Home / Animais / Pelicano-Comum: Características, Nome Científico, Habitat e Fotos

Pelicano-Comum: Características, Nome Científico, Habitat e Fotos

  • Nome científico: Pelecanus onocrotalus
  • Classe: Aves
  • Ordem: Pelacaniforme
  • Família: Pelecanidae
  • Países: América do Norte, Central e Sul. Europa e Ásia
  • Habitat: Vive muito bem tanto em águas salgadas como em águas doces. Em terra não se locomove muito bem, porém voa e nada com maestria.
  • Nome Popular: Pelicano-branco

Pelicano-Comum

O pelicano é uma ave que gosta e vive em ambientes aquáticos, saindo das águas apenas para montar seus ninhos. Ele se alimenta de peixes pequenos ou de até dois quilos, e seu bico tem uma espécie de papo que o ajuda a pescar e se alimentar, deixando os peixes nesse local, e também como meio de alimentar seus filhotes, deixando seus filhotes comerem a comida regurgitada dentro de seus papos.

Por conta do seu papo grande, ele gasta apenas uma hora por dia para caçar peixes, o que é um grande feitio no ponto de vista de evolução. Os peixes podem sobreviver dentro desse papo por um grande período de tempo por conta de alojar um pouco de água junto, porém o pelicano costuma o comer em poucos minutos.

Os pelicanos costumam colocar de dois a três ovos por vez, e são chocados por um pouco mais de um mês, e depois que os filhotes nascem, quem os alimenta é o pelicano macho por mais de quatro meses.

Outra característica dos pelicanos é que assim como os pinguins, em suas patas existe uma membrana que liga seus dedos e com isso os auxilia a nadar em maior velocidade, fugindo de predadores e também caçando os peixes para se alimentarem.

Características

Conhecido por diversos nomes como pelicano-vulgar, pelicano-branco, pelicano-americano, seu diferencial é que toda sua pelagem é branca, com a ponta das asas pretas no caso dos pelicanos-americanos, sendo meio acinzentada quando os filhotes nascem e clareando depois quando chegam na idade adulta.

Dizem que sua pesca é um pouco mais agressiva que dos outros pelicanos, e se alimentam principalmente de peixes maiores e mais gordurosos. Costumam pescar e caçar em grupos. Seu voo é muito conhecido por formarem no céu um formato de “V”, sendo o líder a ponta principal e os demais compondo os outros dois lados até chegar ao mais novo.

Características do Pelicano-Comum
Características do Pelicano-Comum

O pelicano é muito conhecido na Igreja Católica por representar Jesus. Algumas pessoas acham que isso se deve pelo simples fato do Messias também ser pescador, mas na realidade seu significado é muito mais profundo.

Um pelicano quando tem filhotes e um dia ruim de pesca, ou seja, onde deixaria seus filhotes com fome, arranca da própria carne para dar para os filhotes comerem. Esse ato tão bonito e dolorido foi representado pela Igreja há muitos anos atrás para representar Jesus que segundo a Bíblia também deu a vida pelos seus filhos no mundo.

O pelicano tem uma glândula que que solta uma espécie de gordura, chamada de glândula de preparação, onde ela passa a gordura sobre suas penas, impermeabilizando a entrada de água e facilitando para nadar e caçar peixes diretamente da água.

Reprodução

Pelicano é um animal que anda em bandos, e em época de reprodução, os machos ficam batendo suas asas e fazendo barulhos e mexendo seus bicos para que a fêmea escolha algum deles.

Após a fêmea escolher seu parceiro, eles acasalam no período de um dia e após esse período a fêmea coloca seus ovos, geralmente dois ou três e monta seu ninho. Esse período de chocar seus ovos é de um mês e durante esse tempo, o macho a alimenta, e essa relação ocorre de forma monogâmica e depois que os filhotes nascem, ele também fica responsável pela alimentação deles. O período de transição de filhotes para pelicanos jovens e independentes é de cerca de quatro meses.

Filhotes de Pelicano-Comum
Filhotes de Pelicano-Comum

A alimentação desses filhotes ocorre da seguinte maneira: o pai come o peixe, e depois regurgita a comida e oferece para o filhote em seu bico. É com certa dificuldade que os filhotes se alimentam, pois, seus bicos também são grandes, porém não foi vista nenhuma outra maneira de alimentá-los. Algumas vezes também se vê que os filhotes quando antes dos trinta dias tem uma espécie de convulsão depois de comer, e os pais tem que bater e massagear suas cabeças para que os mesmos não percam a consciência e cheguem a falecer.

Com cerca de quase dois meses, os filhotes são colocados juntos, e são cuidados de forma revezada pelos pelicanos adultos. Depois quando completam quatro meses, continuam andando em bando, porém livremente, se alimentando sozinho por exemplo. Chega a fase reprodutiva com cerca de quatro anos.

Geralmente essa reprodução ocorre perto de lagos e mares para que fique com a alimentação mais próxima, e em períodos quentes, para que os peixes nadem perto das costas ou fique próximo a superfície para que os pelicanos possam caça-los em seu bico.

De forma comum, os pelicanos estão sempre em áreas quentes e por isso são encontradas diversas espécies no mundo todo, menos na Antártida, somente em países e locais mais quentes como América, Europa, Ásia e África.

No caso do pelicano-comum ele é muito encontrado em continentes americanos e continente europeu. Os demais pelicanos têm diferenciações nas suas penas, tendo detalhes em amarelo ou até mesmo uma pelagem bem mais escura como o caso do pelicano-pequeno.

Curiosidades Sobre o Pelicano-Comum

São animais muito sociáveis e só vivem em comunidades assim como os pinguins.

Embora cheguem tarde a idade reprodutiva, os pelicanos podem viver por muitos anos, sendo cerca de vinte anos em habitat natural e até mais de cinquenta em criadouros.

O pelicano é visto em muitos filmes e desenhos por conta de sua bolsa no bico carregando diversos materiais como bolsa, dinheiro, etc. Porém seu papo é utilizado exclusivamente para se alimentarem.

Também não se sabe ao certo quando essas aves surgiram que em suas primeiras descrições eram muito confundidos com gansos por conta de seu bico grande ou com cisnes por conta de sua pelagem mais clara.

Por conta da poluição de águas e mares, muitos pelicanos perderam os peixes como alimentos e foram vistos se adaptando a esses ambientes comendo filhotes de outros pássaros, porém isso ainda não é comum para as espécies.

Veja também

Meu Cachorro Está Estranhando Todo Mundo. E Agora?

Os cachorros ganharam enorme importância na vida das famílias brasileiras. Esses animais se tornaram tão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *