Home / Animais / Onde Ficam os Pernilongos Durante o Dia?

Onde Ficam os Pernilongos Durante o Dia?

Os mosquitos ou pernilongos são insetos comuns em grande parte dos ambientes domésticos, urbanos e até mesmo rurais. Muitas vezes, os termos “mosquito ou “pernilongo” são empregados como sinônimos; porém, em algumas literaturas, a terminologia “pernilongo” pode ser específica para referir-se a mosquitos do gênero taxonômico Culex, excluindo desta classificação o famoso mosquito transmissor da dengue: o Aedes aegypti.

Entre o mosquito Culex e o Aedes aegypti existem diferenças anatômicas/ estruturais, assim como diferenças comportamentais; uma vez que o primeiro possui hábitos noturnos (logo, picando suas vítimas durante a noite), ao passo que o segundo possui hábitos diurnos (com picadas no início da manhã e final da tarde).

Mas, se o mosquito/pernilongo Culex possui atividade noturna, onde será que ele fica durante o dia?

Pois bem, venha conosco e descubra.

Boa leitura.

Gênero Taxonômico Culex

No gênero Culex existem aproximadamente 300 espécies, as quais recebem a denominação de “pernilongo comum”. Tal denominação pode variar de acordo com a região do Brasil, sendo que no Nordeste, a denominação prevalente é muriçoca e no Norte, carapanã.

Tais espécies podem ocupar uma grande variedade de nichos, dentre eles aos criadores naturais (a exemplo das bromélias) ou os criadores artificiais (como é o caso dos vasos de plantas e pneus).

Estas espécies possuem um ciclo de desenvolvimento com metamorfose completa e duração de 2 semanas. Entende-se por metamorfose completa aquela na qual, durante os vários estágios de desenvolvimento, as mudanças não ocorre apenas em tamanho, com também em morfologia.

Em relação à postura dos ovos, dependendo da espécie, tais ovos podem ser postos individualmente ou em grupo, e eclodem na água.

Culex Quinquefasciatus
Culex Quinquefasciatus

Após a eclosão, as larvas correspondem ao primeiro estágio, a transformação nos demais estágios também ocorre na água. A alimentação das larvas é composta por plantas e por matéria orgânica.

Quando as larvas atingem o sexto estágio, evoluem para pupa a qual assume um formato de vírgula. Após isso, a metamorfose para a fase adulta ocorre dentro de 1 ou 2 dias.

Voltando ao contexto da postura dos ovos, no caso da espécie Culex quinquefasciatus (espécie mais famosa do gênero), na postura são depositados entre 1550 a 280 ovos sobre a lâmina d’água. Geralmente, após a eclosão desses ovos, a larvas permanecem próximas a superfície indo para o fundo quando se sentem ameaçadas. Os machos adultos da espécie alimentam-se exclusivamente da seiva de vegetais, ao passo que as fêmeas, alimentam-se tanto da seiva quanto de sangue (o qual é essencial para auxiliar na maturação dos ovos).

Locais com presença de matéria orgânica em decomposição, assim como detritos, são considerados o criadouro ideal para a espécie Culex quinquefasciatus. Tal espécie possui uma expectativa de vida de 30 dias.

Diferenças Entre o Aedes Aegypti e o Pernilongo Culex

A principal diferença é que o mosquito Culex possui coloração marrom homogênea ao longo do corpo (a qual pode ser em tom mais claro ou escuro, dependendo da espécie); enquanto o Aedes aegypti possui coloração negra com presença de listras brancas no peito e nas pernas, assim como uma asa translúcida.

Ainda em termos de características físicas, o mosquito Aedes aegypti é maior possuindo 7 milímetros de comprimento; ao passo que o Culex quinquefasciatus possui entre 3 a 4 mílimetros. Considerando se tratar de poucos milímetros, esta diferença pode não parecer tão representativa, mas é importante analisar que uma espécie tem quase o dobro de tamanho da outra, fator que visualmente acentua uma diferença.

Em relação aos hábitos comportamentais, o Aedes aegypti possui um ruído ‘ninja’ quase silencioso, ao passo que o Culex é bem barulhento.

Enquanto o Culex ataca à noite, preferencialmente durante a madrugada, o Aedes aegypti prefere os horários do início da manhã e final da tarde.

Apesar dos sérios riscos da espécie Culex quinquefasciatus, o Aedes aegypti permanece como um dos maiores problemas de saúde pública, uma vez que são mais prevalentes.  Curiosamente, após campanha conduzida pelo médico sanitarista Oswaldo Cruz na década de 1920, a dengue foi considerada erradicada do país 30 anos depois, infelizmente retornando em outras décadas.

Onde Ficam os Pernilongos Durante o Dia?

A espécie Culex quinquefasciatus é muito encontrada em locais de depósitos, mas também no interior das casas. Como possuem uma atividade noturna, durante o dia abrigam-se no interior das residências, geralmente atrás dos móveis, na casa do cachorro ou em outros locais sombreados por vezes, há preferência pela escolha de sótãos e porões.

O estímulo para a hematofagia ocorre apenas no crepúsculo vespertino e à noite, mais precisamente à noite. Durante as suas jornadas noturnas para alimentação, é capaz de percorrer em voo até 22.000 metros de distância.

É curioso o fato de que, durante a noite, a espécie é atraída pelo gás carbônico expelido pela respiração humana, o que contribui para que este pernilongo voe próximo ao rosto antes de ‘escolher’ qual local picar.

Enfermidades Transmitidas por Mosquitos/ Pernilongos

A dengue é a enfermidade mais prevalente nesta categoria, é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, o qual também pode estar relacionado à transmissão da febre amarela, Zika e Chikungunya. A dengue possui como sintomas a dor de cabeça, dores musculares, febre alta, náuseas e vômitos. Também pode evoluir para a fase mais grave denominada dengue hemorrágica.

Zika, Chikungunya e dengue também podem ser transmitidos pelo Aedes albopictus, considerado a forma silvestre do Aedes argypti.

O mosquito Anopheles está relacionado à transmissão da malária, doena cujo agente etiológico são os protozoários do gênero Plasmodium. Entre os sintomas mais comuns da doença estão a febre alta, calafrios, aumento do baço, taquicardia, dores de cabeça e musculares.

Em relação ao Culex quinquefasciatus, este pernilongo pode transmitir a filariose (mais conhecida como elefantíase), febre do Nilo ocidental e encefalites. A elefantíase possui como agente etiológico o parasita Wulchereria bancrofti e possui como principal o comprometimento/inflamação no sistema linfático levando a um acúmulo de líquido e inchaço em alguns órgãos, dos quais as pernas são mais prevalentes (este acúmulo também pode atingir braços, mamas e testículos.

*

Depois de conhecer um pouco mais sobre o pernilongo e seu comportamento, que tal continuar por aqui conosco para visitar também outros artigos do site.

Aqui há muito material de qualidade nos campos da zoologia, botânica e ecologia de um modo geral.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Featured Creatures. Common name: Southern house mosquito; scientific name: Culex quinquefasciatus Say (Insecta: Diptera: Culicidae). Disponível em: < http://entnemdept.ufl.edu/creatures/aquatic/southern_house_mosquito.htm>;

Instituto Oswaldo Cruz. Dengue Vírus e Vetor. Disponível em: < http://www.ioc.fiocruz.br/dengue/textos/longatraje.html>;

Notícias R7. Entenda as diferenças entre o Aedes aegypti e o pernilongo comum. Disponível em: < https://noticias.r7.com/cuidado-com-o-mosquito/entenda-as-diferencas-entre-o-aedes-aegypti-e-o-pernilongo-comum-22102019>;

Prefeitura de SP. Pernilongo. Disponível em: < https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/upload/Pernilongo_2020.pdf>;

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *