Home / Animais / O Que o Caranguejo Come? Como é sua Alimentação?

O Que o Caranguejo Come? Como é sua Alimentação?

É muito comum em países tropicais o consumo de mariscos, os famosos frutos do mar. Eles fazem parte da cultura enraizada de determinadas regiões, além, de serem uma grande parte econômica desses lugares. No Brasil, o Nordeste é a região que mais consome esse tipo de alimento, principalmente pela facilidade de acesso.

São várias as espécies de animais de água doce e salgada que comemos. Um dos mais comuns, logo após o camarão, é o caranguejo. Existem algumas espécies de caranguejos, e no Brasil, temos nossas preferidas. Apesar de eles serem nossa comida, você já imaginou o que exatamente eles comem?

No post de hoje iremos tirar de vez por todas a dúvida do que o caranguejo come. Explicando um pouco mais sobre suas características gerais, e especificar sobre toda a sua dieta.

Características Físicas do Caranguejo

Facilmente confundidos com os siris, os caranguejos fazem parte do grupo dos crustáceos. Ser desse grupo significa possui uma cobertura bem dura, chamada de exoesqueleto, no qual sua composição é majoritariamente de quitina. Eles possuem esse exoesqueleto para proteção, suporte para os músculos e também para evitar a desidratação.

Seu corpo é basicamente igual, independente da espécie. Possui 5 pares de patas, sendo a primeira e a segunda as mais bem estruturadas. O primeiro par de patas possui grandes pinças, que são para o uso de defesa e para conseguirem se alimentar. As outras quatro são bem menores que a primeira, e possuem um formato de unha, que ajuda na locomoção em vias terrestres.

É provável que você não saiba, mas os caranguejos possuem cauda. Ela fica enrolada sob sua cintura, e só olhando de perto é possível percebe-la. Seus olhos chamam a atenção por estarem em hastes móveis, que começam na sua cabeça e vão para cima. A disposição dos olhos pode chegar até a assustar alguém.

O tamanho de um caranguejo varia muito de espécie para espécie, mas ele pode chegar em até 4 metros de diâmetro de uma pata a outra. Imagina encontrar um desse tamanho? Esses caranguejos possuem respiração branquial, porém, os caranguejos terrestres possuem brânquias desenvolvidas, que atuam como se fossem pulmões.

Nicho Ecológico e Habitat

Caranguejo no Meio do Brejo
Caranguejo no Meio do Brejo

Um habitat de um ser vivo é de uma forma simples, seu endereço, onde ele pode ser encontrado. No caso dos caranguejos, a maioria precisa de água. São encontrados em todos os oceanos, e também em lugares de água doce, como rios e mangues. Porém, é possível encontrar espécies que vivem na terra, bem longe da água.

O tipo de morada de um caranguejo varia muito de espécie para espécie. Existe espécie que mora em tocas feitas na areia e na lama. Outros vivem em conchas de ostras ou caramujos. Para achar uma determinada espécie, é preciso antes estuda-la mais afundo para saber onde exatamente ela pode ser encontrada.

Quanto ao nicho ecológico de um ser vivo, esse é baseado em todos os hábitos e ocorrências desse animal. Isso inclui sua alimentação, reprodução, se ele é noturno ou diurno entre outros aspectos. O caranguejo tem uma alimentação incomum, que iremos explicar no próximo tópico.

A reprodução deve ser feita perto da água, não importa se o caranguejo é ou não uma espécie terrestre. Isso porque as fêmeas depositam os ovos na água. É interessante que os ovos ficam presos até eclodirem, e podem chegar a passar de 1 milhão de ovos POR VEZ. Depois, esses pequenos caranguejos (chamados de zoécia), que são transparentes e sem pernas, ficam nadando na água até sofrerem uma metamorfose, trocando seu exoesqueleto e atingindo a fase adulta. Podendo, finalmente, sair da água.

Alimentação do Caranguejo: O Que ele Come?

A alimentação do caranguejo faz parte do seu nicho ecológico. E podemos dizer com certeza, que é uma alimentação incomum para nós. Precisamos entender, entretanto, que cada caranguejo vai ter uma preferência diferente da outra. Agora, vamos dividir os caranguejos em quatro categorias e explicar suas preferências.

Caranguejo Comendo Peixe Morto
Caranguejo Comendo Peixe Morto

Os caranguejos de mar, que ficam normalmente ou na água salgada ou na areia das praias, se distinguem em caranguejos predadores, os de tamanho maior, e caranguejos carniceiros, aqueles de porte menor. Eles costumam se alimentar de outros peixes, crustáceos de porte menor, crias de tartarugas, algas e até mesmo cadáveres de aves. Qualquer resto de animal morto, eles podem se alimentar.

Já os caranguejos que vivem em rios, não são habilidosos para caça, e precisam se alimentar de vegetais ou animais que estejam por perto. Esses caranguejos já preferem presas vivas, diferente do caranguejo do mar. Costumam comer lombrigas de terra, peixes de pequeno porte, alguns anfíbios e até mesmo répteis pequenos.

Existe também o caranguejo eremita, que é conhecido por ter como casa e proteção, as conchas. Seu corpo normalmente é mais fraco e macio, por isso, utilizam o exoesqueleto de outros moluscos. Se alimentam de qualquer coisa animal ou vegetal que estiver disponível, porém, sua preferência é caracóis aquáticos, mexilhões, lombrigas e alguns outros crustáceos.

E por último, deixamos os caranguejos que são criados em casa. Sim, é até mesmo comum em determinadas áreas do planeta a criação de caranguejos em casa. Entretanto, alimenta-los da mesma forma que eles se alimentariam na natureza selvagem é bastante complicado. Opções ideais são porções de frutas, verduras e adição de carnes e moluscos.

Esperamos que o post tenha te ajudado a entender melhor a dieta dos caranguejos e entender exatamente o que eles comem. Não esqueça de deixar seu comentário nos contando o que achou e também deixar suas dúvidas. Ficaremos felizes em ajudar. Você pode ler mais sobre caranguejos e outros assuntos de biologia aqui no site!

Veja também

O Que a Tarântula Come? Como é a Sua Alimentação?

As tarântulas são aranhas pertencentes à família taxonômica Theraphosidae. Ao todo são cerca de 700 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *