Home / Animais / Quais as Diferenças Entre Castor, Esquilo e Marmota?

Quais as Diferenças Entre Castor, Esquilo e Marmota?

Você sabe quais são as principais diferenças entre o castor, o esquilo e a marmota? Eles fazem parte do grupo de roedores e muitas vezes são confundidos uns com os outros, mas fato é que apesar da semelhança, possuem muitas características distintas e cada qual possui a sua peculiaridade, costumes e hábitos. 

Continue acompanhando esse post para saber as principais características desse grupo, além das principais diferenças entre castores, esquilos e marmotas. Falaremos sobre cada um deles a seguir. Confira! 

Castor, Esquilo e Marmota: Qual a diferença?

Além de possuírem muito em comum, os castores, esquilos e marmotas possuem características e costumes distintos. Cada qual habita locais diferentes.

É um grupo de mamíferos onde existem cerca de 2.000 espécies. É considerado o maior grupo de mamíferos com placenta. Estão presentes nesse grupo também os camundongos, cães da pradaria, cutia, gerbo, capivara, rato, tâmia, porquinho da índia, entre muitos outros. 

Apesar de serem do mesmo grupo, eles são separados em gêneros distintos e possuem suas principais características. Confira a seguir as peculiaridades, costumes e habitat de cada um deles e veja quais são as diferenças. 

Conheça o Castor

O castor está entre os roedores aquáticos, que possuem habilidades para natação. Eles são nativos da Europa e dos Estados Unidos. Existem duas principais espécies que são as sobreviventes da família Castoridae, e são elas: Castor Fiber e Castor Canadensis. 

Castor, além de ser o nome dado aos animais, na verdade é o gênero onde estão presentes essas espécies. Eles estão sobretudo no Hemisfério Norte, porém, também pode ser encontrados na região da Terra do Fogo, na qual foram introduzidos posteriormente. 

O castor é considerado o segundo maior roedor do mundo, ficando atrás apenas das capivaras. Eles crescem praticamente toda a sua vida e chegam aos 30 centímetros de altura e 75 centímetros de comprimento.  Além disso, eles podem pesar até 30 kg, isso depende da região onde o animal se desenvolve e também o gênero. Os castores comuns adultos costumam pesar entre 15 a 20 kg.

Ele possuem os pelos grossos e compridos, geralmente acinzentado ou castanho. Sua cauda é grande e arredondada. Possuem 4 dentes incisivos que são afiados e fundamentais para a vida do castor, pois através deles que ele rói árvores e constrói seus diques e adquirem comida. 

Eles são animais herbívoros, onde se alimentam de folhas, ramos e raízes das árvores, sejam elas aquáticas ou não. Seus diques são fundamentais na hora da proteção contra diferentes predadores (coiotes, ursos e lobos) e também para a alimentação, já que conseguem acesso mais fácil nas árvores a partir deles. São habilidades incríveis que os diferencia também das demais espécies. 

Conheça o Esquilo

Os esquilos são bem menores que os castores. Os esquilos são roedores que possuem ampla disseminação no mundo todo, sobretudo na Europa e nos Estados Unidos, mas também são encontrados no Brasil e na América do Sul. São roedores da família Sciuridae, a mesma onde estão presentes as marmotas e outras espécies. São Muitos os tipos de esquilos, existem os voadores, os arborícolas e os terrestres, cada qual com o seu hábito e costume. Vale destacar que eles vivem também em zonas tropicais, temperadas e friorentas, diferentes dos castores e marmotas que habitam apenas o Hemisfério Norte.

A alimentação deles basicamente consiste em sementes e frutos. Onde seus fortes dentes conseguem quebrar as cascas mais duras e chegar no interior fibroso.  

Os esquilos arborícolas possuem hábitos diurnos, eles vivem praticamente toda a sua vida nas árvores, já que no alto está protegido das maiores ameaças terrestres. Seu corpo pequeno facilita a locomoção entre os galhos. Apesar disso, são vistos também no solo quando capturam alguma semente ou fruto. 

Já os esquilos terrestres vivem no subsolo, fazem túneis para se protegerem das recorrentes ameaças. Suas patas são diferenciadas dos demais e utilizadas sobretudo para cavar. Além disso, suas orelhas e rabo são menores para que possam ter fácil locomoção entre os túneis.

Quando falamos dos esquilos voadores não podemos de incluí-los também no grupo dos arborícolas, pois eles também vivem em árvores, porém, diferente dos seus “primos”, ele possuem hábitos noturnos, onde seus olhos são adaptados para locais mais escuros. Eles são dotados de uma membrana que passa pelo corpo todo, com uma pelagem lisa e espessa. 

Conheça as Marmotas

As marmotas são muitas vezes confundidas com os esquilos, não a toa, pois apesar das características físicas serem semelhantes, eles estão na mesma família, a Sciuridae. Marmota é o nome dado ao gênero presente nessa família, onde é composta por várias espécies semelhantes de marmotas. 

Elas são levemente maiores os esquilos e bem menores que os castores. Ela é considerada a maior de da sua família Sciuridae. São animais que possuem pelagem acinzentada com tons de castanho pelo corpo. Porém, são pequenas.

Existem muitas, algumas delas são: a marmota do himalaia, marmota de ventre amarelo, marmota bobak, entre outras. Elas são conhecidas pelo longo período que hibernam, esse animais passam cerca de 7 meses dormindo e resguardando-se do frio. Elas cavam tocas de 5 a 7 metros de profundidade e lá ficam durante o outro e inverno. Elas saem apenas quando já é primavera, passam o verão se alimentando de gramíneas e poupando a maior quantidade de energia e gordura para depois voltar a hibernar. 

São animais peculiares que possuem muitos hábitos distintos dos outros. Eles conseguem ficar com o corpo totalmente ereto para se defender de possíveis ameaças, pois assim são capazes de enxergar melhor. As marmotas apesar de ser da mesma família do esquilo possui hábitos e características distintas. 

Estima-se que existam 14 espécies de marmotas existentes no planeta, elas habitam sobretudo os países do Hemisfério Norte, onde estão presentes no Canadá, Estados Unidos, grande parte da Europa e também da Ásia. Em alguns lugares o aparecimento de uma marmota registra o fim exato do inverno e início da primavera.

Os castores, esquilos e marmotas possuem muitas semelhanças, mas também muitas diferenças, é importante saber quais são para que não confunda um com o outro.

Gostou do artigo? Compartilhe com seus amigos e amigas nas redes sociais e deixei um comentário logo abaixo! 

Veja também

Cachorro Doente

Quanto Tempo de Vida Pode Ter um Cachorro Com Cinomose?

Para começarmos a falar desse assunto, precisamos entender primeiro que é essa doença tão temida …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *