Home / Animais / Quais São Os Principais Inimigos Predadores das Aranhas?

Quais São Os Principais Inimigos Predadores das Aranhas?

Elas são terríveis! E se não bastasse serem terríveis, são, para o azar de muitos, uma daquelas espécies que habitam praticamente todos os continentes (com exceção da Antártida), nos mais diversos tipos de ecossistemas.

Você poderá encontrar aranhas em pântanos, matas ciliares, florestas densas, abertas, cerrados, prados, savanas; e, como se sabe, até mesmo o interior das residências funcionam como um ambiente perfeito para a sobrevivência desses serezinhos terríveis e horripilantes.

As aranhas são membros desse, para muitos, asqueroso e repugnante filo dos Artrópodes, membros ilustres da classe Arachnidea, dignas representantes do que há de mais pavoroso na natureza; e para tornar a vida dos indivíduos que as detestam ainda mais difícil, sabe-se que elas, provavelmente, são o resultado de uma curiosa seleção natural.

Tal seleção, de acordo com as atuais investigações científicas, permitiu que sobrevivessem apenas aquelas espécies que melhor se adaptavam a longos períodos de escassez de alimentos, o que fez das aranhas seres quase “indestrutíveis”, capazes de sobreviver em quase todos os tipos de ecossistemas, como um tormento na vida de nós pobres mortais seres humanos.

Mas o objetivo desse artigo é fazer uma lista com alguns dos principais inimigos e predadores das aranhas. São espécies conhecidas cientificamente como “insetivoras”, e que podem, por mais contraditório que isso possa parecer, transformarem-se em nossos grandes parceiros na luta contra esse terrível flagelo.

1.Sapos

Sapo Tentando Engolir Uma Aranha
Sapo Tentando Engolir Uma Aranha

Os sapos são espécies insetívoras por natureza! No ambiente úmido, denso, fétido e asqueroso de um pântano, eles não dão a menor chance de defesa às diversas espécies de moscas, pernilongos, besouros, louva-a-deus, grilos, gafanhotos, cigarras e, obviamente, às aranhas.

Na verdade, com o auxílio de uma língua poderosíssima, elástica, pegajosa, capaz, em alguns casos, de atingir até o dobro do seu tamanho – e ainda com uma força quase 3 vezes à do seu próprio corpo – , esses anfíbios configuram-se como um verdadeiro terror para uma comunidade de aranhas.

2.Lagartixa

Lagartixa Comendo Aranha
Lagartixa Comendo Aranha

Nessa lista com os principais inimigos e predadores das aranhas cabe um lugar de destaque para a Hemidactylus mabouia: a nossa conhecida “lagartixa-doméstica-tropical.”

Elas vieram das distantes paragens do continente africano para tornarem-se grandes parceiros no combate a diversos tipos de pragas, tais como: baratas, moscas, pernilongos, grilos, gafanhotos e, como não poderia ser diferente, às aranhas.

Com não mais do que 10 cm, a lagartixa, taruíra, crocodilinho-de-parede, labigó, biriba, víbora, entre outras denominações que elas recebem por esse Brasil afora, é outra das principais inimigas dessa terrível classe dos aracnídeos.

3.Camaleão

Sim, eles também, os camaleões, podem ser considerados inimigos de morte das aranhas! Eles não são bons apenas em camuflar-se utilizando-se das suas singulares células conhecidas como cromatóforos, que lhes conferem a capacidade de adquirir a coloração do ambiente onde estão.

Eles também são devoradores implacáveis de aranhas, gafanhotos, mariposas, cigarras, louva-a-deus, entre outras espécies, que nenhuma resistência conseguem opor à sua tática de esperar; esperar pacientemente; até que a presa esteja em uma posição confortável, onde possa ser atacada por uma língua capaz de atingir uma distância com até o dobro do tamanho desse animal.

4.Morcegos

Morcegos Comendo Uma Aranha
Morcegos Comendo Uma Aranha

Pode até parecer um contrassenso acrescentar a essa lista uma das espécies mais assustadoras da natureza selvagem; listá-los entre os principais parceiros do homem na luta pelo extermínio das aranhas. No entanto, é exatamente isso que eles fazem: as exterminam!, de forma implacável!, independentemente da espécie de aranhas em questão.

Na verdade os morcegos podem ser considerados verdadeiros “controladores naturais de pragas”, tal a eficiência com que varrem de um ambiente diversos tipos de ratos, camundongos, pernilongos, gafanhotos, baratas e, entre eles, as aranhas, que também estão entre as iguarias mais apreciadas por esses animais.

5.Andorinhas

Camaleões, lagartixas-domésticas, morcegos, sapos, andorinhas…andorinhas? Isso mesmo: andorinhas! Por trás de tamanha beleza, elegância e imponência em pleno voo, esconde-se uma predadora voraz; mais uma das espécies conhecidas como “insetívoras”; capaz de realizar um verdadeiro extermínio dos mais diversos tipos de pragas urbanas.

As andorinhas pertencem à família Hirundinidae, que abriga entre 70 e 90 espécies, geralmente com comprimento entre 12 e 20 cm e entre 11 e 42 g de peso.

Uma coloração azul, em contraste com um peitoral meio acinzentado, confere beleza e graça a essa espécie. Porém, tão ou mais singular que as suas formas, é a sua capacidade de ingerir até 1000 insetos por dia! – o que, convenhamos, faz das andorinhas parceiras das mais apreciadas e admiradas.

6.Tordo

Dono de um canto agradabilíssimo, os tordos também estão entre os principais inimigos e predadores das aranhas. Estes são pássaros, membros da família Turdidae, que viviam muito bem em regiões de bosques, florestas arbustivas e matas ciliares, até que o avanço do progresso sobre os seus habitats naturais os transformou em espécies bastante próximas do homem.

Os tordos também podem ser conhecidos popularmente como sabiás, rouxinóis, melros, entre outras denominações que eles recebem devido às suas características físicas e biológicas.

Mas uma coisa une a todos: o gosto por uma dieta à base de aranhas, besouros, minhocas, caracóis, grilos, gafanhtos, entre outros insetos.

7.Bem-Te-Vi

E por fim, o Pitangus sulphuratus: o popular “bem-te-vi”, que vocês poderão encontrar por esses rincões brasileiros (e fora dele) como quiquivi, vinteveo, pitaguá, triste-vida, bem-te-vi-de-coroa, bichofeo, entre outras denominações diferentes.

Os bem-te-vis são conhecidos pela singular coloração amarela do seu peitoral, por um canto inconfundível (que é um dos primeiros a antecipar o alvorecer), pelo seu pequeníssimo tamanho e por serem uma das espécies mais populares dessa imensa ordem Passeriforme.

Bem-Te-Vi Comendo Uma Espécie de Aranha Vermelha
Bem-Te-Vi Comendo Uma Espécie de Aranha Vermelha

Mas o que muitos não sabem é que eles também são espécies insetívoras – na verdade verdadeiras “máquinas de comer”, já que, além de aranhas, besouros, louva-a-deus, gafanhotos, entre outros insetos, também não abrem mão de uma boa dieta à base de tudo: desde frutas, passando por pequenos crustáceos e peixes. Completando-a com espécies florais, minhocas, larvas, carrapatos, vespas, abelhas, e o que que quer que tenha a infelicidade de cruzar o seu caminho.

Essa característica também os coloca na posição de verdadeiros controladores naturais de pragas, já que uma dieta que não contemple pelo menos algumas centenas de insetos por dia não conseguirá, em hipótese alguma, saciar o apetite de um verdadeiro “superpredador”.

Esse artigo foi útil? Tirou as suas dúvidas? Deixe a resposta na forma de um comentário. E continue a compartilhar os nossos conteúdos.

Veja também

Pomada Antibiótica Para Picada de Carrapato. Qual a Melhor?

Mordida de carrapato? Se um dia acontecer, não adianta correr imediatamente para a sala de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *