Home / Animais / Picada de Carrapato na Gravidez Pode Ser Perigoso? Qual o Risco?

Picada de Carrapato na Gravidez Pode Ser Perigoso? Qual o Risco?

Hoje vamos falar um pouco sobre os riscos de uma picada de carrapato, podemos dizer que da mesma forma que os ácaros estão relacionados às aranhas,  os carrapatos também.

Esses animais apesar de pequenos são parasitas, podem estar presentes nos nossos animais ou até no nosso corpo mesmo nos trazendo diversos tipos de doenças. Cada tipo de carrapato pode transmitir doenças diferentes. Vamos citar alguns exemplos:

Carrapato de veado pode transmitir doenças como:

  • Doença de Lyme 
  • Babesiose

Pois carregar bactérias e protozoários.

Outros tipos de carrapatos também podem transmitir:

  • Febre maculosa  das montanhas rochosas
  • Ehrlichiose

O Carrapato Pajaroello por exemplo quando pica deixa algumas bolhas com pus no local, quando elas estouram viram feridas que depois se tornam escaras.

É importante saber que na maior parte das vezes uma picada desse animal não dói e nem causa doenças. O que acontece na maioria das vezes é uma reação alérgica local dependendo da pessoa, mas nada grave.

Picada de Carrapato na Gravidez Pode Ser Perigoso? Qual o Risco?

Barriga de Grávida
Barriga de Grávida

Muitas grávidas têm essa dúvida, por isso vamos esclarecer alguns pontos. Como dissemos acima, na maioria das vezes nada de grave acontece.

O risco de uma gestante ser picada por um carrapato só vai ser perigoso caso o animal seja portador de doenças, como é o caso da transmissão da Doença de Lyme.

Caso você seja picada por um carrapato você deve avaliar alguns pontos antes de ficar muito preocupada, são eles:

  • Você reside em um local onde é comum serem identificados caso dessa doenças;
  • Tem sentido alguns sintomas físicos como paralisia da face, dores musculares ou nas articulações, cansaço, febre, lesão na pele ou arrepios?

Caso a sua resposta seja positiva para os itens acima ou não se sinta segura procure seu médico.

Essa enfermidade quando não cuidada com atenção pode oferecer risco ao bebê. Além disso, pode causar outros problemas neurológicos, cardíacos, na coluna vertebral  e etc.

Mas fique tranquila, esses problemas podem ser evitados quando tratado com um profissional da sua confiança.

Consultando o Médico

Caso o profissional baseado nos seus sintomas suspeite que você tenha contraído a doença de Lyme te conduzirá para tratamento com antibióticos por cerca de 2 a 4 semanas, é bem possível que utilize amoxicilina.

No caso de seus sintomas gerarem dúvidas, certamente ele solicitará um exame de sangue para confirmar o diagnóstico. Esse exame de sangue consegue detectar a doença com mais facilidade quando a infecção ocorre com mais tempo antes da realização. Por isso é importante saber que antes de 4 a 6 semanas da ocorrência da infecção o exame pode não conseguir detectar.

Qual é o Tratamento Que A Gestante Deve Seguir?

Ainda existem poucos estudos sobre o problema, por isso não se conhece muito bem quais efeitos o feto sofrerá quando a mãe realiza o tratamento correto com antibióticos. Na real não existe um tratamento oferecido especificamente as gestantes, o tratamento recomendado é o mesmo utilizado pela população em geral. A diferença está apenas em não usar alguns antibióticos que são proibidos para mulheres grávidas.

Geralmente o tratamento ofertado seria a administração de 500 mg do medicamento amoxicilina dividido em três vezes por dia durante o período de 2 a semanas. Caso você seja alérgica à amoxicilina, certamente será indicado 500mg de Axetilcefuroxima duas vezes por dia.

Não se preocupe com relação a amamentação, visto que estudos não encontraram casos onde a doença foi transmitida pelo leite da mãe ao bebê.

Se Recuperando da Doença de Lyme

Carrapato na Pele
Carrapato na Pele

Caso você já tenha sido orientada pelo médico a tomar as medicações procure agora repousar bastante. Assim como acontece com outras enfermidades, pode ser que demore até que você se sinta completamente melhor.

Uma dúvida bem comum é se existe uma forma ou algum exame que detecta que seu corpo está livre do Lyme, mas infelizmente ainda não existe nenhuma forma. Até porque o nosso sistema imunológico memoriza essa infecção por muito tempo mesmo depois de combatê-la, por isso não se assuste caso repita o exame e continue apontando como positivo, isso pode levar de meses até anos para mudar e não quer dizer uma reinfecção.

De qualquer forma, a partir de agora procure se prevenir das picadas, pois se não correr o risco de ser picada por outro portador da doença e ficar doente de novo.

Dicas de Proteção Contra a Doença de Lyme

Doenças de Lyme
Doenças de Lyme
  • Não passe o dia sem utilizar repelente contra insetos, opte pelas fórmulas que possuem cerca de 20 a 30% de N,N-Dietil-m-toluamida;
  • Aplique permetrina em suas roupas, ou compre roupas que já contenham.
  • Sempre que chegar em casa tome banho e confira se não há alguma picada;
  • Fique atenta a algumas partes específicas do seu corpo como virilha, axila, atrás dos seus joelhos e no cabelo. Pois são esconderijos perfeitos. 
  • Seque suas roupas em alta temperatura por cerca de 60 minutos, utilizando uma secadora para se assegurar.

Como Remover Carrapato

Você sabia que a remoção não é tão simples, ela deve ser feita o mais rápido possível mas seguindo alguns cuidados.

Utilize uma pinça no formato curvo para pegá-lo, bem rente a pele. Retire o carrapato por inteiro com muito cuidado. Pois qualquer resquício que fique pode inflamar o local.

Depois de removido, aplique alguma solução antisséptica no local. Caso apresente sintomas como inchaço, ou descoloração pode ser que precise utilizar um anti histamínico para evitar uma reação alérgica mais grave.

Caso note que o animal ficou muito tempo na sua pele, um indício disso é o animal estar inchado, pode ser que seja necessário a administração de alguns antibióticos para prevenir doenças como o de Lyme.

Em situações em que o carrapato ao picar cause algum dano mais sério na sua pele, como pode acontecer na picada do carrapato, o pajuelo procure um médico. Pode ser necessário uma limpeza mais cuidadosa da área, pode ser necessário também que o médico retire toda a pele machucada para erradicar complicações no local. Para ter mais segurança é possível que seja indicado algum corticoide, e também soluções antissépticas para tratar o local da infeção.

Veja também

Mastim Tibetano

Qual a Raça de Cachorro que Parece um Leão?

Hoje vamos falar sobre uma raça de cachorro bem curiosa e muito incrível também Então …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.