Home / Animais / Porco Espécies Representativas, Tipos com Fotos e Nome Científico

Porco Espécies Representativas, Tipos com Fotos e Nome Científico

Apesar de muitos nem imaginarem, existe uma quantidade gigantesca de porcos no mundo inteiro. A maioria sofreu diversas alterações, tanto da natureza quanto dos humanos, para chegar no que são hoje. No post iremos falar um pouco mais sobre algumas espécies de porcos representativas, mostrando suas fotos e muito mais.

Landrace

O Landrace é provavelmente uma das raças mais conhecidas no mundo inteiro. Isso porque desde sua origem, até hoje, eles passaram por uma enorme quantidade de seleção e mudanças, fazendo com que vários países tivessem sua própria raça de Landrace com algumas características diferentes das outras.

No Brasil, essa é a raça mais produzida, pela qualidade de sua carne. Sua pele tem coloração branca, e traz uma carne magra, ótima para pernis. O Landrace pode chegar a atingir 300 quilogramas, mas normalmente é abatido quando está com 7 meses de vida, em torno de 80 kg.

Bazna

O Bazna é uma raça suína de origem Romena, encontrado principalmente na região da famosa Transilvânia. Ela começou a ser desenvolvida em torno de 1872, com o cruzamento entre o Berkshire e a Mangalitsa. Em 1885, utilizaram outras raças provindas da Inglaterra para seu melhoramento.

O animal é de porte grande, com aptidão para produção de carne. O peso varia entre 180 e 220 quilogramas, sendo os machos levemente maiores que as fêmeas. A raça possui uma boa taxa de proliferação, sendo uma boa opção tanto para abatedouros quanto fazendeiros pequenos e médios.

Berkshire

A primeira pessoa que descreveu esses animais que ficavam no condado de Berks, na Inglattera, de acordo com as histórias, foi Oliver Cromwell. Antigamente, eles eram porcos de grande porte, e sua estatura os deixava bem feios, principalmente pelo fato de serem extremamente ossudos.

Ela foi a primeira raça suína que os ingleses começaram a trabalhar para melhorar, começando em torno de 1780. Apesar disso, os resultados não foram tão satisfatórios. Somente em 1820, que os resultados começaram a melhorar. Por isso, hoje eles são bem diferentes do que eram antigamente. Sua coloração é preta, tendo as extremidades de cor branca. É volumoso e comprido, com pernas curtas, mas bem fortes.

Em 1884 foi criada a Associação Britânica de Berkshire, que foram sendo exportados para outros países, dando nome para o famoso porco.

Caruncho

O Caruncho é uma espécie típica do Brasil. Antigamente ela era bem popular, mas com o tempo e as novas informações e diferença de alimentação foram deixando-a esquecida. Seu porte é pequeno, e possui uma pelagem cor de areia cheia de manchas pretas. Devido ao seu tamanho, nunca foi muito utilizado em larga escala.

Sua aptidão é para produção de banha, e em alguns estados, praticamente todos do Brasil, é proibido sua utilização em abatedouros, devido a grande quantidade de gordura. Hoje, muitos criam como animal doméstico, ou para fins de subsistência.

Nilo Canastra

Esse é um suíno de porte médio, que é muito conhecido pelo fato de não apresentar nenhum pelo. Ele só tem algumas cerdas em determinadas partes do corpo, e por isso, não deve ser criado em regiões frias. Sua proliferação é média, por isso não é tão produzido em larga escala. O mais comum é ver fazendeiros pequenos e médios criando a raça, pois eles são bons para a produção de banha.

Nosso Ministério da Agricultura tentou investir para aperfeiçoar a raça, mas com os testes e tentativas falhos, acabou desistindo.

Duroc

Logo no começo do século 19, as autoridades americanas resolveram que era de extrema importância uma padronização em relação as raças de porcos vermelhos. Isso porque era uma forma de ajudar a melhorar as características desses animais, consequentemente, melhorar a qualidade da carne produzida por ele. Por isso, escolheram a raça Duroc e a Jersey, fundindo ambas.

Outras raças que com o tempo fizeram parte para o melhoramento dessa raça, foi a Berkshire e a Tamworth. Somente em 1940 que foi decidido que o nome dessa nova raça, melhorada em diversos aspectos se chamaria somente Duroc. Ela tem um porte grande, com cabeça pequeno, mas tronco largo e roliço. Sua pelagem tem uma coloração que varia entre o vermelho cereja escuro e o vermelho cereja claro, com algumas manchas pretas por todo o seu comprimento.

Pietrain

O Pietrain possui origem belga, e é conhecido pela sua pelagem, que é uma mistura de branco e preto. Não são tão populares mundialmente, principalmente em relação ao mercado de exportação de larga escala.

Entretanto, são muito tranquilos para serem criados, permitindo que fiquem calmos até em confinamento. Outra característica importante é sua alta capacidade reprodutiva e leiteira, muito importante para criadores de fazendas pequenas. Seu ganho de peso diário é inferior ao de muitas espécies, mas são eles que tem uma taxa boa de conversão alimentar. Melhorando a produtividade da carne existente na carcaça.

Large White

Originada da Inglaterra e conhecida por ser uma das mais populares e comuns em todo o Reino Unido, a raça Large White chama a atenção. Possui um porte grande, consequentemente, tem um alto ganho de peso diariamente. O seu nome foi dado devido ao fato de ser um grande porco, e também por ter a pele branca.

É ótima para criação, pois tem muito potencial prolífero. Seus membros são bem formados, resultado em pernis cheios e profundos.

Esperamos que o post tenha te ajudado a descobrir, aprender e entender um pouco mais sobre espécies de porcos representativas e suas características. Não esqueça de deixar seu comentário nos contando o que achou e também deixar suas dúvidas. Ficaremos felizes em ajuda-los. Você pode ler mais sobre porcos e outros assuntos de biologia aqui no site!

Veja também

Ciclo do Muar Manejo dos Muares e Cruzamentos

Os burros, muares fruto de cruzamento, foram supostamente domesticados há cerca de 5000 anos, no …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *