Home / Animais / Qual a Diferença Entre Arara e Papagaio?

Qual a Diferença Entre Arara e Papagaio?

Alguns animais se parecem tanto que, por vezes, podemos confundir quem é quem. Um bom exemplo disso são as araras e os papagaios, que, mesmo parecidos, possuem muitas diferenças, algumas bem nítidas, e outras, nem tanto.

Vamos saber, afinal, quais são essas diferenças?

Mesmo Diferentes, Arara e Papagaio Pertencem à Mesma Família

Mesmo com diferenças em vários níveis, esses animais estão enquadrados numa mesma família (a dos psitacídeos). As aves que pertencem a este seleto grupo de animais são bastante inteligentes, possuindo um cérebro mais bem desenvolvido do que qualquer outro pássaro. Inclusive, o papagaio é considerado um dos animais mais inteligentes da natureza, na mesma categoria dos golfinhos, por exemplo.

A visão delas também é muito apurada, os bicos são altos e curvados, possuindo a planta do pé bem curta, mas articulável, o que faz com que sustentem bem o corpo e possam manipular os alimentos da melhor forma possível, além de usar essa ferramenta para escalar árvores e galhos.

Na questão da alimentação, araras e papagaios possuem uma excelente musculatura em suas mandíbulas, além de terem uma língua bastante desenvolvida em termos de papilas gustativas.
E, isso tudo sem contar que quando essas aves são criadas em casa, elas se tornam muito mansas, sendo ótimos animais de estimação. Conseguem, inclusive, imitar vários sons, até mesmo palavras da língua humana.

Mas, Afinal Qual a Diferença Entre Araras e Papagaios?

É verdade que araras e papagaios compartilham de características bem peculiares, mas também é certo que possuem muitas diferenças. Uma delas é que as araras conseguem emitir ruídos muito altos, mais parecidos com berros e gritos. Já, os papagaios só conseguem reproduzir o que ouvem, e em tom bem mais baixo, e, graças a isso, conseguem “falar” como um ser humano.

Outra questão que distingue esses animais é com relação à sociabilidade. Os papagaios são bem afeiçoados aos donos, ou a qualquer pessoa que frequente aquele ambiente onde vivem. Inclusive, eles adoram viver em bandos, em especial, após o período reprodutivo. As araras, no entanto, são bem menos sociáveis, o que faz com que cheguem a ser um pouco agressivas com pessoas estranhas a elas.

Já em termos físicos, as araras são, normalmente, maiores do que os papagaios, e também mais coloridas. Elas podem chegar a 80 cm de comprimento, e a pesar 1,5 kg, enquanto que os papagaios podem chegar a 30 cm, e a pesar 300 g. A cauda das araras é longa e fina, terminando em “V”, ao passo que a dos papagaios é bem mais curta e quadrada.

Nas araras, o bico é mais grosso e forte do que a dos papagaios, o que facilita na hora da alimentação, visto que essa ave possui uma musculatura mandibular bem desenvolvida.

Mais Algumas Diferenças Entras as Araras e os Papagaios

Arara Vermelha
Arara Vermelha

Existem mais alguns detalhes que diferenciam essas aves, e, entre elas, estão os seus dedos. As araras, por exemplo, possuem dois dedos para frente, e mais dois para trás, o que faz com que se agarrem com mais facilidade nos troncos das árvores. Já, os papagaios, ao contrário, possuem dois dedos para frente, e apenas um para trás.

Há também a questão da expectativa de vida. As araras, em geral, podem viver, em boas condições de criação, e em habitats perfeitamente tranquilos, até os 60 anos de idade. Já, os papagaios conseguem viver um pouco mais, em torno dos 70, ou mesmo 80 anos de idade.

Outra diferença fundamental entre essas aves é quanto ao perigo de extinção, principalmente devido à caça predatória. Segundo a BirdLife Internacional, que é uma organização ambiental cujos objetivos são a conservação e proteção da biodiversidade de aves e seus habitats, mesmo com a caça para fins de comércio ilegal, os papagaios não estão ameaçados de extinção.

Já, com relação às araras, a situação é diferente, e muitas espécie perigam desaparecerem por completo. Uma, em especial, é a ararinha-azul, que quase foi extinta em nosso território nacional. Ano passado, no entanto, alguns exemplares foram importados de países como a Alemanha a fim de repovoar algumas regiões do Brasil.

Uma Exceção à Regra: a Arara-Maracanã-Verdadeira

Existe uma espécie de arara, contudo, que se assemelha muito aos papagaios em termos físicos, que é a arara-maracanã-verdadeira, de nome científico Primolius maracanã, e que também é conhecida pelos nomes populares de arara-pequena, ararinha e papagaio-de-cara-branca. Sendo encontrada em muitas regiões no Brasil, essa arara está ameaçada de extinção, especialmente no Nordeste.

A coloração dessa ave é verde, com algumas manchas vermelhas nas costas e na barriga. Ainda possui uma coloração azul em algumas partes da cauda e da cabeça. Em termos de tamanho, podem alcançar 40 cm de comprimento.

Já quando o assunto é reprodução, a arara-maracanã-verdadeira põe em torno de 3 ovos de cada vez, e quem cuida dos filhotes é a fêmea, durante cerca de 1 mês, que é o tempo necessário para que as pequenas araras deixem os seus ninhos, e voem livremente.

Mesmo que hoje em dia seja difícil ver essa espécie livre na natureza, ela ainda pode ser encontrada em alguns locais, como a Mata Atlântica, o Cerrado e a Caatinga, especialmente em bordas de mata e perto de rios. E, fora o Brasil, outros locais foram relatados como habitats dessa ave, como o norte da Argentina e no leste do Paraguai há alguns anos atrás.

Última Curiosidade: Um Papagaio Necrófago

As araras possuem hábitos alimentares bem comuns e normais para uma ave, podendo comer tranquilamente frutas, sementes, insetos e castanhas. No entanto, os papagaios podem ter uma alimentação bem mais variada, incluindo, além dessas comidas citadas, até mesmo carcaças de animais! Pois é isso mesmo o que pode comer o papagaio nestor, originário da Nova Zelândia. Além de ter esse hábito necrófago de alimentação, ele também pode consumir o néctar das plantas.

Inclusive, essa espécie de papagaio é muito mal vista pelos pastores das regiões onde vivem, pois atacam rebanhos de carneiros sem a menor cerimônia, pousando nas costas desses animais, e bicando até se alimentarem de sua gordura, o que acaba causando sérios ferimentos.

É certamente um tipo de ave que pouca gente gostaria de ter como animal de estimação, não é mesmo?

Veja também

Carrapato No Cabelo Humano: O Que Fazer? Como Retirar?

Você sabia que um carrapato pode usar um humano de hospedeiro? Apesar de ser muito …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *