Home / Animais / Picapauzinho-Anão: Características, Habitat e Fotos

Picapauzinho-Anão: Características, Habitat e Fotos

A ave picapauzinho-anão é do gênero piciforme, pertencente à família Picidae. Tem porte pequeno e, consequentemente, é difícil de ser notado. Também é chamado pelo nome popular pica pau pequeno (no estado de Pernambuco).

Os piciformes vêm do grupo dos tucanos, araçaris e demais aves pertencentes a esse agrupamento cientifico. São animais ou tanto de pequeno como também médio porte e tem preferência por habitar em áreas arbóreas densas.

Essa ave, o picapauzinho-anão, se divide em 9 subespécies. Além disso, a ave  chamada de picapauzinho-anão e pica-pau-amarelo também recebe os seguintes nomes em nosso país:

  • Pica-pau-anão-dourado
Pica Pau Anão Dourado
  • Pica-pauzinho-de-testa-dourada
Pica Pauzinho de Testa Dourada
  • Pica-pau-anão-amarelo
Pica Pau Anão Amarelo
  • Pica-Pauzinho Dourado
Pica Pauzinho Dourado

Todos os nomes populares fazem referência à estatura, ou seja, ao tamanho pequenino do pica-pau – sendo um dos menores em sua espécie.

Conheça agora mais sobre o Picapauzinho-anão: Características, Habitat e Fotos!

Características do Picapauzinho-Anão

O pica-pauzinho anão mede cerca de 15 cm, sendo assim, o menor exemplar da então espécie Veniliornis. Sua coloração é verde amarelada, sendo mais clara nas áreas inferiores.

A cobertura superior das asas, certamente é salpicada de amarelo. Já sua área inferior do corpo, é barrada em cor cinza. E possui em sua nuca, como também no vértice, a cor vermelha, característica do macho.

A alimentação que mais predomina nessa ave é insetívora. Com toda a certeza, furam galhos e troncos com seu bico como se fosse uma broca.

Semelhante a outras espécies de pica-paus, o picapauzinho-anão, dá pancada ligeiras a fim de descobrir os lugares carunchados na árvore, pois é ali que estão as larvas e besouros dos quais irá se alimentar.

Tanto macho como a fêmea, tem por costume se deslocarem em regiões próximas, na busca de alimentos. Também acompanham bandos mistos pela mata e vão explorando tronco e ao mesmo tempo, apanhando insetos que estiverem sob a casca das árvores.

Apesar de preferir insetos, ele às vezes varia seu cardápio, alimentando-se de abacate ou manga. A época reprodutiva do picapauzinho-anão dura de julho a novembro. O casal copula em colmos de bambu, palmeiras como também galhos secos, onde posteriormente, serão acomodados seus ovos brancos e brilhantes.

Habitat do Picapauzinho-Anão

Essa ave procura viver em ambientes abertos como, por exemplo, clareiras, bordas de matas secas, cerrados, matas de galeria, caatingas, bem como matas de várzea e também e terra firme.

Também permanece em mata secundária, ripária e matas com bambu, mangues, ambientes rurais, campos com também pastos. O picapauzinho-anão encontra-se às vezes solitário, em grupos familiares e aos pares. Muitos deles se mostram ariscos se movendo rapidamente, fugindo de qualquer barulho atípico.

Isso porque costumeiramente, os pica-paus evitam o contato com os humanos, assim que ouvem sua presença, se escondem atrás de troncos e copa das árvores. E com toda a certeza, essa atitude do pássaro, torna sua observação mais difícil.

Sendo observado em diversas áreas florestais, eles atravessam rapidamente em vôos ondulados, locais de campo entre capões e árvores, consequentemente, isoladas, aparecendo sempre em lugares cujos arbustos sejam densos.

Distribuição Geográfica – Picapauzinho-Anão

A ave picapauzinho-anão é encontrada nos países da Bolívia, Paraguai, Venezuela, como também no Brasil amazônico – que vai até o a região oeste do Paraná e que compreende a região do interior do Nordeste. A distribuição geográfica na América Latina dessa ave é:

  • Ssp agilus: Equador, oeste do Brasil e Bolívia
  • Ssp diversus: Norte do Brasil
  • Ssp fidelis: Colômbia e Venezuela
  • Ssp passerinus: Guianas e nordeste do Brasil
  • Ssp insignis: Centro-oeste do Brasil
  • Ssp modestus: Venezuela
  • Ssp olivinus: Bolívia, sul do Brasil, Argentina e Paraguai
  • Ssp taenionotus: Leste do Brasil
  • Ssp tapajosensis: Brasil

Subespécies do Picapauzinho-Anão

Essa espécie apresenta 9 subespécies. São elas:

  1. Veniliornis passerinus passerinus (Linnaeus – 1766): Tem coberteiras superiores das asas com ausência das pontas claras e os lados da cabeça na coloração marrom-dourado. Seu lado ventral é barrado escuro com tambem esbranquiçado. É encontrado no Norte do Brasil, nos estados de PA, RR, Ap e vai até a Ilha de Marajó.
Veniliornis Passerinus Passerinus
  1. Veniliornis paserinus agilis ( Cabanis & Heine – 1863): Ave com coberteiras superiores também sem as pontas claras. Tem faixa superciliar bem como malar na coloração clara. Encontra-se na região amazônica, estendendo-se até o oeste do Brasil.
Veniliornis Paserinus Agilis
  1. Veniliornis passerinus diversus (Zimmer – 1942): Exemplar que não possui pontas claras em suas coberteiras superiores das asas. Seu lado ventral é amplamente barrado sendo que as coberteiras então superiores das asas, tem uma fina estria mediana, visivelmente clara. O macho da espécie apresenta parte traseira do alto da sua cabeça a coloração vermelha. Vive no extremo norte do Brasil.
Veniliornis Passerinus Diversus
  1. Veniliornis passerinus fidelis (Hargitt – 1889): É encontrado na região leste da Colômbia indo até o Oeste da Venezuela
Veniliornis Passerinus Fidelis
  1. Veniliornis passerinus insignis (Zimmer – 1942): Ave que não possui pontas claras em suas coberteiras superiores das asas. Já seu lado ventral tem barras claras, porém, mais largas do que as escuras.  E sua cabeça tem a cor vermelha da metade traseira da cabeça indo até a nuca. Vive no Oeste do Brasil e também na região sul do rio Amazonas.
Veniliornis Passerinus Insignis
  1. Veniliornis passerinus modestus (Zimmer – 1942): Encontra-se na região Nordeste da Venezuela.
Veniliornis Passerinus Modestus
  1. Veniliornis passerinus olivinus (Natterer & Malherbe – 1845): Suas coberteiras na região superior das asas tem as pontas claras. Tem coloração vermelha que vai do alto da cabeça até a parte traseira, ou seja, na nuca. Os lados da  ca
    Veniliornis Passerinus Olivinus

 

  1. Veniliornis passerinus taenionotus (Reichebach – 1854): O macho dessa espécie tem a cabeça inteiramente vermelha, com seu lado ventral fortemente barrado. Suas coberteiras superiores das asas são de pontas claras e vive na parte Nordeste do Brasil que vai desde o estado do Maranhão até chegar na Bahia.
Veniliornis Passerinus Taenionotus
  1. Veniliorins passerinus tapajozensis (Gyldenstolpe – 1941): Essa ave tem coberteiras superiores das asas, consequentemente, sem pontas claras. Também não possui faixa tanto superciliar quanto malar. Seu lado dorsal apresentada coloração amarelada e com manchado vermelho. Vive na região Norte do Brasil, mais especificamente, próximo ao rio Tapajós.
Veniliornis Passerinus Tapajozensis

Classificação Científica do Picapauzinho-Anão

  • Reino: Animalia
  • Filo: Chordata
  • Classe: Aves
  • Ordem: Piciformes
  • Família: Picidae
  • Gênero: Picumnus
  • Espécie: Veniliornis paserinus
Veniliornis Passerinus

Veja também

Comportamento do Marisco, Hábitos e Modo de Vida do Animal

Por definição, mariscos ou frutos do mar seriam algumas espécies de moluscos ou crustáceos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *