Home / Animais / Quais São os Predadores do Cisne e Seus Inimigos Naturais?

Quais São os Predadores do Cisne e Seus Inimigos Naturais?

Se todo o reino animal sofre com os problemas relacionados à devastação de ambientes, o certo é que aqueles de água doce notam ainda mais o descaso das pessoas. Isso porque, enquanto os animais marinhos podem se afastar da costa e manter o seu modo de vida nos oceanos abertos, aqueles que dependem de rios, riachos ou lagos para sobreviver sofrem de maneira muito pesada.

Dessa forma, tudo isso possui relação com o fato de as pessoas destruírem as fontes de água doce com rapidez cada vez mais surpreendente. Logo, o lar de inúmeros animais se torna cada vez menos propício para o seu crescimento correto. Esse é o caso do cisne, um animal muito belo e que representa muito bem a forma como a devastação de rios e lagos pode ser maléfica para os animais. Cada vez menos comuns, os cisnes já são peças mais raras em parques de todo o Brasil.

O cisne é da mesma família do ganso, o que pode fazer com que muitas pessoas criem alguma confusão em relação a esses dois animais. Porém, há algumas diferenças muito claras, que podem ser vistas com um pouco de atenção sobre a questão.

De toda maneira, os cisnes são conhecidos por terem pescoços muito longos e patas curtas, o que cria um contraste bastante interessante em relação ao animal. Os cisnes costumam formar casais monogâmicos, ou seja, em que os dois parceiros se mantém unidos e apenas reproduzem entre si.

Esse fato é bastante curioso no reino animal, já que, em geral, os animais tendem a ser poligâmicos, até mesmo para que os machos possam se sobressair uns dobre os outros a partir dos seus méritos sexuais com parceiras diferentes.

Assim, de toda maneira, o certo é que os cisnes já não podem mais ser vistos de forma tão fácil quanto antes. Porém, se a questão da interferência humana no modo de vida desse animal é clara, também é preciso mostrar como o cisne possui predadores naturais que podem ser muito perigosos.

Predadores do Cisne

O cisne é um animal que vive, quase sempre, em porções mais rasas de água doce. Dessa forma, o animal é capaz de viver tanto em rios grandes quanto em lagos ou riachos. Se isso pode servir de trunfo para o animal, sendo uma forma de adaptação interessante, também faz com que o cisne se torne uma presa mais acessível para muitos animais.

Assim, o mais comum é que animais como raposas, cachorros-do-mato, alguns felinos e outros tipos de mamíferos sirvam como predadores do cisne.

Cachorros-Do-Mato
Cachorros-Do-Mato

Tudo isso depende, é claro, o local onde vive o cisne. Porém, em geral esses predadores têm em comum o fato de serem fortes e ágeis, além de serem capazes de passar longos períodos à espera da presa. Como o cisne não possui muitas formas de defesa realmente eficazes contra tais predadores, o mais comum é que o animal sucumba rapidamente quando atacado.

Para a sua defesa, ajuda bastante o fato de o cisne raramente estar sozinho, pois isso acaba afastando alguns animais perigosos, mas em geral nem isso é suficiente para proteger os cisnes.

Características do Cisne

O cisne é, em sua totalidade, branco, com um bico laranja que se destaca e dá valor ainda maior à beleza desse animal. Porém, há variações do animal, que podem ter outras cores. Além disso, o cisne ainda possui tamanho superior ao de um pato, por exemplo, com um pescoço fino e muito longo. O animal pode medir até 1,5 metro de altura, além de ser capaz de pesar até 15 quilos quando bem alimentado.

O mais comum é que os machos sejam sempre maiores do que as fêmeas, o que os torna mais fortes. Contudo, quando atacados por algum predador rápido e realmente forte, essas pequenas diferenças de gênero pouco importam. O animal é originário da Ásia, em sua parte central, e da Europa.

O cisne é um animal que gosta de estabilidade, preferindo estar sempre em um mesmo lugar. Assim, apesar de haver migrações sazonais, o cisne é tido como um animal que não lida muito bem com as grandes mudanças. Portanto, se for do seu interesse criar um cisne, saiba que o animal realmente gosta de rotinas.

Comportamento do Cisne

O cisne é um animal que não gosta de viver sozinho. Dessa maneira, o mais comum é ver o cisne em comunidades, ainda que essas não sejam grandes. Isso porque o animal não suporta estar sozinho, mas também não é capaz de viver em grupos muito povoados. Além disso, o cisne costuma ter comportamento monogâmico, escolhendo apenas uma parceira sexual para a reprodução.

Casal de Cisne
Casal de Cisne

Um detalhe muito interessante é que, quando em grupos, os cisnes são capazes de realizar formações na água, melhorando a aerodinâmica do grupo, e chegar até os 100km/h. Já para levantar voo, esse tipo de animal costuma pegar impulso em suas patas.

O animal é muito pesado, o que dificulta o voo, mas ainda assim consegue realizar todo o necessário para sair da água e planar por alguns metros. O voo do cisne, na verdade, costuma ser elegante e muito bonito de ver, sendo um verdadeiro espetáculo para quem consegue acompanhar o animal. Assim, há também todo o lado romântico dos cisnes, que costumam ter uma relação a dois muito complexa, diferentemente do que acontece com outros animais. Logo, até mesmo o acasalamento do cisne possui o seu charme.

Cisnes no Reino Unido

Um detalhe muito curioso do Reino Unido é que todos os cisnes brancos selvagens são tidos como propriedade da Rainha Elizabeth II. Dessa forma, caso alguém machuque um animal desses, será processado pela rainha.

A lei é muito antiga, ainda do século XII, quando os cisnes eram parte importante dos banquetes reais e, para mantê-los assim, era preciso cuidar desse tipo de animal de alguma forma. Contudo, até hoje essa lei ainda é vigente e pode fazer algumas vítimas pela região. De uma forma geral, ela ainda muito é importante para a conservação do animal no local, o que acaba por ser positivo.

Veja também

Reprodução do Tamanduá: Filhotes e Período de Gestação

Os animais característicos da América do Sul são muito diferentes daqueles que habitam o Hemisfério …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *