Home / Animais / Pica-Pau Oliváceo: Características, Nome Científico e Fotos

Pica-Pau Oliváceo: Características, Nome Científico e Fotos

A ave pica-pau oliváceo, que também tem o nome de pica-pau verde oliva, obviamente tem essa nomenclatura por ter exatamente essa cor. Ele vive na guiana, México, na região noroeste da Argentina, Trinidad e também em Tobago.

Quer saber mais sobre essa ave? Fique por aqui e saiba sobre o Pica-pau oliváceo: características, nome científico e fotos e muitos mais!

Essa ave se caracteriza, em especial, pelas penas de cor verde oliva na região superior do seu corpo, uma coloração branca na região dos olhos e que fica em evidência quando esse pássaro anda.

Os pica-paus oliváceo machos têm bigodes na cor vermelha e as fêmeas de coloração escura.A parte de cima da cabeça se divide em 2 cores: vermelho até a nuca e preto que vai até a testa do animal.

Já as asas e as costas da ave têm um tom avermelhado que lembra ferrugem. A ave pica-pau de azeitona dourada tem 22 cm de altura e seu peso é de aproximadamente 68 gramas.

Nome Científico do Pica-Pau Oliváceo

O nome científico do pica-pau-oliváceo vem do grego kolapte, koplato que quer dizer bico em forma de cinzel, bicada. E também do latim rubiginosus que significa enferrujado, avermelhado o que forma o nome Ave avermelhada com bico de cinzel ou ave enferrujada e olivácea (verde oliva)

Pica-Pau Oliváceo

Já a classificação científica oficial dessa ave é:

  • Reino: Animalia
  • Filo: Chordata
  • Classe: aves
  • Ordem: Piciformes
  • Família: Picidae
  • Gênero: Colaptes
  • Espécies: C. rubiginosus
  • Nome binomial: colapte rubiginosus

Hábitos e Habitat Pica-Pau Oliváceo

O pica-pau oliváceo vive em florestas principalmente as predominantemente abertas como também é chegado em regiões montanhosas. Na época de acasalamento, a fêmea bota de 2 a 3 ovos branco no ninho feito em arvores.

A encubação dos ovos é feita tanto pelo macho como pela fêmea. Os filhotinhos são alimentados através do processo de regurgitação. Pelo fato de viverem em locais montanhosos, em sua maioria, separado por rios densos, isto fez com que a ave evoluísse para mais de 20 subespécies!

Alimentação do Pica-Pau Oliváceo

A alimentação do pica-pau oliváceo se baseia em larvas, besouros, insetos e formigas. Ele costuma bicar freneticamente a casca das árvores a fim de capturar os insetos que estão logo abaixo.

O alimento preferido dessa ave são os cupins mas também consomem bagas e frutas.

1 – Comilão: o pica-pau oliváceo come muito, isso porque ele gasta muita energia justamente para conseguir manter sua dieta equilibrada e pare para pensar: bicar incessantemente cascas duras de árvores não deve ser muito fácil. E, além disso, ele procura seu próprio alimento e precisa levar para sua família e ainda é solidário, dividindo com a ave mais próxima dele.

Curiosamente, essa ave precisa de pelo menos de 900 a 1.000 larvas porá dia para estar apto para grandes caçadas, executando cerca de 12.000 mil picadas ao dia.

2 – Estoque de alimentos: a ave chamada de pica-pau das bolotas tem por instinto, armazenar sua comida durante os períodos de primavera e verão para garantir seu alimento durante o inverno. O pássaro armazena bolotas de comida e cada casco de árvores, através de um buraco que ele faz com seu bico.

3 – Presentes da natureza: o bico do pica-pau oliváceo é muito forte e resistente – principal ferramenta para a ave conseguir retirar larvas e insetos das árvores que são o seu alimento.

Ele golpeia com precisão de milésimos de segundos com a ajuda da sustentação de suas patas que são dispostas em 4 dedos, dois para frente e dois para trás, facilitando se empoleirar, onde quer que esteja.

Esta ave bica a casca de uma árvore de 15 a 16 x em apenas 1 segundo. Aliás, é esse movimento que gera aquele conhecido barulho que caracteriza a ave.

Para amenizar problemas no bico do animal devido a essas fortes pancadas, a língua e narinas do pica-pau oliváceo são conectadas ao seu cérebro, protegendo sua cabeça durante as perfurações que ele executa.

O pica-pau oliváceo tem o crânio mais espesso que a de outros animais. Essa evolução deve-se ao fato do cérebro precisar de proteção extra, por causa das bicadas da ave.

Surpreendentemente, o pica-pau consegue alcançar a velocidade de uma bala em curso quando está perfurando e essas bicas podem facilmente serem 1.000 vezes mais fortes que a gravidade.

4 – Trabalhador incansável: o pica-pau oliváceo, como a maioria dos pica-paus, são trabalhadores incansáveis. Passam mais de 18 horas perfurando superfícies para encontrar alimentos, estocar alimentos, fazer ninhos e abrigos e demarcar o território

5 – O famoso personagem estadunidense de desenho animado, o Pica-pau, foi inspirado nessas aves, pela sua agilidade, independência e astúcia.

6 – Variedade: há mais de 200 espécies dessa ave reconhecidas mundialmente. Cerca de 50 delas estão presentes no Brasil, como o pica-pau olíváceo.

Espécies de Pica-Pau Encontradas no Brasil

Além do curioso pica-pau oliváceo, que foi tema desse artigo, conheça outras espécies interessantes de pica-paus que vivem por aqui:

O pica-pau anão dourado (Picumnus aurifrons) é um dos menores pica-paus do Brasil e do mundo. A espécie não ultrapassa os 8 cm – mesmo quando adultos. Vive, em especial, na Amazônia, mas também é encontrado em regiões do estado do Mato Grosso.

Picumnus Aurifrons

Já o pica-pau rei (Campephilus robustus) se trata do maior pica-pau do Brasil. Ele pode ultrapassar os 40 cm, ale de ser robusto. Tem uma aparência bem interessante, possuindo cabeça no tom vermelho vivo e o peitoral com listras bem definidas em preto e branco (no sentido  horizontal). Vive no estado de Goiás, de Minas Gerais, em parte do estado da Bahia e, também, o Rio Grande do Sul.

Temos também o simpático e belo pica-pau chocolate (Celeus elegans). O seu nome popular faz referencia a plumagem marrom-chocolate. Chega até 20 cm quando adulto e vive, sobretudo, na região da Amazônia. Tem um mix de cores muito bonito, onde há detalhes em azul, roxa e laranja – além do chocolate.

Veja também

Cores do Basset Hound: Preto, Branco e Marrom com Fotos

Raça originária na França, o Basset Hound é conhecido pelas suas orelhas grandes e caídas; …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *