável é que, quando atingem cerca de 7 cm, alguns exemplares podem colocados em um mesmo lugar, e como se trata de um animal monogâmico, os pares que se isolarem dos demais, serão os casais formados.

Outros cuidados com essa espécie de peixe

Encontrado em lojas agropecuaristas que comercializam peixes, pássaros e outros pequenos animais, o acará bandeira pode ser encontrado nas seguintes variedades: albino, marmorato, palhaço, negro e leopardo. Já as instalações para receber esses animais podem ser simples, já que eles não possuem grandes exigências. Tanto é que essa espécie pode ser criada tanto em aquários, quanto em viveiros, e até mesmo em caixas d’água.

O local de criação precisa ser limpo com bastante frequência, especialmente em aquários e caixas d’água, que precisam ter a sujeita retirada de tempos em tempos, com a troca de água também. Caso a criação seja em tanques escavados no chão, o mais recomendável é que se faça adubação (seja química ou orgânica), além de calagem. E, claro: a água do local precisa ser de qualidade.

Acará Bandeira Platina em aquário
Acará Bandeira Platina em aquário

Ao mesmo tempo, essa espécie de peixe é bem tolerante quanto à qualidade da água e que se encontra. Uma das únicas exigências, nesse sentido, deve ser a troca constante de parte dessa água, pois estimula tanto a reprodução, quanto a desova desse peixe.

Em termos de alimentação, pelo fato de ser onívoro, o acará bandeira aceita muito bem diversos tipos de comida. O mais indicado é que a sua dieta seja bem variada, de alimentos industrializados em flocos, a congelados, como artemia e bloodworms. E, ainda tem os alimentos vivos que podem ser dados ao animal, como é o caso de daphineas e larvas de mosquito.

Dicas gerais para a reprodução desses peixes (resumo)

Independente se o objetivo final for embelezar o aquário ou simplesmente multiplicar os peixes para fins comerciais, estimular a reprodução do acará bandeira é bem simples. Uma das dicas é não [colocar apenas uma fêmea e um macho em um mesmo ambiente, mas, no mínimo, 3 exemplares de cada para que sejam formados os casais.

Os aquários, em geral, precisam ser grandes, espaçosos, com dimensões de mais ou menos 60x40x40 cm. Não pode ter neles também cascalho ou qualquer outro tipo de substrato. É recomendável, igualmente, que o acará bandeira não seja colocado ao lado de outras espécies. Já a temperatura ideal da água precisa girar em torno de 26° C, podendo facilmente variar entre 24° C e 28° C. O pH mais indicado é entre 6.8 e 7.0.

Acará Bandeira e seus filhotes
Acará Bandeira e seus filhotes

Com todas essas condições sendo devidamente respeitadas, é muito provável que em pouco tempo casais sejam formados no seu aquário e fiquem isolados do restante do grupo. Com cerca de 1 ano de vida mais ou menos, todo e qualquer acará bandeira está pronto para a reprodução, com a fêmea podendo colocar entre 100 e 600 ovos de cada vez, e que grudam nas superfícies mais lisas do ambiente. As larvas eclodem deles num prazo de até 48 horas.

Contudo, devido a alguns momentos de estresse, o acará bandeira pode devorar seus próprios ovos. Devido a isso, quem é especialista na área recomenda que se insira canos de PVC cortados ao meio dentro do aquário. Assim, os ovos grudam neles, e o criador pode colocá-los em outros aquários, bem longe dos pais.

Cuidados com o aquário em si

Entre a montagem do aquário e o povoamento de peixes nele, recomenda-se um intervalo de pelo menos uns 20 dias, pois é tempo suficiente para que bactérias nitrificantes possam se estabilizar, sem prejudicar os acarás bandeiras que viverão nesse espaço. Isso porque essas bactérias irão degradar a matéria orgânica do local em nitrato, um nutriente básico para plantas aquáticas.

Ao mesmo tempo, é importante monitorar o pH da água, e quando necessário, realizar correções com produtos vendidos em lojas especializadas. Já as trocas parciais de água (que devem ser em torno de uns 25% do total) precisam ser feitas sempre tendo a presença de amônia e nitrito.

Acará Bandeira Listrado no aquário ideal
Acará Bandeira Listrado no aquário ideal

A densidade populacional mais adequada para essa espécie de peixe é que seja 1 cm de acará bandeira para cada 2 litros de água. Mais do que isso pode fazer com que agere competição entre eles no espaço. Necessário também evitar sobras de comida no aquário, pois podem ser prejudiciais em relação à contaminação do ambiente. A alimentação do acará bandeira precisa ser feita entre 2 e 3 vezes ao doa, não mais do que isso.

E, para evitar doenças, a melhor prevenção é seguir os parâmetros colocados aqui neste texto. Assim, você terá acarás bandeiras bastante saudáveis.

Veja também

Lagarto Chicote- de- Garganta- Alaranjada: Características e Fotos

O lagarto chicote de garganta alaranjada (nome científico Aspidoscelis hyperythrus) é uma espécie nativa do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *