Home / Animais / Para Que Servem os Espinhos dos Equinodermos?

Para Que Servem os Espinhos dos Equinodermos?

O mundo marinho pode ser muito diferente daquele que as pessoas estão acostumadas a ver no dia a dia, o que possui fatores positivos, mas também gera curiosidade em saber como se dão as relações no fundo do oceano. Assim, há animais muito diferentes presentes no mar, com aparência não muito comum para as pessoas e capazes de criar espanto em muitos.

É o que acontece com os equinodermos, por exemplo, animais do filo Echinodermata. Marinhos, esses animais têm detalhes que podem ser novos e diferentes para as pessoas. Os sistemas dos animais desse filo costumam ser muito simples, até mesmo pelo tamanho reduzido desses animais. Logo, vale lembrar que os equinodermos possuem um sistema de locomoção e um sistema nervoso muito simplificados. O sistema de digestão dos equinodermos, então, é ainda mais simples e pode ser explicado em algumas poucas linhas de um texto.

Porém, muitos se perguntam o porquê de os animais do filo possuírem espinhos, além de tentarem entender as funções desses espinhos para os equinodermos. Se você também possui interesse em conhecer as funções dos espinhos nos equinodermos, veja abaixo mais informações sobre tais animais, bastante presentes por toda a extensão do oceano.

Espinhos e Características dos Equinodermos

Os espinhos têm função de proteção na grande maioria dos seres vivos em que existem, não sendo nada diferente com os equinodermos. Dessa maneira, os equinodermos possuem tais espinhos para se protegerem de outros animais ou até das pessoas. Isso é essencial para o modo de vida dos equinodermos, sendo algo muito importante para a manutenção da sua vida. Ademais, os equinodermos possuem uma série de outros detalhes interessantíssimos em sua composição, como é o caso da capacidade de regeneração.

A regeneração, assim, possibilita que partes do corpo que foram retiradas possam retornar.. Os equinodermos costumam fazer uso da ação para confundir predadores, pois, ainda que os predadores sejam capazes de morder uma parte do animal, não o matarão e nem causarão danos permanentes. Quanto às funções mais básicas, a respiração dos equinodermos, por exemplo, é feita a partir das brânquias, onde as trocas gasosas se dão muito facilmente.

A respiração ainda acontece nos pés ambulacrários, pelos quais circula a água do animal. O sistema de respiração dos equinodermos, contudo, é muito simples e não possui grandes complexidades em sua forma de atuação. Por certo lado, isso é bastante positivo, já que o animal não gasta tanta energia para a realização das reações.

Digestão e Reprodução dos Equinodermos

Reprodução dos Equinodermos
Reprodução dos Equinodermos

Os equinodermos se alimentam de forma simples e também fazem a sua digestão de maneira simplificada. O mais comum é que esses animais possam comer outros pequenos animais e as algas, sendo ambos muito nutritivos para o desenvolvimento dos equinodermos.

A estrela-do-mar, um grande símbolo dos equinodermos, é carnívora e, assim, come muitos outros animais menores. Porém, há questões que são únicas a cada tipo de animal. O sistema de digestão dos equinodermos, na realidade, contém apenas intestino, ânus, boca e estômago. Porém, apenas com esses órgãos e tecidos é possível realizar todo o necessário. Já quanto à sua reprodução, os equinodermos a realizam da forma sexuada. Logo, os animais possuem sexos separados, ocorrendo a troca de gametas entre o sexo feminino e o masculino.

A fecundação é externa e acontece na água, o que é bastante comum em animais marinhos ou até mesmo em alguns de água doce. As larvas que nascem rapidamente ganham vida própria, sem a necessidade de estar perto dos pais, nem mesmo nos primeiros momentos de vida. Esse tipo de cenário é inimaginável para os mamíferos, por exemplo.

Excreção e Circulação dos Equinodermos

Espécies de Equinodermos
Espécies de Equinodermos

Os equinodermos possuem um sistema excretor, como já se deve imaginar, também simplificado e criado para ser o mais eficiente possível dentro do que representa. A liberação de substâncias por parte do corpo, assim, é realizada pelo mesmo local onde há a circulação de água nos equinodermos.

Assim, essas substâncias aproveitam a corrente criada pelo corpo do animal e são atiradas para longe. Sobre a circulação dos equinodermos, assim como as pessoas têm o sangue para tal, os equinodermos possuem um tipo de líquido azul que passa ao longo de todo o corpo, levando nutrientes para outras partes do corpo. Assim, em muitos momentos de explicações, há a correlação com o sangue para as pessoas.

Uma diferença básica é que o sangue humano possui muito mais nutrientes em sua circulação do que o líquido azul dos equinodermos, até mesmo pela forma como esses animais possuem dificuldade em alcançar esses nutrientes. Vale lembrar que a captura de alimentos não é tão fácil para os equinodermos, que não possuem grandes capacidades ligadas à predação. De qualquer forma, o certo é que os equinodermos se mostram capazes de realizar a sua circulação, levando substâncias para todas as partes do corpo.

Parte Nutritiva dos Equinodermos

Equinodermos- Estrelas do Mar
Equinodermos- Estrelas do Mar

Os equinodermos são animais que se alimentam de algas ou, então, de animais ainda menores. Dessa forma, alguns equinodermos apenas comem carne e outros apenas são capazes e consumir as algas. Alguns tipos de equinodermos possuem uma dieta muito bem definida e restrita, sem a capacidade de comer qualquer tipo de alimento.

Já outros equinodermos comem alimentos variados e diversificados, sem tanta preocupação com a sua digestão. No caso da estrela-do-mar, por exemplo, muitas vezes esse tipo de animal consegue desenvolver grande sensibilidade na busca por alimentos.

Por vezes, na realidade, a estrela-do-mar é capaz de cavar o solo em busca de animais mortos enterrados, já que os equinodermos também podem comer carniças. Portanto, comer os restos de outros animais não é exatamente algo distante para os equinodermos, que ainda podem consumir o que sobra das refeições de peixes maiores ou simplesmente comer as carcaças de animais marinhos mortos.

A verdade, no fim das contas, é que o ambiente marinho oferece muitas possibilidades em relação a alimentos e, como é natural no mundo animal, os equinodermos aproveitam cada um desses nutrientes para se manterem vivos. Portanto, se você deseja ter um equinodermos no aquário de casa, como uma estrela do mar, saiba que a alimentação desses animais é diversa.

Veja também

Ficha Técnica do Pica-Pau: Peso, Altura, Tamanho e Imagens

Os pica-paus são aves cuja nomeação deriva de uma prática comum: o ato de tamborilar, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *