Home / Animais / Porco Doméstico: Duroc, Pietrain, Landrace e Vermelho

Porco Doméstico: Duroc, Pietrain, Landrace e Vermelho

Antigamente eles tinham a uma imagem negativa, de serem sujos, fedidos e tudo mais, mas com o passar dos anos, as pessoas foram vendo que não é bem assim.

O porco é um animal que conquistou adeptos por todos os canto do mundo, inclusive de quem cria animais; essa é uma atividade que vêm crescendo muito nos últimos anos.

Inclusive, a imagem dos porcos também mudou ao longo dos anos e eles agora não são mais vistos como animais sujos, do chiqueiro; eles estão até dentro das casas das pessoas. Como é o caso de diversos porcos domésticos.

Os porcos Duroc, Pietrain, Landrace são espécies de porcos que disseminaram no Brasil principalmente na década de 1950.

Neste artigo vamos trazer tudo sobre as diferentes espécies de porcos, que podem ser criados de inúmeras maneiras, esses animais que antes tinham uma imagem, que as pessoas tinham “ nojo” e agora conquistaram muitos corações por onde passaram. Confira!

Porcos: Desde os Primórdios com o Ser Humano

Os porcos surgem a partir do Javali selvagem, eles são os parentes mais próximos do animal que foi considerado selvagem até determinado período, onde passou a habitar proximidades dos humanos.

Os porcos foram um dos primeiros seres vivos a serem domesticados pelo homem. Há registros que datam de 5.000 a.C da China. Eles estão ao lado do ser humano, desde muito, muito tempo, realmente, são seres fiéis e fantásticos.

Devido ao seu comportamento pacífico, os porcos selvagens começaram a aproximar-se das habitações humanas.

E como o porco trazia diversos benefícios para a comunidade, o homem fez com que ele ficasse e adaptou-o ao seu modo de vida.

Além da carne do porco, o humano utilizava a pele do animal para aquecer-se do frio, os ossos como utensílios de caça e comida, além dos seus pequenos pelos, que eram utilizados principalmente para escovas.

Então o porco, como outros animais, foi ficando próximo a habitações humanas, já que ali ele tinha alimento, água e um local para dormir; e não tinha mais que se preocupar em caçar e sobreviver em meio selvagem.

Mas muitos humanos se apaixonaram pelos porcos, e passaram a criar domesticamente, não apenas para usufruir dos benefícios, ou da carne do animal. E sim para ter carinho, companhia e amizade.

A carne de porco ser um dos tipos de carne mais consumido no mundo, então foram realizadas inúmeras modificações genéticas ao longo dos anos. Diferentes cruzamentos de espécies que resultaram em muitas outras espécies. Como é o caso das espécies que falaremos a seguir!

Porco Duroc

Esta espécie é oriunda dos Estados Unidos. Mais conhecido como Duroc Jersey. É uma espécie totalmente antiga, tanto que seus primeiros registros datam de 1875; e aqui no Brasil, a primeira vez que se falou na espécie foi em meados de 1955. É a raça estrangeira mais antiga no pais. Possui a pele avermelhada e lisa.

Desta maneira, é uma espécie que esta aqui há muito tempo, adaptou-se com facilidade as diferentes condições climáticas e no passado era considerada a raça de porco estrangeira mais importante do país., fato que fez com que fortificasse e aquecesse o mercado interno, melhorando geneticamente diversas outras raças desenvolvidas em território nacional.

Tudo começou quando, na década de 1950, o mercado do então conhecido como “ouro branco”, a banha de porco começou a crescer aqui no país. Mas com o crescimento do óleo vegetal, os produtores passaram a comercializar a carne do animal.

E foi um sucesso, o Porco Duroc destacou-se, pois o animal possui uma camada fina de gordura, logo, não possui gordura entre a carne. Tornando-a diferenciado e mais saborosa.

É uma espécie criada até hoje no Brasil, com muitos adeptos e pessoas que buscam criar, ele é uma excelente opção, resistente e não necessitando de muitos cuidados específicos.

Porco Pietrain

Este porco é oriundo da Bélgica; diferente do Duroc, sua pele é totalmente branca com manchas pretas, dando um aspecto diferenciado para o animal.

É dono de uma excelente massa muscular, por isso é tão utilizada para diferentes tipos de cruzamentos, seu sêmen é importado principalmente da Alemanha, França, Inglaterra e Bélgica para modificação genética e cruzamentos no mundo inteiro; além de conter excelentes pernis, possui pouca camada de gordura, o que deixa o animal ainda mais valorizado.

Ele também é caracterizado pela sua alta produção de leite, além de ser um animal tranquilo, sereno e que não representa perigo algum.

Eles demoram para ganhar peso, mas isso não é um fator negativo se levar em conta seu alto grau de reprodução.

Porco Landrace

Agora vamos falar da raça mais produzida e criada em território brasileiro. O porco Landrace, de origem dinamarquesa, possui uma excelente capacidade de reprodução; o que tornou-o um dos animais mais criados de todo o mundo, não apenas aqui no Brasil.

Sua carne magra, com pouca gordura, conquistou a todos criadores de porcos. Com sua pele majoritariamente branca, ele possui uma ótima corte para pernis.

Eles também são considerados os porcos “clássicos” por assim dizer, já que são os mais criados em diversos sítios, fazendas espalhados pelo pais.

Ele também é considerado ótimo para a reprodução, tanto que foi introduzido em muitos países, inclusive no Brasil, para o melhoramento genético e da qualidade da carne de outras raças.

Em termos de reprodução, ele fica atrás do Duroc e do Wessex. Mas ele está e 3º e é considerado um ótimo reprodutor.

Porco Vermelho ou Red Berkshires

Esta espécie é a mais antiga das citadas aqui, ela que deu origem ao Duroc. É uma espécie oriunda da Espanha e de Portugal.

Eles são considerados os “pais” do Duroc. Já que foram introduzidos em território norte-americano e cruzados com outras espécies.

Eles são oriundos também do condado de Berk, na Grã-Bretanha, por isso o nome. E desta maneira, são considerados animais antigos e extintos.

Eles possuem a coloração avermelhada, por isso o Duroc também possui variações de vermelho.

Existem muitas espécies de porcos, estas foram só algumas, conhece mais? Conte-nos aqui nos comentários.

Gostou do artigo? Continue acompanhando estas e outras curiosidades a respeito do mundo dos animais.

Veja também

Mosca Típula (Melga): Caracteristicas, Nome Cientifico e Fotos

Mosca Típula Olá, hoje você irá conhecer a Mosca Típula, seu fenótipo e muito mais. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *