Home / Animais / Qual é a Maior Raça de Pinguins? E a Menor?

Qual é a Maior Raça de Pinguins? E a Menor?

Os pinguins possuem uma relação de muita proximidade em relação aos seres-humanos, muito pela sua capacidade de demonstrar amor e externar o seu afeto, algo que os torna quase irresistíveis. Partindo dessa boa relação, muitos estudos são desenvolvidos para conhecer melhor esse animal marinho que tanta apaixona o homem. Aves oceânicas do Hemisfério Sul, os pinguins vivem sob temperaturas que variam dos 7 graus Celsius aos 25 graus Celsius, chegando a pesar 37 quilos e a medir 1,2 metros de altura. Porém, se você ainda não sabe, existem diversas espécies de pinguins, mais precisamente algo em torno de 17 ou 18 tipos – o número exato gera discussões entre os especialistas até hoje.

Ademais, os pinguins apresentam em seu corpo estruturas especializadas para a natação, o que os torna ótimos caçadores de pequenos peixes e outros animais marinhos. Além disso, a sua movimentação se dá através da propulsão gerada pelas asas, que empurram os pinguins para frente no mar. Ainda na água, os pinguins são capazes de permanecer submersos durante vários minutos initerruptamente, além de atingirem velocidades muito elevadas quando se propõem a nadar.

Outra informação interessante é que os pinguins podem sobreviver em temperaturas de até 25 graus Celsius, ao contrário do que se possa imaginar, podendo até mesmo morrer por hipotermia se os termômetros estiverem marcando temperaturas negativas – algumas espécies suportam até 40 graus negativos, mas outras não.

Assim, em meio a tantas possibilidades, espécies e tamanha diversidade biológica no universo dos pinguins, é natural que venha a curiosidade. Afinal, qual é o maior pinguim do mundo? E o menor? Onde eles vivem, qual a média de altura, o que comem? Todos os questionamentos serão devidamente respondidos a seguir.

Abaixo, descubra qual é o maior e o menor pinguim do mundo, além das características de cada um deles e o local onde habitam.

O Maior Pinguim do Mundo

A espécie que ocupa a posição de maior pinguim do mundo é a de Pinguim-Imperador, que, como o nome já diz, possui preponderância sobre outras espécies de pinguins e sobre muitos dos animais marinhos que compõem a vida animal da Antártida. O Pinguim-Imperador, de nome cinetífico Aptenodytes forsteri, chegam a medir até 1,22 metros de altura e a pesar até 37 quilos, o que os torna também a espécie de pinguins mais pesada do planeta.

Por ser tão resistente devido ao tamanho diferenciado, o Pinguim-Imperador consegue até mesmo sobreviver ao agressivo inverno da Antártida, algo que outros animais são absolutamente incapazes – as fêmeas não conseguem suportar as temperaturas tão baixas, mas os machos se mantém no Polo Sul mesmo com tamanho frio.

O Maior Pinguim do Mundo

Em termos de morfologia, o Pingim-Imperador se caracteriza por uma plumagem bastante colorida, sendo cinza-azulado na região das costas, branco na área do abdômen e preto na cabeça e nas barbatanas. A espécie também apresenta uma faixa alaranjada ao redor dos ouvidos, algo que chama bastante a atenção e é um dos principais motivos pelos quais essa espécie de pinguim é tão famosa, chegando até mesmo a aparecer em filmes de Hollywood. Sim, pois nos populares filmes “A Marcha dos Pinguins” e “Happy Feet” os protagonistas são da espécie Pinguim-Imperador.

Sobre a alimentação, o Pinguim-Imperador consome krills, peixes pequenos e lulas, tal como muitos outros pinguins estruturam a sua dieta básica. Porém, a diferença para outros tipos de pinguins é que os imperadores pescam em profundidades muito grandes, chegando até os 250 metros abaixo do nível do mar para buscar alimentos. Já em relação à reprodução, há um detalhe característico da espécie: quem cuida do ovo materno é o macho, enquanto a fêmea passa o inverno em áreas mais quentes da região.

Os Pinguins já Foram Maiores

Em agosto de 2014, cientistas argentinos descobriram um fato muito relevante a respeito dos pinguins: eles já foram muito maiores do que são hoje. A partir de fósseis encontrados sob o gelo da Antártida, foi possível constatar que, 40 milhões de anos atrás, existiram espécies de pinguins que passavam dos 100 quilos.

Sim, esses pinguins pesavam mais que muitos humanos, e habitavam a Antártida quando a região era mais quente do que é atualmente. A temperatura um pouco mais elevada, aliada à abundância de alimentos, fez com que o desenvolvimento evolutivo da espécie pudesse ser mais fácil, auxiliando para que essa espécie de pinguim ficasse tão grande.

As estimativas são de que o fóssil encontrado pertencesse a um pinguim de aproximadamente 2 metros de altura, o que o torna o maior pinguim de que já se teve notícia na história. É verdade que, devido à forma como os pinguins se curvam ao ficarem de pé, estatura real seria um pouco menor que isso. Ainda assim, é extremamente curioso analisar que um pinguim pudesse ter a altura e o peso de um homem adulto.

O Menor Pinguim do Mundo

O Pinguim-Azul é a menor espécie de pinguim já vista no planeta Terra. Esses pinguins medem cerca de 30 centímetros de altura e pesam no máximo 1,5 quilos, o que os torna tão pequenos ao ponto de praticamente caberem na palma da mão. A espécie pode ser encontrada na Oceania, mais precisamente em países como Nova Zelândia e Austrália, duas das áreas mais queridas pelos pinguins fora do Polo Sul.

Em seu habitat natural, a expectativa de vida do Pinguim-Azul gira em torno dos 7 anos, até mesmo pela dificuldade de lutar por alimento contra espécies maiores e mais fortes. Uma característica destacável do Pinguim-Azul são os pés rosados, que contrastam com o dorso azul na parte da cabeça.

Uma Ajudinha para os Menores Pinguins do Mundo

Moradores da Nona Zelândia resolveram dar uma pequena ajuda ao Pinguim-Azul, a menor espécie de pinguins do mundo. Para facilitar o caminho que esses pinguins fazem do mar para os ninhos diariamente, moradores da cidade de Oamaru trataram de construir um túnel exclusivo para eles.

A ideia se deve ao fato de a praia preferida desses pinguins ser alvo de frequente turismo, o que acaba por prejudicar o pleno desenvolvimento da espécie e pode até mesmo causar estresse para os animais. Assim, com o túnel exclusivo será possível evitar possíveis mortes por atropelamento e também que os turistas assustem os pinguins.

Veja também

Lagartixa Doméstica Tropical: Características, Habitat e Fotos

A lagartixa doméstica tropical, que possui o nome científico Hemidactylus mabouia, é pertencente à classe …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *