Home / Animais / Qual a Quantidade de Seres Vivos no Planeta? Quantas Espécies?

Qual a Quantidade de Seres Vivos no Planeta? Quantas Espécies?

O ser-humano não é o único ser vivo no planeta Terra e disso todos já sabem. Só de abrir os olhos pela manhã e colocar o pé para fora de casa, é bem provável que você já tenha visto outras centenas de seres vivos, ainda que não tenha notado a presença deles ali.

Assim, existem milhões de seres muito importantes para o funcionamento da vida no planeta, mesmo que nós sequer percebamos isso diariamente. De acordo com algumas pesquisas científicas, por exemplo, as pessoas representam apenas cerca de 0,01% de toda a vida presente na Terra, um dado que ilustra muito bem como o ambiente não depende do homem para seguir sobrevivendo e pode suportar muito bem a ausência das pessoas.

Ademais, ainda que as pessoas representem uma porcentagem tão baixa da quantidade total de seres vivos que habitam a Terra, mesmo assim é do ser-humano o principal papel de destruição dos componentes presentes no planeta.  Isso faz com que, mesmo em menor quantidade se comparado a outros animais e a outras espécies, o homem ainda assim é capaz de consumir muito mais recursos e em um espaço de tempo muito menor, tornando quase insustentável a vida humana quando comparada ao modo de vidada maioria dos outros animais.

Qual a Quantidade de Seres Vivos no Planeta Terra?

Dessa forma, calcula-se que o planeta Terra tenha cerca de 8,7 milhões de seres vivos diferentes convivendo entre si. Porém, o número não pode ser tido como absolutamente preciso, uma vez que é impossível saber se todos os animais terrestres já foram catalogados.

De tempos em tempos, por exemplo, acontece a descoberta de novos animais ou de novas espécies animais, ainda que os centros de pesquisas sejam muito dedicados e qualificados para encontrar novas espécies de seres vivos habitando o planeta. Logo, é provável que esse número seja ainda maior.

Desses 8,7 milhões de seres vivos que se supõe existir, por exemplo, apenas 1,2 milhão já foram catalogados em algum momento. Isso quer dizer que 7 milhões de seres vivos considerados para o cálculo sequer já foram catalogados alguma vez por algum cientista, o que torna o número ainda mais impreciso. Em termos de percentual, portanto, 86% dos animais que vivem na parte terrestre do planeta são completamente desconhecidos por nós.

Esse número abre uma grande possibilidade para o futuro, dado que esses seres vivos não encontrados podem realizar coisas e oferecer substâncias que o homem ainda desconhece.

Já em relação aos animais marinhos, a porcentagem de desconhecidos aumenta para cerca de 89%, um número até bastante considerável, levando em conta que o mar oferece poucos acessos ao homem e dificulta muito a observação por parte dos seres-humanos.

Assim, é mais provável que o número de animais terrestres desconhecidos diminua, a partir de agora, em uma velocidade muito maior que o de animais marinhos. Muitos desses animais marinhos, por exemplo, se encontram em fossas marítimas, onde sequer chega luz e a pressão é insuportável até mesmo para alguns equipamentos e maquinários. Logo, realizar mergulhos nesses locais sequer é uma opção viável.

Veja abaixo mais informações sobre o número de seres vivos no planeta, além do número de espécies de que se tem notícia e quais são os prognósticos para futuras descobertas no futuro.

Quantas Espécies Habitam o Planeta Terra?

Umas das Milhares de Espécies Animais do Planeta Terra
Umas das Milhares de Espécies Animais do Planeta Terra

O número de espécies é ainda mais obscuro que o número de seres vivos, já que pressupõe ainda mais suposições e torna o cálculo ainda menos definitivo em relação ao número bruto de seres vivos. Vale ressaltar que esses dados foram publicados pelo Censo da Vida Marinha, na revista Plos Biology.

Os números guardam algumas considerações e especulações, não sendo 100% precisos, mas são totalmente baseados em pesquisas científicas elaboradas metodicamente nas principais universidades do mundo – a pesquisa reúne dados de diversos centros, tendo cruzado as informações para obter os números mais próximos da realidade possíveis.

Assim, a estimativa do Censo é de que existam cerca de 1,3 milhão de espécies no mundo, podendo esse número ser um pouco maior ou um pouco menor na realidade. A margem ainda é grande, mas já é um grande avanço em relação aos números anteriormente divulgados na última pesquisa, que apontavam uma margem enorme e, na prática, diziam muito pouco a respeito da realidade.

Acontece também que muitas espécies podem desaparecer antes mesmo de serem conhecidas pelos pesquisadores, algo que torna a pesquisa ainda mais complicada e menos precisa. É importante dizer, também, que, em termos biológicos, a pesquisa só leva em conta os seres eucariontes – seres que possuem núcleo individualizado nas suas células. Esses são os seres mais complexos do planeta e englobam, por exemplo, os mamíferos e os animais que mais conhecemos.

Dessa forma, a pesquisa não levou em conta os seres procariontes (sem o núcleo celular individualizado), deixando de fora as bactérias e cianobactérias. Já os vírus, que sequer possuem células e dividem a comunidade da biologia a respeito do questionamento se são ou não seres vivos, também não foram considerados para o levantamento.

Qual Ser Vivo é o Mais Numeroso no Planeta?

As pessoas têm a tendência de acreditar que os seres-humanos são os animais que dominam o planeta Terra, mas nós já vimos que não é bem assim. Na prática, o ser-humano não chega sequer a 1% de toda a vida na Terra e está muito longe de ser o ser vivo mais numeroso.

Assim, o ser vivo mais numeroso do planeta é o colêmbolo, que possui estatura inferior à cabeça de um alfinete. Calcula-se que, em cada quadrado do planeta, haja cerca de 10 mil desses animais, embora essa concentração possa chegar a 200 mil.

Foto do Pequenino Colêmbolo
Foto do Pequenino Colêmbolo

As Formigas Estão Entre os Animais Mais Numerosos do Planeta?

Muitas pessoas veem as formigas e acham que é impossível que elas não estejam entre os animais mais numerosos da Terra. O pensamento é bastante coerente, já que as formigas realmente se apresentam em diversos lugares e em diversos tamanhos.

Calcula-se que as formigam possam somar até 1 septilhão em todo o planeta, um número absurdo se comparado aos seres-humanos, que somam pouco mais de 7 bilhões pelo mundo. As formigas até perdem para os colêmbolos, mas por pouco.

Veja também

Sagui-de-Bigode: Características, Nome Científico, Habitat e Fotos

O Sagui-de-bigode (Saguinus myxtax), conhecido também como sagui-da-boca-branca, é uma espécie de macaco do novo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *