Home / Animais / Porco Branco: Raças, Curiosidades, Peso e Tamanho

Porco Branco: Raças, Curiosidades, Peso e Tamanho

Conheça a seguir algumas raças de porcos de coloração branco, suas características como peso e tamanho além de algumas curiosidades sobre cada uma.

Belgian Landrace

Essa espécie de porco doméstico teve sua origem na Bélgica, e foi criada a partir de espécies inglesas que haviam sido importadas para o país. Com a seleção artificial, foram melhorando a espécie, que se tornou uma das quatro principais raças de porcos na França.

O maior uso da espécie é para a produção de carne, e frequentemente é misturado com outras espécies para melhorar a qualidade da carne. Não possui uma grande quantidade de gordura, e é bem musculoso, de porte grande. Isso devido a seleção artificial, que foi se adequando com os novos padrões de uma alimentação com menos gordura animal.

A espécie tem uma coloração branca, e possuem orelhas grandes. Apesar de serem de porte médio a grande, ainda são menores que outras espécies de Landrance de outros países. Mas são ótimos para a criação, pois são práticos, tem uma boa fertilidade e são calmos e bem criados quando estão em confinamento.

British Landrace Pig

Esse tipo de porco doméstico tem sua origem na Inglaterra e atualmente é um dos mais populares de todo o Reino Unido. Seu corpo é branco e possui orelhas grandes e pesadas, que conseguem cobrir praticamente quase todo o rosto do animal. É mais utilizado para carne fresca e bacon.

Sua origem começou em 1949, quando 12 espécies de Landrace da Escandinávia foram para a Inglattera. Então em 1950 eles começaram a testar e criar a nova espécie baseada nas características dessas. Em 1955 sua popularidade aumentou tanto, que é considerada um dos motivos pelo qual espécies mais raras de porcos domésticos do Reino Unido foram se extinguindo. Juntamente com o Large White, essa espécie dominou todo o lugar e continua dessa forma até hoje.

Göttingen Minipig

Essa espécie de suíno é conhecida por ser a menor espécie de porco doméstico do mundo todo. Ele, quando já adulto pesa no máximo 27 quilogramas. Outro fator que o faz ser tão reconhecido pelo mundo é em relação ao seu comportamento. O Gottingen tem uma postura dócil, e é muito limpo e cheio de saúde, sendo ótimo para a criação.

Apesar de tudo, é uma raça nova. Começou sua criação na década de 1960 na Alemanha, seu país de origem. Veio do cruzamento de três espécies diferentes de porcos. Seus dois maiores usos, não tem nada a ver com alimento. O primeiro, é para utilização como animal doméstico. O segundo, é para pesquisas médicas, no qual foi designado antes de tudo.

Essa espécie requer menos espaço, menos comida e são bem mais fáceis de serem cuidados. Por isso, são ideais para esses dois projetos que citamos. Ainda para as pesquisas, por seu tamanho ser reduzido, requer uma quantidade menor do composto que está sendo testado. Sua pele tem uma coloração que pode variar entre branco e rosa.

Italian Landrace

Como o próprio nome já diz, essa espécie de porco foi originada na Itália de porcos domésticos. Ela veio do Landrace Danish, lançado na Dinamarca ainda no século 19. Depois da Segunda Guerra Mundial, a raça chegou até a Itália e começou a ser selecionada até chegar nessa espécie.

A Italian Landrace é a segunda maior espécie de porcos em toda a Itália, e é cuidada por diversas ministrações do país. Os maiores da raça são utilizados para fazer o famoso prosciutto e salames. Enquanto que os menores, são utilizados para carne fresca.

Esse porco possui um tamanho grande, principalmente em sua estrutura corporal. Isso porque, o normal nos porcos é a presença de 13 vértebras, entretanto, essa raça tem ou 15 ou 16 dependendo do tamanho. Sua pele não possui pigmento nenhum, enquanto que os pelos são brancos como neve. Seu peso fica em torno de 160 e 170 quilogramas. E é mais comum em fazendas do que em grandes abatedouros.

American Yorkshire

Essa raça de porte grande é descendente de uma raça existente na Inglaterra. Até chegar no Americano, houve um melhoramento gigantesco feito pela seleção artificial. Hoje, ela é a maior raça em toda a Grã-Bretanha, e é encontrada em mais de 46 países.

Esse suíno possui duas variedades que são bem diferentes: Middle White e Small White. A segunda variedade quase não apresenta nenhuma importância econômica. Enquanto que a primeira, já foi de extrema importância, entretanto, hoje está em decadência. Hoje em dia, ao falarmos do Yorkshire, estamos nos referindo à nova variedade, chamada Large White.

Essa variedade possui esse nome por serem brancos e de porte grande. Pesam entre 100 e 120 quilogramas, logo ainda quando estão com seis meses de vida. Mas quando já estão adultos, podem chegar em até 500 quilogramas. Sua pelagem é branca, e possui pelos bem finos e sedosos por todo o comprimento. Alguns casos, também possuem pelos mais escuros, que são considerados defeitos da espécie. Sua pele é rosada e sem rugas. Uma característica comum nessa raça é o aparecimento de manchas azuis na pele. São chamadas de freckles, e quando estão em bastante quantidade, os porcos são considerados condenáveis.

Filhotes de American Yorkshire
Filhotes de American Yorkshire

A cabeça do Yorkshire é de tamanho mediano, com olhos afastados um do outro. O focinho é largo, e suas orelhas são de tamanho médio, um pouco voltadas para frente. O pescoço é bem comprido e apresenta um formato cônico, além de ser muito musculoso. O peito é largo e alto, encontrando-se entre os membros anteriores. O ventre possui de 6 a 7 pares de tetas bem distribuídos.

Esperamos que o post tenha te ajudado a conhecer e aprender um pouco mais sobre algumas raças de porcos brancos e suas características. Não esqueça de deixar seu comentário nos contando o que achou e também deixar suas dúvidas. Ficaremos felizes em ajuda-los. Você pode ler mais sobre porcos e outros assuntos de biologia aqui no site!

Veja também

Como as Minhocas Andam? Como É Seu Sistema Locomotor?

Características Gerais das Minhocas Minhocas são anelídeos, pertencentes à classe Oligoqueta, da ordem Haplotaxida, que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *