Home / Animais / O que Plantar para Cabras ?

O que Plantar para Cabras ?

As cabras são mamíferos ruminantes pertencentes ao gênero Capra. As caras domésticas, tal qual conhecemos atualmente, representam uma subespécie da cabra selvagem (nome científico Capra aegagrus), cujo processo de domesticação teria se iniciado a cerca de 8.000 anos atrás.

No Brasil, as cabras domésticas teriam sido introduzidas pelos colonizadores portugueses, juntamente com outros animais como os cavalos, bois, ovelhas, cachorro, gato e etc. Atualmente, o Brasil possui um mercado muito bem estruturado em torno das cabras leiteiras, cabras especializadas no fornecimento de carne e cabras consideradas de dupla aptidão. Esta especialização deve-se à existência de inúmeras raças. Em relação as cabras leiteiras, por exemplo, algumas raças famosas incluem a Murciana, Saanen, Moxoxo, Canindé, Toogenbrug, Parda Alpina e outras.

Para aqueles que possuem interesse em aventurar-se no ramo de criação de cabras em cativeiro, algumas dúvidas podem ser frequentes, dentre elas como devem ser as instalações, quais vegetas oferecer para a cabra e que plantar para cabras ? Dúvidas estas que serão respondidas no artigo abaixo.

Fique à vontade, pegue o seu café e boa leitura.

Caprinocultura Leiteira no Brasil

As Cabras Adoram Grama
As Cabras Adoram Grama

O leite de vaca é sem dúvidas o leite comercialmente mais famoso que se popularizou graças ao sabor agradável e facilidade de digestabilidade. No entanto, algumas pessoas desenvolvem certa intolerância/alergua a este tipo de leite, o que aumenta no mercado a procura por leites vegetais (veganos) ou leites oriundos de outros animais (como as cabras, ovelhas, búfalas e etc.  O leite de cabra, especialmente, é excelente para o aumento da imunidade e possui maior concentração de Cálcio e de proteínas.

No mundo todo, as cabras são consideradas a terceira espécie com maior produção de volume de leite comercial. No ano de 2005, as estimativas apontaram para o quantitativo de 12,4 bilhões de litros. Dados de 2008 da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) demonstraram que, naquela época (tampos superior a 10 anos atrás), o Brasil detinha um rebanho correspondente a 10,5 milhões de cabeças de cabra, possibilitando uma produção anual equivalente a 135 milhões de litros de leite.

A região Nordeste responde por praticamente 90% do rebanho caprino do Brasil, com particular destaque para os estados do Rio Grande do Norte e da Paraíba. Fora do Nordeste, outros estados que vem se destacando neste contexto são o Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Considerações Iniciais Sobre a Criação de Cabras

Saiba Mais Sobre a Criação de Cabras
Saiba Mais Sobre a Criação de Cabras

As cabras apresentam como vantagens a rusticidade e a facilidade de adaptação a uma diversidade de climas. No entanto, conhecer bem a finalidade com a criação de cabras é fundamental para a escolha das raças, bem como implementação de alguns cuidados básicos.

Caprinos e ovinos (ovelhas) podem ser criados basicamente em sistemas do tipo intensivo, semi-intensivo e extensivo.

No sistema extensivo, as cabras não são criadas com a finalidade de produção leiteira e as mesmas são mantidas livremente nos pastos. Neste caso, o rendimento da caprinocultura depende diretamente da fertilidade natural da terra, bem como da produção de pastagens.

O sistema intensivo pode ser exercido através das modalidades de “confinado” ou “semi-confinado”, bem como em pasto, através do pastoreio rotativo em piquetes de pastagem volumosa. Para os sistemas intensivo confinado e semi-confinado, é obrigatório a construção de galpões, os quais devem contar com alimentos volumosos e concentrados.

Os galpões ou instalações também auxiliam na proteção contra chuva, correntes de ar e ataque de predadores; além de facilitarem o manejo para vacinação e aplicação de medicamentos, por exemplo. Recomenda-se que as fêmeas recém-paridas contem com uma separação por meio de divisória.

Ao redor dos pastos, devem ser com arame farpado, com média de altura de 1,5 centímetros, bem como 9 linhas de arame farpado bem distribuídas. Esta cerca auxilia inclusive na proteção contra o ataque dessas cabras em plantações e hortas adjacentes.

Não é aconselhável que a criação das cabras ocorra em locais próximos a rodovias, de modo a evitar o ataque de predadores, bem como possíveis contrabandos.

Como é a Alimentação dos Caprinos?

Dentro da caprinocultura, oferecer uma alimentação de qualidade é fundamental para que as cabras alcancem boa eficácia produtiva. Cabras desnutridas apresentam maior suscetibilidade a doenças e verminoses; menor produção de leite; e menor taxa de fertilidade.

A alimentação dos caprinos é composta basicamente por arbustos, moitas gramas e ervas daninhas; todavia, também podem alimentar-se de tubérculos, raízes e cereais. Por outro lado, folhas de árvores frutíferas podem apresentar consequências fatais, da mesma forma, recomenda-se checar a presença de mofo na alimentação.

Recomenda-se que as raízes e tubérculos (mandioca, bata-doce e abóbora) sejam oferecidos picados, triturados e misturados ao capim na quantidade de 1 a 5 por Kg do animal ao dia. No caso da mandioca, esta deve ser quebrada e exposta ao sol até perder a sua umidade, de modo a remover sua ‘toxicidade’.

O Que Plantar para Cabras ?

Cabras no Pasto
Cabras no Pasto

Plantar pastagens é a melhor forma de economizar na alimentação das cabras, dessa forma, é importante selecionar aquelas que melhor se adaptam as condições edafoclimáticas (ou seja, de solo e  de clima) da região na qual está ocorrendo a caprinocultura.

O ideal é que as cultivares de gramíneas possuam de médio a pequeno porte, bem como, obviamente, apresentem um padrão de crescimento prostrado ou rasteiro. Boa parte destas gramíneas se propagam através de sementes, método que também possui o menor custo.

Em relação às cultivares mais utilizadas para ovinos e caprinos, alguns dos exemplos populares incluem o gênero Cynodon (Coast cross e Tiflon 85), as quais são sucedidas pelo gênero Panicum spp. (através da Panicum maximum cv. Aruana e da Panicum maximum cv. Tamani). Também existam algumas cultivares do gênero Brachiaria que podem ser utilizadas, no entanto, as mesmas demandam alguns ajustes extras no manejo.

*

Depois de todas essas dicas e informações, você não precisa ir embora. Aproveite para navegar e conhecer outros artigos do site.

Aqui há muito material de qualidade nos campos da zoologia, botânica e ecologia de um modo geral. Sinta-se à vontade para digitar um tema de sua escolha em nossa lupa de pesquisa no canto superior direito. Caso não encontre o tema desejado, você pode sugeri-lo abaixo em nossa caixa de comentários.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Cursos CPT. Caprinos- conheças as principais raças e faça a melhor escolha. Disponível em: < https://www.cpt.com.br/cursos-cabras/artigos/racas-de-caprinos-conheca-as-principais-racas-e-faca-a-melhor-escolha>;

MAIA, M. S.; RIBEIRO, V. M.; COSTA, A. L. Embrapa. Recomendações básicas para a criação de caprinos e ovinos no Acre. Disponível em: < https://www.embrapa.br/busca-de-publicacoes/-/publicacao/492218/ recomendacoes-basicas-para-a-criacao-de-caprinos-e-ovinos-no-acre>;

SANTOS, S. F. MilkPoint. Sistemas de produção para caprinos leiteiros. Disponível em: < https://www.milkpoint.com.br/artigos/producao-de-leite/sistemas-de-producao-para-caprinos-leiteiros-52714n.aspx>;

SOESP- Sementes Oeste Paulista. Pasto para ovinos e caprinos: como escolher a pastagem ideal ? Disponível em: < https://www.sementesoesp.com.br/blog/pasto-ideal-para-ovinos-e-caprinos/>;

Wikipédia. Caprinocultura leiteira no Brasil. Disponível em: < https://pt.wikipedia.org/wiki/Caprinocultura_leiteira_no_Brasil>;

 

Veja também

Saiba Tudo Sobre Cabrito

Tudo Sobre o Cabrito: Características, Nome Científico e Fotos

Cabras, bodes e cabritos são os correspondentes macho, fêmea e filhote do mesmo mamífero ruminante. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *