Home / Animais / Qual Animal Vive Mais Tempo? Qual a Maior Longevidade?

Qual Animal Vive Mais Tempo? Qual a Maior Longevidade?

As pessoas vivem cada vez mais em todo o mundo, esse é um ponto indiscutível. Assim, cada vez mais são criadas atividades para idosos e, também cada vez mais, os aspectos da vida vão se voltando para aquelas pessoas mais idosas, que costumam ter necessidades especiais e muito diferentes daquelas das pessoas mais jovens.

De qualquer forma, o certo é que o mundo está envelhecendo e, segundo especialistas, será bastante natural que as pessoas vivam por mais de 100 anos de agora em diante, já que a expectativa de vida não deve parar de crescer em todos os locais do mundo, mesmo naqueles mais miseráveis e afetados por problemas sociais. Assim, com tamanha longevidade, as pessoas podem até pensar que o ser-humano é o animal que mais vive em todo o planeta Terra. Entretanto, o ser-humano está bastante distante do topo dessa lista.

Há muitos outros animais, portanto, que vivem muito mais que as pessoas e que chegam a viver até muito mais que o ser-humano mais velho a já existir no mundo. Assim, é possível citar mais de 10 espécies de animais que vivem mais que as pessoas, com alguns desses chegando a viver por volta de meio milênio, algo simplesmente inimaginável para as pessoas atualmente.

Contudo, já alguns outros animais tidos como longevos pelo senso popular não chegam a viver tanto quanto se imagina, como é o caso do elefante. Com expectativa de vida de 69 anos quando criado em cativeiro, o elefante mais velho do mundo já catalogado morreu aos 86 anos, algo não muito distante da expectativa de vida o Brasil, por exemplo, que está por volta dos 72 anos. Outro animal que vive bastante, mas não tanto quanto se imagina, é o papagaio, que pode chegar até aos 80 anos quando em situação positiva de modo de vida.

Veja abaixo algumas das espécies que mais vivem em todo o mundo, deixando o ser humano para trás no quesito longevidade.

Quahog do Oceano

Quahog do Oceano
Quahog do Oceano

O quahog do oceano é um molusco que, segundo pesquisa científica, viveu cerca de 507 anos. O animal foi encontrado e coletado para análise em 2006, mas não se sabe ao certo quanto mais poderia ter sobrevivido se fosse deixado em ambiente natural, sem ser tocado.

Assim, em uma conta simples, o molusco específico nasceu em 1499, quando o Brasil ainda nem havia sido descoberto por Portugal e o continente americano havia acabado de ser descoberto pela Espanha. Assim, os moluscos em geral costumam ser animais que vivem por longos anos e até mesmo séculos, como foi o caso do quahog.

Tubarão-da-Groelândia

Tubarão-da-Groelândia
Tubarão-da-Groelândia

O tubarão-da-groelândia possui expectativa de vida tão alta que, segundo relatos de uma universidade dinamarquesa, esse tubarão só atinge a maturidade sexual aos 150 anos, quando passa a poder transferir o seu código genético adiante. Assim, o tubarão-da-groelândia vive por cerca de 400 anos, algo também inimaginável para qualquer pessoa de qualquer parte do planeta.

A espécie, porém, é bastante rara e não consegue ser facilmente encontrada. Na maioria das vezes que foi visto, o animal pôde ser encontrado apenas com a ajuda de especialistas.

Baleia-da-Groelândia

Baleia-da-Groelândia
Baleia-da-Groelândia

A Groelândia é mesmo um local muito propício para o envelhecimento alongado, já que, além do tubarão, há também a baleia-da-groelândia como representante local no clube dos animais mais longevos de todo o planeta Terra. A baleia-da-groelândia pode chegar a 210 anos de vida quando criada em condições favoráveis, vivendo nas águas geladas do Hemisfério Norte.

A baleia-da-groelândia não é um animal facilmente encontrado, já que até mesmo os pesquisadores têm dificuldade para entrar em contato com a baleia, que possui porte grande e pode ser agressiva quando se sente ameaçada por algum inimigo em potencial.

Ouriço-do-Mar-Vermelho

Ouriço-do-Mar-Vermelho
Ouriço-do-Mar-Vermelho

O ouriço-do-mar-vermelho é mais um animal marinho que viver muito mais que as pessoas, chegando a atingir os 200 anos de vida. A alimentação desse animal envolve algas e sementes, e seus espinhos são grandes e pontiagudos, o que mantém todos os possíveis predadores muito distantes.

O ouriço é completamente vermelho, o que deveria chamar atenção dos outros animais e fazê-lo ter vida mais curta, mas os espinhos são os diferenciais para que esse ouriço consiga se manter vivo.

A espécie também não é facilmente vista no mar, podendo ser encontrada em algumas partes do Oceano Pacífico.

Tartaruga-Gigante-de-Galápagos

Tartaruga-Gigante-de-Galápagos
Tartaruga-Gigante-de-Galápagos

A tartaruga-gigante-de-galápagos é um animal que pode viver até os 175 anos, sendo conhecida em grande parte do mundo pelo seu porte elevado. A tartaruga pode chegar a pesar cerca de 400 quilos quando em fase adulta e bem alimentada, tendo mais ou menos 2 metros de comprimento.

Quando foi descoberta, a estimativa era de que existiam cerca de 250 mil exemplares da espécie, mas atualmente há apenas cerca de 3 mil indivíduos que podem ser chamados de tartaruga-gigante-de-galápagos.

Assim, a espécie é monitorada de perto por órgãos internacionais de controle atualmente, que são capazes de manter o animal em estado de conservação tido como razoável.

Baleia-Azul

Baleia-Azul
Baleia-Azul

A baleia-azul é um dos animais de maior porte físico do mundo atualmente, podendo pesar incríveis 180 toneladas e chegar a 30 metros de comprimento quando em fase adulta. Para se ter uma ideia, 30 metros equivalem a pouco menos que um terço de um gramado de futebol profissional, o que mostra muito bem como a baleia é gigantesca.

Ademais, a baleia-azul é capaz de viver por até 110 anos, já que não possui predadores naturais além do homem. O animal não costuma ser agressivo, embora o seu tamanho o transforme em um perigo constante para navegantes.

Peixe-Relógio

Peixe-Relógio
Peixe-Relógio

O peixe-relógio, por mais que o nome possa confundir, não sabe indicar as horas. O animal é bastante popular em todo o Hemisfério Norte, já que existe nas costas da Ásia, América do Norte, Oceania e Europa.

O seu habitat natural é em oceanos profundos e largos, existindo nos mares abertos e, em raros momentos, se aproximando mais da costa. Contudo, como a pesca profissional é realizada em mar aberto, esses animais são constantemente pegos para comercialização.

O peixe-relógio vive por cerca de 100 anos, algo que muitas pessoas já conseguiram, até mesmo no Brasil. O peixe não é muito grande, mas é conhecido pela sua agilidade e facilidade de procriação.

Veja também

Aoudad

Tudo Sobre o Aoudad: Características, Nome Científico e Fotos

Hoje trouxemos mais um animal super interessante para conhecermos, só quem é apaixonado pelo mundo …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.