Home / Animais / Onça Parda ou Sussuarana: Características e Fotos

Onça Parda ou Sussuarana: Características e Fotos

A onça parda é um felino com um imponente físico e um importante formato, além de ser o mais próximo do gato doméstico. Ele é cheio de nomes, mas no Brasil é conhecido como “sussuarana”, pois é a identificação do animal na língua tupi do Brasil. Este quadrúpede é também conhecido como leão da montanha, devido à sua notável semelhança estética com uma típica leoa das colinas.

Origem e Características da Onça Parda

Amado e reverenciado como animal sagrado pelos astecas e maias no México, e pelos incas do Peru, a onça parda tem uma relação direta com o guepardo e o gato doméstico. Embora faça parte da grande família de felinos, não há descendência direta com os demais expoentes da categoria, como leão, tigre, onça e leopardo.

No entanto, sua importante fisicalidade é reduzida em comparação com a última. A caça enorme, no passado, quase decretou sua extinção, mas a união entre espécimes de várias subespécies, ou entre pumas e outros felinos, produziu híbridos úteis para o repovoamento. De fato, a espécie Puma concolor é a única ainda presente, incluindo várias subespécies.

É um animal solitário, adora se esconder pelas sombras da noite: costuma marcar o território com seus dejetos ou arranhando os troncos das árvores. O tamanho é pequeno, com cerca de 60-90 centímetros de altura por 130-150 de comprimento, com cerca de 70-100 centímetros de cauda abundante. O cabelo é curto e macio, a cor varia do marrom ao avermelhado das costas, desaparecendo em direção à luz para o resto do corpo. Cinco dedos para as patas dianteiras, quatro para as patas traseiras, com tónico forte e pronto para saltar as pernas, o que lhes permite subir facilmente e até mesmo nadar.

A cabeça é pequena, redonda mas alongada, no nariz é rosa com um perfil mais escuro que atinge os lábios. Visão, olfato e audição são muito desenvolvidos, assim como o toque, particularmente devido ao contato entre mãe e filhote.

Em média, o macho mede entre 1 metro e 2,30 metros de comprimento, sendo o maior registro 2,90 metros, incluindo a cauda. A massa de uma onça parda é entre 53 e 72 kg, em média, para os machos; o maior indivíduo conhecido foi de 120 kg.

Onça Parda ou Sussuarana Características

Seu tamanho varia de 60 a 76 cm na cernelha. A fêmea é menor (cerca de 35 a 48 kg ); o macho é 40 a 60% mais pesado que o fêmea. Além disso, há uma variação geográfica no tamanho: os maiores espécimes vivem nas Montanhas Rochosas e Patagônia, enquanto as menores se deslocam para regiões próximas ao equador.

A silhueta da onça parda é magra e musculosa e sua parte posterior é mais alta que a cabeça, o que lhe permite pular facilmente. Sua cauda longa (entre 53 e 81 cm)), mais escura no final, é uma das características da onça parda. Finalmente, ele tem quatro dedos equipados com garras longas, afiada e retráteis. Seus pés são largos, o que possibilita avançar facilmente na neve.

As patas traseiras mais longas que as anteriores (sendo estas, proporcionalmente ao tamanho, as mais longas de todas as espécies de felinos) são uma adaptação ao salto.

Habitat da Onça Parda

Típica da área americana, já foi difundida em todo o continente, mas a caça indiscriminada e a destruição de habitats reduziram a presença da onça parda, favorecendo a extinção em muitas áreas. Atualmente, ela está presente na Argentina, Peru, Bolívia e Flórida, onde prefere áreas com vegetação densa e rochas para se esconder e se abrigar. Pode viver em espaços planos, mas também a 5.800 metros acima do nível do mar.

Sua presença sempre foi ameaçada pelo homem, que a perseguiu por esporte, mas também a trancou em parques e áreas zoológicas. A urbanização indiscriminada está reduzindo as áreas de vida da onça parda e mudando seus hábitos, forçando-a a coabitar forçado com o homem, que teme e raramente ataca.

A vida solitária é interrompida apenas durante o período de acasalamento: a gravidez ocorre a cada dois anos e, desde o nascimento, nascem em média 3 à 4 filhotes. Estes atingem a independência após 15 no máximo 26 meses, deixando o den e a mãe para sempre.

Hábitos Alimentares

Mamíferos predadores carnívoros, essas onças pardas preferem veados e renas, mas não desprezam camundongos, ratos, esquilos, guaxinins, gambás ou castores. Ocasionalmente eles também caçam coiotes, linces vermelhos, pássaros e, em algumas regiões, até caracóis e peixes.

Eles não atacam humanos, mesmo que tenha havido ataques a crianças, mas se estiverem com fome podem caçar animais de fazenda e animais domésticos. Além do homem, ele teme a força dos lobos e ursos, portanto a onça.

As suçuaranas são caçadores ágeis e poderosas. Suas pernas traseiras são mais musculosas que as dianteiras e proporcionam um tremendo poder de salto. Suas espinhas flexíveis e velocidade rápida proporcionam a esses felinos a capacidade de mudar de direção rapidamente, essencial tanto para emboscar quanto para perseguir presas.

Essas onças silenciosamente perseguem suas presas e depois saltam à queima-roupa para atacar; no entanto, elas também precisam estar prontas para uma perseguição, se um cervo ágil fugir.

Ciclo de Vida da Onça Parda

As onças pardas se reproduzem o ano todo em seus territórios com um rápido namoro e cópula que dura menos de alguns minutos. A onça parda mãe dá à luz entre um e seis filhotes com uma gestação de três meses, e os filhotes ficam com ela até os 12 aos 18 meses de idade.

A onça parda fêmea esconde seus filhotes em um esconderijo que pode ser um matagal, uma cavidade rochosa ou uma árvore oca. O intervalo entre nascimentos é de dezoito a 30 meses. No nascimento, as jovens onças pardas pesam de 600 a 800 gramas e têm uma pelagem marrom amarelada com pontos pretos ou marrons que desaparecem por volta dos 16 meses de idade. Os filhotes tem seus olhos abertos por volta de dez dias e comem carne para seis semanas, mas a amamentação dura mais de três meses.

Em seu ambiente natural, uma onça suçuarana vive cerca de oito a dez anos; em cativeiro, sua longevidade pode exceder 25 anos. A proporção de sexo adulto é geralmente de duas fêmeas para um macho. A mortalidade natural de adultos é inferior a 5%.

A mortalidade causada pela caça esportiva pode ser particularmente alta para machos adultos e sub adultos. A mortalidade é provavelmente mais alta em áreas de alto conflito intraespecífico, como as populações sujeitas à caça (conflitos para adquirir um território mais frequente devido ao desaparecimento dos indivíduos capturados) e nas zonas com baixos recursos alimentares.

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *