Home / Animais / Papagaio Características

Papagaio Características

Talvez a principal característica de um papagaio seja a de ser um animal de fácil convívio social.

Cientificamente, ele é o originalíssimo Amazona aestiva, um perfeito exemplar da família Psittacidae. Popularmente, ele é o “papagaio verdadeiro”. Mas ele pode ser também o papagaio-curau, o acamatanga, o ajurujurá, o ageru, o louro, o papagaio-de-fronte-azul, entre inúmeras outras denominações, a depender da região do país onde ele seja encontrado.

As florestas tropicais e neotropicais da América do Sul são os seus habitats favoritos, especialmente os trechos de Mata Atlântica do Brasil, Colômbia, Paragua, Bolívia, Argentina, Equador, entre outras regiões, onde eles possam encontrar condições adequadas de clima, vegetação e relevo.

As florestas úmidas, matas ciliares, margens de rios e vegetações arbóreas das regiões Sudeste, Centro-Oeste, Nordeste e Sul – especialmente de estados como Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Bahia, Pernambuco, entre outros -, são os territórios onde eles verdadeiramente sentem-se em casa.

Como vimos, apesar de ser um animal tipicamente selvagem, uma característica marcante dos papagaios é a de adaptarem-se facilmente ao ambiente doméstico – configurando-se, por isso, como um dos exemplares silvestres mais procurados como animais de estimação.

Os papagaios-baianos, por exemplo (um dos apelidos do papagaio-verdadeiro), são um show à parte! Eles são verdadeiros companheiros no dia a dia de homens, mulheres, adultos, crianças e idosos – não havendo quem seja capaz de oferecer resistência à sua característica singular de reproduzir as vozes de quem quer que com eles tenham contato.

À respeito disso, o que os especialistas explicam é que essa sua habilidade de “imitar a voz humana” é devido a um aparelho fonador bastante característico, que lhes permite emitir sons que são semelhantes aos emitidos pelos seres humanos.

Mas também contribuem para isso, o fato de manterem uma estreita relação com estes (por isso não costumam “falar” quando estão em ambiente selvagem) e, obviamente, uma inteligência própria da sua espécie.

Principais Características dos Papagaios

Os papagaios, de um modo geral, costumam medir entre 34 e 39 cm, pesam entre 350 e 400g e podem viver até 80 anos. Fisicamente, eles apresentam a cor verde característica, um azul vivo na região da testa e uma cor amarela nas laterais do rosto.

Definitivamente, os papagaios têm nas cores um verdadeiro cartão de visitas, já que tons de vermelho e preto nas asas contrastam, curiosamente, com algumas manchas amarelas, verdes e azuis embaixo do bico.

Enquanto este último, com a cor preta característica, faz também uma combinação perfeita com o acinzentado das suas garras e com uma íris em tons alaranjados.

É um verdadeiro espetáculo de cores e de tons, que faz dessa espécie uma das mais exuberantes do ponto de vista estético dentre todas as que compõem esse rico e fascinante universo das florestas brasileiras.

Desde que sejam vegetais, os papagaios não são muito exigentes quanto à sua dieta. Frutas, sementes, leguminosas, castanhas, entre outras variedades semelhantes – que possam ser encontradas facilmente na natureza -, são muito bem vindas.

Mas, caso sejam criados como animais de estimação, não hesite em oferecer-lhes os mais variados tipos de grãos, como: milho, ervilha, grão-de-bico, feijões; bem como vegetais folhosos, leguminosas, frutas tropicais, entre outras variedades.

De acordo com especialistas, também não é escusado oferecer a esse tipo de espécie alimentos como ovos, queijos, cereais, além de rações com vitaminas e sais minerais específicos. Eles reagem bem a um incremento à sua dieta, desde que, obviamente, não contenha alimentos que são próprios para os seres humanos.

Como se Reproduzem os Papagaios Verdadeiros

A partir dos 3 anos de idade um papagaio já poderá entrar no cio. E é entre o início da primavera e a metade do verão que começa, verdadeiramente, a sua fase reprodutiva.

Uma outra característica marcante dos papagaios, é o fato de eles serem espécies tipicamente monogâmicas, ou seja, costumam unir-se a um parceiro e permanecer com ele por toda a vida. E de tal forma eles levam a sério essa sua característica, que costumam permanecer sozinhos até mesmo quando um dos parceiros acaba falecendo.

Para cumprirem as suas funções de preservação da espécie, os machos são capazes de afastarem-se do seus bandos para cortejarem as fêmeas; e caso obtenham êxito, é hora de construirem os seus ninhos em um espaço estrategicamente escolhido no tronco das árvores mais imponentes.

Agora é só aguardar que as fêmeas coloquem os seus ovos (geralmente entre 3 e 6), que serão incubados durante pelo menos 25 dias, sob a vigilância de um papagaio extremamente agressivo, e com o qual ninguém, certamente, irá querer medir forças e disposição durante esse período.

Após um relativo período de preparação (e caso consigam sobreviver ao assédio dos seus principais predadores, inclusive o homem) de pelo menos 2 meses, a nova geração de papagaios-verdadeiros estará pronta para dar a sua contribuição ao ecossistema onde viverão por toda a vida.

E iniciar a sua luta pela vida e pela preservação da espécie, nesse intricado jogo de sobrevivência do ambiente selvagem.

As Características da Legislação Sobre os Papagaios Verdadeiros

No mercado oficial, um papagaio verdadeiro pode custar entre R$ 1.500,00 e R$ 2.500,00. Mas, para adquiri-lo, será preciso dirigir-se até um estabelecimento autorizado pelo IBAMA, caso contrário, a punição poderá ser bastante dura, com previsão de processo em duas instâncias: administrativa e criminal.

No primeiro caso, o indivíduo flagrado com uma dessas espécies, de forma ilegal, terá que pagar uma multa que varia entre R$ 500,00 e R$ 5.000,00.

Casal de Papagaios
Casal de Papagaios

Enquanto no segundo, a pena poderá ser de detenção de 6 a 12 meses, com possibilidade de acréscimo de mais 6 meses, caso o exemplar seja considerado raro ou ameaçado de extinção – de acordo como o art. 24 do Decreto 6514/08.

Uma fiscalização deficiente, além de um certo descaso para com esse segmento de tráfico de animais silvestres, fazem com que essa prática só perca em números para o tráfico de armas e de drogas.

Por isso mesmo, no Brasil, um exército de quase 40 milhões de papagaios deixam os seus habitats naturais, anualmente, para serem comercializados em várias partes do mundo – quando não morrem pelo caminho, como é tão comum acontecer no país.

O que os fiscais do IBAMA recomendam é que, no caso da impossibilidade de manter a posse de quaisquer que sejam os animais silvestres dos quais sejam proprietários, entregue-os a um criadouro devidamente autorizado pelo órgão.

Fiscalização do Ibama
Fiscalização do Ibama

No entanto, caso ele seja ilegal, o proprietário não precisará temer nenhum tipo de sanção legal, bastará apenas e tão somente dirigir-se até uma unidade representante do órgão e entregar o animal pessoalmente, para que, dessa forma, esteja isento de qualquer tipo de dívida com a justiça.

Esse artigo foi útil? Tirou as suas dúvidas? Deixe as suas impressões em forma de um comentário, logo abaixo. E continue acompanhando as publicações do blog.

Veja também

Araçari-de-Pescoço-Preto: Características, Nome Cientifico e Fotos

As aves são essenciais para todo o mundo, já que a partir das aves as …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *