Home / Animais / Por Que Não Se Pode Matar Carrapato? O Que Fazer Com Eles?

Por Que Não Se Pode Matar Carrapato? O Que Fazer Com Eles?

Carrapatos são animais comuns mesmo em territórios urbanos. Apesar de ser animais que parasitam em grandes animais como gado os cavalos etcétera a transição do homem entre meio rural e o meio urbano pode trazer esses parasitas as cidades. É comum também encontrar carrapatos em cachorros gatos enfim, onde houver um ambiente propício para isso beijos, eles estarão lá.

O Que São Carrapatos

Carrapatos são insetos parasitas. Ele se estabelece na superfície do corpo de seu hospedeiro. Esse hospedeiro pode ser qualquer animal.  Ao estabelecer-se no corpo, em jejum, o carrapato chega a ser quase um animal plano. A medida que ele suga o sangue de seu hospedeiro, vai tomando o formato oval.

Dependendo da espécie, pode ser tão pequeno, percebido, ou ser confundido com uma pinta uma verruga, seja em humanos ou animais.

Também um dos maiores transmissores de vírus e bactérias. Entenda, não são eles que produzem, e eles não são as próprias bactérias ou vírus, mas transmitem de um hospedeiro para o outro. Ou seja, se é um carrapato em humano, que já esteve em um animal infectado, ele pode transmitir a doença.

Carrapato na Mão de uma Pessoa
Carrapato na Mão de uma Pessoa

Ao picar um hospedeiro, o carrapato libera um anestésico. Ou seja, não é possível sentir incômodo enquanto o parasita está sugando o sangue. Somente depois de retirado aparecem sintomas como coceira, irritação ou dores.

O Que Fazer Com Carrapatos

É possível retirar esse animal do hospedeiro sem ajuda profissional. Porém, precisa de cautela, e assim que retirado é necessário procurar um médico ou um veterinário.  Já citado os carrapatos podem transmitir doenças, essas doenças podem ser graves e legais. Caso não sejam tratadas.

Para retirar carrapatos de animais ou humanos, primeiramente localize o parasita, tenha a ajuda de uma luva e uma pinça.

  • Tirar Carrapatos Da Pele: Pressione a pinça o mais perto da pele possível, certifique-se de que você está apertando a cabeça do carrapato. Puxe com cuidado na direção oposta às patas do inseto, pois as garras que estão presas na pele, estão na mesma direção das patas.
  • Atenção: Nunca, em hipótese alguma, esprema os carrapatos. Retirar com a mão, de qualquer jeito, os espremendo, pode causar muitos danos como, contração de doenças ou bactérias, infecções de pele, irritações na pele, infestação de carrapatos, entre outros.
  • Como matar carrapatos: Depois de retirado, não descarte jogando no chão ou no lixo, e também não esprema nem pise em cima. Caso você faça qualquer uma dessas coisas você pode espalhar ovos que estejam dentro dos carrapatos, espalhar doenças ou até ser infectado. Para descartar os carrapatos do modo certo, ainda com a pinça e com a mão protegida por luva, coloque-o dentro de um copo descartável. Encha esse copo com álcool, vinagre ou água sanitária. Deixe de um dia para o outro, certifique-se de que ele morreu. Descarte no vaso sanitário.

Doenças Dos Carrapatos

Carrapatos são responsáveis pela transmissão de algumas doenças. A mais comum entre elas, aqui no Brasil, é a febre maculosa.

Essa febre é transmitida pelo carrapato chamado carrapato-estrela. Ele transmite essa doença depois de contrai-la de animais como bois, vacas, cavalos e capivaras. Ao encontrar outro hospedeiro, leva as bactérias e vírus.

Os sintomas da febre maculosa podem ser confundidos com sintomas de gripe, anemia e outras doenças. Por isso, se tiver contato com qualquer carrapato, ou mesmo tenha retirado de alguém, ou de algum animal, informe o médico assim que possível. Somente profissionais da saúde poderão diagnosticar com exatidão se você está correndo perigo ou não.

Carrapato no Braço
Carrapato no Braço

Quanto mais cedo for feito diagnóstico, melhor o tratamento. A febre maculosa não é perigosa se for tratada com responsabilidade e cuidado. Caso não seja diagnosticado e tratado a tempo, ela pode ser letal.

Essa é a doença mais comum, porém há outras doenças também transmitidas pelos carrapatos. Por isso, mesmo que consiga retirar um carrapato com sucesso, sem nenhum dano, irritações ou coceiras, procure um médico em seguida. Mesmo sem nenhum vestígio na pele, existe a possibilidade de estar infectado e não perceber.

Como Prevenir E Acabar Com Os Carrapatos

  • Prevenção para humanos: Ao ter contato com grandes animais ou frequentar lugares que possam ter carrapatos como fazendas, sítios, chácaras, estábulos, entre outros, sempre esteja bem protegido, com calça, bota, blusa de manga cumprida, e opte sempre por cores claras, de forma que, caso tenha algum inseto, você possa vê-lo.

Ao retornar, verifique suas roupas, lave-as com sabão de coco e as exponha ao sol. No banho, verifique todo seu corpo, áreas quentes como articulações, couro cabeludo, entre outros. Caso ache um carrapato, siga as dicas para retira-lo, em seguida, procure um médico.

  • Prevenção para pets: infelizmente, animais não conseguem ter a mesma proteção que humanos. Portanto, mantenha o banho do seu pet em dia, verifique sempre a pelugem do seu animal, e esteja sempre atento a saúde dele. Existem produtos e medicamentos que previnem a chegada desses parasitas como sabonetes, talcos ou coleiras. Além disso há produtos de limpeza que são inseticidas e carrapaticidas, isso pode afastar e prevenir a permanência desses parasitas no seu pet. Assim como em humanos, você pode retirar o carrapato do seu pet, com cuidado, cautela e seguindo as instruções já citadas. Porém, assim que retirar, encaminhe seu pet ao veterinário mais próximo. Mesmo que ele pareça bem, sem irritações ou coceira, precisa ser avaliado para saber se não foi infectado por nenhuma doença.
  • Prevenção em casa: A limpeza é essencial. Caso encontre um carrapato na sua casa, isso pode significar que existam outros. Portanto assim que encontrar é hora de fazer uma faxina geral. Depois da faxina, aplique produtos carrapaticidas, deixe que ajam e limpe novamente. Pulverize esses produtos inseticidas e se for necessário repita os processos. Se esses passos não funcionarem, e continuar achando ovos e carrapatos, é hora de chamar dedetizadores.
    Cachorro Com Carrapato
    Cachorro Com Carrapato

Seja responsável. Cuide de sua saúde e saiba que, se você tem um pet, a responsabilidade da saúde dele é sua. Portanto não espere o quadro se agravar para procurar um médico, a prevenção pode ser muito mais valiosa do que a remediação.

Carrapatos podem parecer inofensivos, porém são perigosos. Esteja sempre atento.

Veja também

Marreco de Pequim: Características, Hábitat e Nome Científico

O marreco de Pequim é considerado uma das principais raças atuais de marrecos, ao lado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *