Home / Animais / Quais São As Características Dos Crocodilianos?

Quais São As Características Dos Crocodilianos?

Os crocodilianos são répteis, carnívoros e vivem em lugares quentes próximos das margens de rios e lagos. A espécie é representada pelos jacarés, crocodilos e gaviais. Neste artigo vamos conhecer as principais características dos crocodilianos. Acompanhe.

O Que São E Suas Características

Os crocodilianos são répteis e pertencem a ordem Crocodilia, acredita-se que a espécie existe a aproximadamente 83,5 milhões de anos. São animais de grande porte, predadores e habitam em diversas regiões do mundo. Esses répteis são semiaquáticos, ou seja, vivem em lugares em que haja água doce, sendo raros os casos em que vivem em água salgada.

Seus corpos são cobertos por escamas e apresentam placas ósseas dérmicas, que reforçam as escamas e sempre que se desgastam são substituídas. Seu coração é dividido em quatro partes e ainda possui os sentidos bem desenvolvidos. Em sua boca estão cerca de 30 a 40 dentes bem fortes, o que lhe proporciona uma mordida bem poderosa.

Ao entrar na água, os furos do nariz se fecham e seus tímpanos são protegidos por uma dobra na pele. Sua cauda é achatada dos lados e cheia de músculos, o que o ajuda a se deslocar bem rápido na água, além de ajudar a se defender.

Alimentação Dos Crocodilianos

Os crocodilianos são animais carnívoros e comem:

  • Peixes
  • Crustáceos
  • Insetos
  • Anfíbios
  • Aves
  • Mamíferos

Cada espécie tem suas particularidades, assim, ainda que sejam considerados carnívoros, vários animais dessa ordem já foram vistos se alimentando de frutas.

Ao caçar, os crocodilianos vigiam suas presas e armam emboscadas. Se a caça for terrestre, o animal a vigia na beira da água, depois apanha e afoga a presa na água, podem ainda ficar em paus aguardando suas presas. Os crocodilianos também conseguem pegar suas presas no ar, saltando da água e pegando aves, peixes que saltam e até morcegos.

Como não conseguem mastigar, os crocodilianos engolem suas presas inteiras e, quando muito grandes, são despedaçadas. Ainda, quando as presas são grandes, os crocodilianos costumam fazer uma manobra, conhecida como “rolo da morte”, onde giram o próprio corpo enquanto agarra a presa com seus dentes.

Esses animais também praticam a alimentação cooperativa, onde uma presa serve de alimento para vários animais. Inclusive, essa cooperação também existe na hora da caça, onde na caça de grandes animais, um segura a presa com a mandíbula enquanto outro faz o giro, depois cada um fica com um pedaço de carne para se alimentar. Como não conseguem comer animais de pele grossa, eles podem esperar o animal apodrecer para então se alimentar dele, pois fica mais fácil rasgar a carne.

Para se alimentar, eles rasgam a carne da presa, seguram-na com suas mandíbulas e jogam para a parte traseira da boca, sacudindo a cabeça, e então engolem a comida. Geralmente os crocodilianos se alimentam fora da água e algumas espécies ainda guardam carcaças embaixo da água para comer depois.

Reprodução Dos Crocodilianos

Esses répteis são animais ovíparos e um macho acasala com diversas fêmeas. Em algumas espécies de crocodilianos, os machos defendem os territórios com muitas fêmeas. Além disso, usam de um cortejo bem sofisticado, onde se exibe através de nados e dá voltas em torno da fêmea. O acasalamento acontece na água e pode durar cerca de 15 minutos.

Um mês depois do acasalamento, a fêmea começa a fazer seu ninho perto de sua toca. O ninho pode ser na forma de um buraco ou em forma de montes feitos de folhas, vegetação ou areia. No ninho, a fêmea pode por de 10 a 50 ovos, que são protegidos por cascas bem duras. Os ovos podem ficar de dois a três meses em incubação.

Um fator interessante dos crocodilianos é que a temperatura da incubação é quem determina o sexo do filhote. Temperaturas abaixo de 31º produzem mais fêmeas e temperaturas acima de 32º produzem mais machos. Entretanto, o sexo dos filhotes é definido num curto período de tempo, e como a incubação demora, a temperatura tem mudanças e, assim, as ninhadas são compostas de fêmeas e machos, sendo que em alguns casos raros pode haver ninhadas de um só sexo.

Os filhotes podem nascer todos numa só vez. A mãe presta todo cuidado aos filhotes, desenterrando-os do ninho ao nascer e levando-os até a água. Lá, as crias ficam sempre perto da mãe e ficam independentes dela a partir de alguns meses ou até dois anos.

Grupos De Crocodilianos

Os crocodilianos são representados por 3 grupos de animais:

  • Crocodilos
  • Jacarés
  • Gaviais

Confira detalhes de cada um a seguir.

Crocodilos

Crocodilos
Crocodilos

Encontrados principalmente na América Central, África e sul da Ásia, os crocodilos são muito parecidos com os jacarés, tendo como diferenças o focinho e a posição de seus dentes. É um animal que vive nas margens de rios, mares, lagos e mangues. Algumas das espécies mais conhecidas são o crocodilo do Nilo, cubano, anão, americano e Orinoco.

Jacarés

Os jacarés são animais típicos de água doce, e vivem na América do Sul e em algumas regiões do México. Eles são os representantes dos crocodilianos aqui no Brasil, sendo o mais conhecido o jacaré do pantanal, que vive nas regiões do Pantanal de Mato grosso. Outros exemplos de espécies conhecidas são o jacaré do papo amarelo, jacaré-coroa, jacaré-açu e jacaré americano.

Gaviais

Os gaviais são os únicos crocodilianos do gênero que ainda não estão extintos. Eles habitam principalmente os rios da Índia e Nepal. Eles se diferenciam dos demais crocodilianos devido a seu focinho que é longo e estreito. Além disso, é uma das maiores espécies dessa ordem de animais, podendo medir até seis metros de comprimento.

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *