Home / Animais / Quais São Os Predadores Do Husky Siberiano? E Seus Inimigos?

Quais São Os Predadores Do Husky Siberiano? E Seus Inimigos?

Quando pensamos em animais de clima gelado, logo vem a nossa mente espécies como os pinguins, as focas e os ursos polares. Entretanto, a gama de animais que são originários do clima frio é enorme, incluindo até mesmo, algumas raças de cães domésticos. Uma delas, é o carinhoso e muito resistente, Husky Siberiano. Mas, quais são as características desse animal? Ele tem predadores ou inimigos? É o que você irá descobrir agora, no seguinte artigo.

O Husky Siberiano é um cachorro de origem primitiva e bastante antigo. Tem seus ancestrais provindos da Rússia, mais especificamente na região da Sibéria. Foram utilizados durante muito tempo por tribos dos povos nômades Chukchi, para que trabalhassem puxando seus trenós em meio a neve, servissem de companhia e uma forma de esquentar os bebês nas noites frias.

Origem e História do Husky Siberiano

Anos mais tarde, quando os povos migraram para o Alasca (quando o país ainda pertencia a Rússia), esses animais foram de grande valia para as corridas de trenó – a atividade de entretenimento mais famosa na época. Durante as corridas, além de se mostrarem rápidos e resistentes ao frio, provaram que também eram muito “calorosos”, dóceis e mansos.

Em 1925, a raça se tornou bastante conhecida em todos os EUA, após percorrerem 540 km em meio a uma forte nevasca na cidade de Nome (Alasca), carregando kits de socorro com remédios e soro, para que milhares de pessoas não morressem, afetadas por uma enorme epidemia de difteria que assolava a cidade.

Raças Interligadas ao Husky Siberiano

O Husky Siberiano é parte do grupo 5, da família dos cães Spitz. Todos estes cães têm características parecidas, como o corpo robusto e as orelhas sempre retas e pontiagudas. Dentre as raças dos cães Spitz estão:

  • Spitz Finlandês
Spitz Finlandês
Spitz Finlandês
  • Samoieda
Samoieda
  • Akita
Akita
  • Malamute do Alasca
Malamute do Alasca
  • Shiba Inu
Shiba Inu

Além disso, o próprio Husky tem em sua fisionomia e características, traços dos misteriosos lobos selvagens que habitam o Ártico.

Características Gerais do Husky Siberiano

O Husky Siberiano é um cachorro de estatura médio para grande, variando entre 50 a 60 cm de altura, com um peso de até 27 kg. É robusto e bastante forte, suas patas fofas e grandes são heranças genéticas para que andassem melhor na neve.

Além disso, apresenta uma densa e macia pelagem (que também possui um subpelo capaz de regular a sua temperatura de acordo ao clima em que estão). A coloração de seu pelo é variada e cheia de combinações: há huskies totalmente brancos, preto e brancos, marrons, marrons e brancos, caramelos, caramelos e brancos, preto e caramelo e completamente acinzentado.

Não somente há variações de seu pelo, como também a coloração de suas íris: podem ser azuis ou castanhos. Há casos de heterocromia, quando tem os dois olhos de cores diferentes.

Comportamento

O Husky tem um temperamento muito tranquilo, apesar de seu instinto de caça. E por seu instinto, gostam bastante de correr ao ar livre, brincar sempre que podem e estar alerta a toda a atividade ao seu redor. Por isso, caso o dono viva em terrenos extensos, deve estar de olho no animal, pois costumam se aventurar e sair a explorar.

Gostam muito da companhia de outros cães e de seres humanos (porque se sentem parte da matilha), mas, em geral, não se dão bem com outras espécies de animais (gatos, coelhos e pássaros). São também muito espertos e inteligentes, herança das épocas em que ainda eram exclusivamente cães de trenó e tinha que raciocinar rápido frente aos comandos do tutor em meio a neve. Logo necessita de atividades diárias que o desafiem.

Husky Siberiano Características

Quais são os Predadores do Husky Siberiano? E seus Inimigos?

Naturalmente, como são animais de vida doméstica, os Huskys não vivem em estado selvagem para participar de uma cadeia alimentar, logo, não tem um predador (ou predadores) para se preocupar. Porém, com as mudanças climáticas, a cadeia alimentar de alguns animais selvagens, está cada vez mais prejudicada pelo derretimento das geleiras e o aquecimento global. 

Como todo ser vivo, se adaptam a sua realidade buscando novas formas de se alimentar e até mesmo, invadindo zonas urbanas. É o caso do Urso Polar, que mesmo não sendo, acabou se tornando um predador do Husky Siberiano. O caso vem acontecendo em Winnipeg, no Canadá. Podemos concluir que seu predador, por enquanto, seria o Urso Polar; e seu inimigo, tutores descuidados.

Cuidados com o Husky Siberiano

Como todo cachorro, é necessário que o dono dê banho ao menos uma vez por mês. No caso dessa raça, se atentar às suas orelhas e ouvidos: como o Husky permanece com as orelhas constantemente em pé, a incidência de bactérias e sujeiras neste local é maior. 

Escovação de seus dentes uma vez por semana, a fim de se evitar/eliminar sujeiras e tártaros. Corte de unhas a cada dois meses (com passeios regulares, pode ser que seja dispensável, pois o animal gasta as unhas no solo áspero).

É importante que o dono escove o pelo deste animal com a frequência adequada, sendo desejável que seja um dia sim e um dia não – mesmo que não ocorra tantas quedas dos pelos. O motivo de tamanha frequência, é que quando seus fios começam a crescer, formam-se nós que embaraçam e machucam o cachorro.

Treinamento e Atividades

É de responsabilidade do tutor (caso queira que seu cachorro o obedeça) treiná-lo desde a mais tenra idade, com disciplina e frequência (o que é bom para o animal e para o próprio dono). Assim, nos momentos em que é provável que, em momentos onde o animal desobedeça ao dono, ele irá atender aos seus comandos.

Outra atividade importante a ser feita com este animal, são os passeios. Esta atividade ajuda a que o animal tenha contato com outros ambientes, outros animais e outras pessoas. Um método eficiente para que o animal se sinta mais seguro ao passear com seu dono, é começar a levá-lo para passear ainda filhote, após ter tomado todas as vacinas necessárias.

São cachorros brincalhões e muito inteligentes, por isso, invista em brinquedinhos e atividades que os obriguem a raciocinar: desde e o básico “pegue a bolinha”, a até circuitos apropriados para se brincar com um cachorro.

Vacinas

Em relação às vacinas, não só o Husky Siberiano, como todas as raças de cachorro, devem ter acesso às primeiras doses de vacina após ser feito exame clínico, através de uma consulta com o Médico Veterinário de sua confiança.

Feito os exames, se comprovado que estejam infectados por alguma doença, seja de origem parasitária, viral, bacteriana ou de pele; devem ser tratadas primeiro. Caso sejam tratadas, ou o animal não tenha nenhum tipo de doenças, podem seguir o cronograma de vacinas.

Após os 45 dias de vida do animal, devem primeiramente, tomar a 1.ª  dose do pacote de vacinas polivalentes: óctupla (ou V8), déctupla (V10) e elevencell (V11). Elas protegerão o animal de doenças como a parvovirose, leptospirose, cinomose, coronavirose, adenovírus (do tipo 1 e 2) e parainfluenza.

São três doses, com o espaçamento de 21 dias entre uma e outra. Caso não sejam administradas com o tempo e intervalo corretos, é necessário repetir as três doses.

Veja também

Comportamento do Marisco, Hábitos e Modo de Vida do Animal

Por definição, mariscos ou frutos do mar seriam algumas espécies de moluscos ou crustáceos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *