Home / Animais / Pinguim: Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre o Animal

Pinguim: Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre o Animal

Um dos animais que mais chamam atenção das pessoas, devido ao seu modo de andar e sua característica física (que muitas pessoas dizem que são animais sempre de smoking), os pinguins podem ser encontrados na Antártida, América do Sul, sul da África e Nova Zelândia. Vamos saber mais sobre esse animal, com fatos curiosos sobre ele.

Espécies de Pinguim

Existem um total de dezessete espécies de pinguim, que são:

  • Pinguim-de-adélia
Pinguim de Adélia
  • Pinguim-de-galápagos
Pinguim de Galápagos
  • Pinguim-gentoo
Pinguim Gentoo
  • Pinguim-de-magalhães
Pinguim de Magalhães
  • Pinguim-rei

  • Pinguim-azul
Pinguim Azul
  • Pinguim-imperador
Pinguim Imperador
  • Pinguim-africano
Pinguim Africano
  • Pinguim-das-snares
Pinguim das Snares
  • Pinguim-de-humboldt
Pinguim de Humboldt
  • Pinguim-de-barbicha
Pinguim de Barbicha
  • Pinguim-de-colar
Pinguim de Colar
  • Pinguim-de-ridgen
Pinguim de Ridgen
  • Pinguim-macaroni
Pinguim Macaroni
  • Pinguim-real
Pinguim Real
  • Pinguim-saltador-da-rocha
Pinguim Saltador da Rocha
  • Pinguim-de-olho-amarelo
Pinguim de Olho Amarelo

 

Fonte: Canal do Pet

Na costa brasileira, o pinguim encontrado é o Pinguim-de magalhães, Spheniscus magellanicus, que também é encontrado na Argentina e Chile.

Os pinguins podem ter até 1,2 m de altura, sendo a espécie mais alta o Pinguim-Imperador. A espécie mais baixa é o Pinguim- Azul, que chega no máximo a 45 cm.

Os pinguins podem nadar rápido. O campeão na categoria “natação” é o Pinguim-gentoo, que nada a 35 km/h.

Camuflagem de Cores

Os pinguins possuem cores “tradicionais”, que seriam o preto e o branco. Porém, algumas espécies apresentam além dessas outras cores, como o amarelo.

Na verdade, o preto e o branco são cores que auxiliam o animal na camuflagem: o preto, visto de cima, se esconde na escuridão do oceano e o branco, da sua barriga, se esconde na superfície clara, como a neve, por exemplo.

Mas um fato interessante: a cada 50 mil pinguins que nascem, um não tem a pelagem preta e sim marrom.

Sobrevivência por Séculos

Os pinguins são animais bem antigos. Por fósseis, acredita-se que ancestrais deles estiveram junto com os dinossauros, mas conseguiram sobreviver à extinção.

Os pinguins vivem cerca de 30 a 35 anos.

Filtragem de Água do Mar

Enquanto nadam, os pinguins acabam ingerindo grande quantidade de água salgada, mas em seu organismo existe uma glândula, a glândula supraorbitária, que é capaz de filtrar a água salgada ingerida da corrente sanguínea do animal.

Com isso, eles conseguem eliminar o excesso de água pelas narinas.

Troca Única de Penas

Ao contrário da grande maioria das aves, que trocam as penas algumas vezes, os pinguins trocam suas penas uma única vez e de maneira curiosa: eles ficam presos duas a três semanas na terra enquanto há essa troca de penas.

Reprodução em Massa

Pinguins se reproduzem e vivem em grandes colônias de animais, podendo chegar a mil animais por colônias.

Enquanto a Morte os Separe

Pinguins, em sua grande maioria, são animais monogâmicos, que ficam com o mesmo parceiro durante toda a vida. Só trocam de parceiros quando um deles morre ou é infértil.

Memória Excelente

Os pinguins sabem exato onde construíram seu ninho e voltam sempre para o local, por isso são considerados animais com excelente memória.

Ninhos e Incubação a Seus Pés

A grande maioria das espécies fazem seus ninhos com seixos e penas soltas, porém o Pinguim-Imperador é a exceção. Eles incubam um único ovo por estação com seus pés!

Essa espécie, por baixo das penas, uma camada rica em vasos sanguíneos, capazes de fazer aumentar a temperatura para a incubação do ovo.

Fêmeas Caçadoras e Machos com os Ovos

Em algumas espécies de pinguins, as fêmeas saem para caçar e os machos ficam incubando os ovos. Por isso, os machos são mais “gordinhos”, por terem maior porcentual de gordura na composição corpórea e assim conseguem ficar semanas sem comer nada.

Pais Zelosos

Os filhotes de pinguins são cuidados por seus pais por alguns meses, até que os pequenos consigam sair sozinhos para buscar comida e sobreviver.

Os pais só realmente permitem que seus filhotes saiam sozinhos em busca de alimento quando os filhotes já trocaram a penugem. A partir daí, o filhote não conta mais com a ajuda dos pais para obter comida.

Roubando Bebês

A fêmea do Pinguim-Imperador, se tiver um filhote morto, roubará um outro filhote, de outra cria, mesmo sem ter relação alguma com o filhote.

Excelente Audição

Os Pinguins tem excelente sistema auditivo, capaz de captar os sonos de seus filhotes ou parceiras, para poder identificá-los quando eles retornam às colônias cheias de animais.

Vasco da Gama e Antonio Pigafetta

Ambos descreveram os pinguins em seus relatos viajando pelo mundo. O navegador Vasco da Gama descreveu “aves que não voam, tão grandes quanto os patos”. Já Antonio Pigafetta chamou os pinguins em seu relato, em 1520, de gansos estranhos.

Animais Sem Medo

Os pinguins não tem relação com outros animais em suas colônias. Por isso, não demonstram medo quanto tem contato com seres humanos.

Penas Que os Mantém Bem Quentinhos

Pode-se pensar que é a gordura corporal dos pinguins que os mantém quentes, mas não. Quem faz o trabalho são as penas, que causam isolamento térmico, produzindo uma camada de ar quente perto da pele dos animais, sobretudo quando eles estão fazendo esforço, nadando por exemplo.

O sistema circulatório dos pinguins é bem inteligente e não envia sangue para as extremidades, justamente para não congelarem.

Comilões

Os pinguins são animais carnívoros mas algumas espécies se alimentam de plâncton. São animais comilões, que podem comer cerca de 30 peixes em um único mergulho.

Aves Que Não Voam

Embora sejam aves e nadem, os pinguins não voam.

Os pinguins impermeabilizam suas penas para resistirem aos mergulhos com um óleo que sai da cloaca e eles o espalham pelo corpo.

Campeões de Ficarem Sem Respirar Debaixo D’Água

Os pinguins são campeões de apneia. Conseguem ficar debaixo de água sem respirar por até 15 minutos.

Visão Subaquática

Pinguins conseguem enxergar muito bem em águas profundas e escuras, tendo excelente visão subaquática.

Os pinguins permanecem nadando por muito tempo durante a sua vida, conseguindo realizar todas as suas funções vitais dentro da água, inclusive dormir.

Mergulho Profundo

Os pinguins conseguem mergulhar em águas profundas, até 300 m. A natação é auxiliada por suas patas, as quais têm quatro dedos unidos por uma membrana.

Essas foram algumas curiosidades sobre esses animais tão vistosos.

Gostou do texto sobre as curiosidades sobre pinguins? Comente abaixo!

Veja também

Tudo Sobre o Pica-Pau: Características, Nome Científico e Fotos

As aves são essenciais para a vida no planeta, já que o seu trabalho não …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *