Home / Animais / Para Que Servem as Borboletas na Natureza?

Para Que Servem as Borboletas na Natureza?

O que São Borboletas?

Borboletas são insetos que chamam atenção pelo encantamento e diversidade de cores. Elas apenas não ficam em ambientes frios e desérticos, porém no restante do mundo elas estão presente dando vida ao ambiente com as mais diversas tonalidades.

Suas curiosidades são principalmente por conta das diferenças em relação aos outros insetos que muitas vezes trazem nojo e repulsa a maioria, as borboletas são ao contrário. Mostram beleza e são até mesmo caçadas para serem colocadas em aquários ou outros ambientes como maneira de colecionadores aproveitarem do que a natureza promove.

A maioria fica no local de seu nascimento e não costumam migrar. Porém, algumas outras como meio de sobrevivência mudam de países como forma de seguir as estações mais quentes como primavera e verão é o caso das borboletas Monarcas que vão do Canadá ao México anualmente.

Todas as espécies de borboletas não possuem um ciclo de vida muito grande, porém em alguns casos, elas podem viver até quase um ano. No Brasil por conta das mais diversas espécies de flores e matas, existem mais de 5 mil espécies e borboletários que são muito frequentados pelos pequenos principalmente em grandes centros urbanos como maneira de preservar em locais que a natureza foi bem devastada.

Mas, afinal de contas para que servem as borboletas? Continue acompanhando esse guia feito pelo Mundo Ecologia para saber sobre essas e mais novidades.

Para Que Servem as Borboletas na Natureza?

Além de colorir ambientes, engana-se quem não sabe que as borboletas possuem tarefas muito importantes como polinizar e servir como alimento, até mesmo indicar ambientes propícios para plantação, entre outros fatores.

  • Polinização

As abelhas são os principais insetos com essa função, porém as borboletas não ficam atrás. Enquanto as primeiras gostam de flores menores e mais discretas, as borboletas gostam das que são grandes e possuem cores vivas. O pólen fica colado em suas patinhas e repassado enquanto ela pousa sobre outra e isso ocorre a fecundação das flores na natureza.

Polinização das Borboletas
Polinização das Borboletas
  • Indicador de Ambiente Saudável

Fato comprovado: um local que possua muitas borboletas indica que ali a natureza está se reproduzindo de forma saudável e com muitas flores, frutos, enfim, como deve ser. Isso serve principalmente para plantações e cultivos, pois assim os responsáveis podem acompanhar o amadurecimento de tudo que foi feito e tê-las por perto significa que está tudo bem com o ecossistema.

  • Indicador de Mudanças Climáticas

Complementando o fator acima, as borboletas não sobrevivem em locais que a mudança de temperatura seja brusca. O tempo de adaptação e evolução é maior que o tempo que muitas vezes esse aumento ou diminuição de temperatura ocorrem e por conta disso, sua presença também indica que o aquecimento global entre outros fatores não tem alterado aquele local.

Duas Borboleta
Duas Borboleta
  • Controle de Pragas

A borboleta serve de alimento para ratos, gatos selvagens, lagartos, pássaros e lagartixas. Ou seja, ela é comida primeiro que as flores e frutos que estiverem no local, e isso principalmente para quem planta para comercialização é essencial. Já que a falta delas, faz com que esses predadores ataquem principalmente as frutas. Além das borboletas algumas vezes serem tóxicas e matarem esses animais, fazendo o controle na natureza para que o excesso desses animais não reflita nas plantações diretamente.

  • Investimento Econômico

Pode parecer que não, mas as borboletas movimentam a economia, principalmente no México, onde existe o maior número de espécies e alguns locais atraem turistas e estudiosos do mundo inteiro que pesquisam e falam sobre sua reprodução, até mesmo se suas asas são tóxicas, suas funções de polinização que no caso com a extinção das abelhas é a mais importante para o meio ambiente e seu habitat natural.

Curiosidades Sobre as Borboletas

Muitas curiosidades e informações importantes são essenciais para entender a complexidade da existência das borboletas. Esse animal tão sensível e pequeno, com ciclo de vida tão curto sobreviveu as mais diversas extinções e estão presentes na Terra há 50 milhões de anos.

Ou seja, embora sua evolução seja demorada, não podemos deixar de destacar que ela existe sim e a preservação das borboletas também é muito importantes para estudos sobre espécies antepassadas e todo ambiente natural que tem sofrido agressões graças ações humanas, urbanização desenfreada e aquecimento global. Vamos ver abaixo algumas curiosidades sobre esse lindo inseto!

  1. As borboletas precisam da luz solar para voar. Como uma espécie de energia eólica, as borboletas sugam os raios solares e transformam em energia para seu voo.
  2. Elas também conseguem enxergar os raios ultravioletas, fator de estudo importante principalmente para espécie humana e sua sobrevivência.
  3. Sua visão é de 360º graus, uma vantagem das borboletas para fugir e se esconder de seus predadores.
  4. Suas asas tem a coloração do que ela comer como larva, ou seja, ela se mantém naquele lugar depois que se transforma também para sobreviver já que suas cores se confundem com do ambiente e não são enxergadas por pássaros e répteis.
  5. Os machos e as fêmeas se atraem pelas diferenças de tamanho, coloração e cheiro.
  6. As borboletas possuem um ciclo de vida curto e por conta disso sua reprodução também é rápido e geralmente após a fecundação, ela deposita os ovos sobre as flores em 24 horas.
    Metamorfose das Borboletas
    Metamorfose das Borboletas
  7. No Brasil, a borboleta maior é a Borboleta coruja, que suas asas tem o desenho dos olhos dessas aves e seu hábito ao contrário da maioria também é noturno.
  8. As mariposas são mais rápidas que as borboletas podendo voar até mesmo 40 quilômetros por hora.
  9. As borboletas sentem sabores diferentes pelas patas e não pela “língua” onde ela suga o néctar.
  10. As borboletas azuis estão em extinção pois são as menos venenosas. As borboletas em tons de vermelho, amarelo e laranja são as mais venenosas e mesmo que não seja, essas cores afugentam os predadores pela descarga psicológica que ela transmite.

Além disso, existem borboletas de diversos tipos e tamanhos, em vários continentes do mundo. O que não faltam são assuntos interessantes sobre esse animal, e por isso, continue sua visita no Mundo Ecologia e saiba mais sobre borboletas e mariposas. Boa pesquisa!

Veja também

Habitat do Pato: Onde Eles Vivem?

O pato é um animal curioso e cheio de particularidades. Ele está presente na família …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *