Home / Animais / Qual o Peso Ideal de um Bull Terrier Adulto e Filhote?

Qual o Peso Ideal de um Bull Terrier Adulto e Filhote?

Atualmente, o Bull Terrier é uma raça de cachorro que tem como característica ser um tipo de companheiro divertido de brincadeiras. Por se mostrar um animal diferenciado, muitas pessoas se perguntam qual seu peso ideal quando adulto e filhote?

Este cão tem a cabeça em formato de ovo. Ele foi, no passado, usado na África como policial e também como um cachorro de caça, sendo resistente a climas tropicais.

Se você deseja mesmo saber mais sobre esse pet, pois vai adquirir um ou para cuidar melhor do que já tem, leia o artigo até o final.

O Crescimento das Fêmeas de Bull Terrier

Segundo o seu tamanho, o peso de uma fêmea de Bull Terrier, aos 3 meses, deve estar entre 8 e 14,3 kg. Aos 6 meses, ela pesa, em média, entre 14,7 kg se for de porte pequeno e 26,7 kg se for de porte grande.

Já ao 1 ano de idade, o peso pode alcançar até 37,8 kg. Um exemplar do sexo feminino pequeno termina de crescer quando chega aos 16 meses, e grande, aos 19 meses.

Crescimento do Macho Bull Terrier

Já o macho, segundo seu tamanho, tem o peso, aos 3 meses, ficando entre 8 até 14,3 kg. Quando chega aos 6 meses, o cão de porte pequeno pesa mais ou menos 14,7 kg e o de porte grande 26,7 kg.

Com 1 ano de idade, o macho alcança 37,8 kg. Ele termina de crescer com a mesma idade que sua companheira de raça fêmea.

Assim sendo, o peso, tanto da fêmea adulta, quanto o do macho de Bull Terrier varia de 20 a 40 kg.

Origem da Raça

Desde os tempos da Idade Média, o ancestral dessa raça era usado ​​em brigas de cães contra alguns touros. Lá pelo século XIX, tornou-se moda para os animais brigarem entre si, bem como contra todos os tipos de animais selvagens ou domésticos, como:

  • Ursos;
  • Texugos;
  • Burros;
  • Macacos;
  • Cavalos;
  • Leões.

Os cachorros que eram utilizados ​​nessas lutas eram descendentes dos cruzamentos dos Bulldogs e Terriers diferentes. Em 1835, esse tipo de combate foi proibido, apesar de permanecer ilegal. Naqueles anos, já estava começando a ser diferenciado o que, no ano de 1860, já seria a raça Bull Terrier.

Comportamento do Cão

O Bull é disciplinado, embora às vezes possa ser desobediente e teimoso. É agradável, doce e silencioso. Ele tem um forte instinto territorial e desempenha um ótimo papel de cachorro de guarda. Ele é considerado um pet equilibrado e amante de crianças.

Aparência do Bull Terrier

Esse animal é um cachorro musculoso, forte e bem proporcional. É caracterizada por ter uma cabeça longa, fina e oval. Possui orelhas finas, pequenas e eretas. A cauda é um pouco curta e seu pelo é curto, áspero, liso e brilhante. Pode ser manchado, branco ou listrado (preto, vermelho, castanho ou tricolor).

Cuidados Específicos

É conveniente educá-lo ainda de filhote, bem como ser firme contra qualquer sinal de agressão. Isso é o que faz alcançar um ótimo comportamento futuro.
Bull Terrier se mostra um animal que não exige exercícios excessivos, mas passear diariamente auxilia a mantê-lo feliz.

Saúde do Pet

O Bull goza de boa saúde, mas a surdez pode ser o tipo de problema mais comum que afeta tal raça, especialmente em espécimes brancos. Este cão também é afetado por hérnias, cauda anormal, acrodermatite ou acne.

Temperamento dos Bulls Terriers

Esta é uma raça que possui vigor, é muito ativa e extremamente fiel aos seus entes queridos. A propósito, esse é o típico animal que exigirá disciplina e muita atenção dos seus tutores. Salte, corra e brinque com ele como nunca.

Embora ele tenha uma aparência séria, se comporta de forma adorável e admirável. Isso reflete no quão carinhoso é seu coração. Ele é mesmo um amigo para todas as horas.

Como todas as raças enérgicas, é preciso cuidar de determinados aspectos comportamentais, tal como timidez ou agressão excessiva. Trata-se corrigir quando observar a ação ou quando for treinar o animal. É o que evitará os contratempos próprios de sua natureza. Se os tutores ajudarem com isso, o Bull Terrier se desenvolverá sem problemas.

A Raça com Estranhos, Animais e Crianças

Este animal pode ser considerado bem sociável, mas algumas questões devem ser levadas em consideração. Por conta de seu comportamento e tipo físico, é recomendável que, quando estiver na presença de crianças, o tutor fique de olho na interação.

Em companhia de vários outros animais, deve-se manter a atenção redobrada. Se possível, ele deve ser incentivado desde pequeno a viver em sociedade.

Os Latidos

O Bull Terrier não é do tipo que late sem um motivo aparente. Por causa do comportamento tímido, às vezes, ele acaba sendo mais observador. Caso o pet lata, é por causa de situação que o alertou. Do contrário, será discreto nas suas manifestações.

Cuidado com a Agitação

Bull Terrier na Grama
Bull Terrier na Grama

O Bull pode ser realmente travesso, mas não é um terror. Igualmente, como todo cachorro, ele precisa aprender o controle de seus impulsos. É preciso ter espaço para que o animal cresça e também se desenvolva. Caso o local seja mais restrito, nada melhor do que orientá-lo sobre onde ele pode brincar, onde pode fazer suas necessidades, etc.

Tudo vai depender de como será adestrado quando filhote e também de como é a personalidade do cão. Ele pode ser muito ativo ou muito tímido. Portanto, a solução é tentar manter o equilíbrio. Isso só se consegue com carinho e disciplina, à medida que se desenvolve na vida cotidiana.

Nível de Exercício do Cão

Este pet tem muito fôlego! Em média, ele deve ter exercícios diários por mais ou menos uma hora. Semanalmente, é ideal caminhar 13 km, isso dá cerca de 2 km por dia. Assim, pode-se dizer que seu nível de exercício é alto.

Os Filhotes de Bull

Desde o nascimento, este filhote é um cão musculoso e forte, portanto, a educação precoce é de grande importância. Isso também deve ser combinado com os cuidados necessários para que o animal permaneça saudável.

Nas primeiras semanas, o filhote de Bull Terrier precisa de muita comida, carinho, conforto e sono. Não se deve separá-lo de sua família canina, dessa forma, ele sentirá o apego e terá suas primeiras lições de coexistência.

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *