Home / Animais / Quais São os Predadores da Anêmona e Seus Inimigos Naturais?

Quais São os Predadores da Anêmona e Seus Inimigos Naturais?

O ambiente marinho é dos mais vastos de todo o planeta, tendo uma enorme variedade de espécies animais. Portanto, é bastante natural que as pessoas não conheçam sequer a metade dos animais que habitam os mares do mundo, já que, além de tudo, é impossível ver muitos deles. Na verdade, segundo algumas pesquisas realizadas em muitos locais de todo o planeta Terra, em geral as pessoas conhecem apenas de 5% a 10% de todos os animais marinhos já catalogados.

A grande maioria desses animais, como era de se imaginar, são peixes e estão mais presentes na vida cotidiana da maioria. Porém, quando se trata de um animal um pouco mais diferenciado, é ainda menos simples encontrar alguém que o conheça. Esse é o caso da anêmona, ou anêmona-do-mar, um animal muito comum no oceano e que está até bastante próximo da costa, mas acaba por não ser um grande conhecido de muitos.

A anêmona, portanto, é um grupo de animais que corresponde a milhões de indivíduos presentes em todas as partes dos oceanos do mundo.

Esse tipo de animal costuma ser bastante conhecido pela facilidade com a qual consegue caçar alimento no oceano, utilizando sempre os seus longos tentáculos para chegar até as presas e capturá-las. Dessa forma, a anêmona pode ser ligada, em termos biológicos, às hidras e águas-vivas, por exemplo, tendo algumas características em comum.

Porém, a anêmona é mais agressiva e acaba por ser muito mais direta quando pretende atacar algum outro animal, sendo a ótima utilização dos tentáculos a grande arma desse tipo de ser vivo. O nome do animal remete à flor anêmona, que é uma das mais bonitas do mundo, sendo que o animal marinho ganhou esse nome por der detalhes corporais parecidos com os da flor quando em alguns momentos.

Inimigos da Anêmona

A anêmona possui muitos inimigos no mar, embora também possua uma série de parceiros muito longa, ajudando o animal a se manter forte na luta pela sua sobrevivência. Portanto, a anêmona possui mais inimigos quando se trata de presas, já que são muitos os animais que podem servir de presa para esse tipo de ser marinho. Para exemplificar, mexilhões, peixes pequenos, camarões ou outros animais semelhantes podem servir de alimento para as anêmonas.

Assim, para conseguir a proeza de acabar com animais rápidos e relativamente grandes, a anêmona faz uso dos seus nematocistos, que são uma espécie de aparelho do organismo voltado para a captura de alimentos e para a defesa contra predadores. Logo, de uma forma mais clara, em geral as presas da anêmona são paralisadas pelas toxinas que o animal secreta, sendo levada para a boca da anêmona a partir dos tentáculos.

Anêmona Vermelha

Já quanto aos predadores, embora a anêmona não seja tão buscada assim por outros animais, peixes maiores podem tentar fazer esse animal de presa. Contudo, nesses casos a anêmona costuma, novamente, utilizar as suas toxinas para afastar os possíveis predadores ao redor e, dessa forma, se manter viva.

Reprodução da Anêmona

A anêmona está entre os animais mais interessantes de todo o mundo marinho e, como tal, possui muitos detalhes que chamam muito a atenção de quem deseja saber um pouco mais sobre esse tipo de animal. Logo, a anêmona tem, por exemplo, dois aparelhos de reprodução separados, que atuam de forma independente em relação ao outro. Portanto, a anêmona pode realizar a reprodução de maneira sexuada, havendo a troca de gametas, ou de forma assexuada, sem a troca de gametas.

Na reprodução sexuada, aquela em que há a troca de substâncias entre macho e fêmea, o macho libera o seu esperma e estimula a fêmea a liberar o seu óvulo, ocorrendo, assim, a fecundação. Depois de realizada a fecundação, o zigoto logo se transforma em uma plânula, que é uma larva livre, até se estabilizar em algum local e se manter ali.

Depois de um tempo como larva, tem-se o desenvolvimento de uma bela anêmona. Há, também, a reprodução assexuada, que é quando a anêmona consegue se reproduzir sem que seja necessário o contato sexual. Nesse caso, o animal pode realizar esse processo de duas maneiras, seja se dividindo em duas partes ou não. Uma mesma anêmona pode, sim, realizar ambos os processos em momentos diferentes da vida.

Relação da Anêmona Com Outros Animais

A anêmona é um animal bastante eficiente quando se trata de realizar parceiras com outros animais marinhos. Portanto, é bastante comum ver uma anêmona em contato com outros tipos de animais, sobretudo quando se trata de benefícios para esse ser vivo. Há a relação da anêmona com o famoso peixe-palhaço, por exemplo, o peixe do filme “Procurando Nemo”.

Nesse caso, o peixe em questão consegue penetrar na anêmona sem ser reconhecido como peixe e, assim, se mantém dentro do animal, protegido contra os perigos do mundo exterior. Esse tipo de relação é chamada de inquilinismo, sendo muito comum quando se trata de anêmonas e peixes dessa espécie. Outro tipo de relação que a anêmona pode ter é com o caranguejo-eremita, que consiste em uma relação de protocooperação.

Nesse caso, o animal em questão usa a anêmona para se proteger de predadores, já que os animais marinhos, em sua grande maioria, não são capazes de matar a anêmona. Em contraponto, a anêmona costuma ser beneficiada com os restos de alimentos deixados pelo caranguejo, fazendo com que a relação seja bastante positiva para os dois tipos animais.

Mais Detalhes da Anêmona

A anêmona é um animal que vive apenas no mar, não sendo capaz de sobreviver fora desse habitat. Assim, esse tipo de animal possui muitos detalhes em comum com outros um pouco mais conhecidos pelas pessoas, como as águas-vivas.

Detalhes da Anêmona

A anêmona costuma viver sempre perto do fundo do mar, onde estão também os recifes de corais. Dessa forma, há muitos animais que sequer chegam perto da anêmona, já que o seu espaço de atuação é outro. Mais um detalhe interessante sobre o animal é que a anêmona possui bastante força e veneno muito forte, sendo um tipo animal muito respeitado em todo o oceano.

Veja também

Marreco Pompom: Características, Hábitat e Nome Científico

O marreco pompom (crested duck) é uma ave ornamental considerada uma variação genética do marreco …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *